quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

CORINTHIANS: JOGO DO ANO

SEGUNDO TEMPO DA BATALHA

Nessa quarta-feira, no Estádio Manuel Murillo Tora, em Ibagué na Colômbia o Corinthians vai enfrentar o Tolima - COL em jogo que vale a vida do Timão na Taça Libertadores da América e, podemos dizer também, do ano. Se o Timão não passar pelo Tolima, não passa para a fase de grupo e um planejamento que vem sendo feito desde 2007, quando o time caiu para a serie B do Brasileiro.

Na primeira partida no Pacaembu, o Corinthians não jogou bem, errou muitos passes, não conseguiu furar o bloqueio e a forte marcação impostos pelo time colombiano e ficou no empate em 0 a 0. 

Esse resultado trouxe deixou o grupo um pouco abatido e preocupado, pois para todos do elenco, principalmente para o lateral Roberto Carlos que chegou a declarar: "Temos que golear aqui e garantir a classificação".

Para o Timão se classificar as chances são maiores em relação ao Tolima, pois não levou nenhum gol em casa, sendo assim caso empate com gols e a vitória garante a vaga. Já em caso de empate sem gols a vaga será decidida nas cobranças de pênaltis e a vitória do Tolima desclassifica o Timão.

PROBLEMAS À VISTA

O lateral esquerdo e um dos lideres desse time com dores na coxa, dores que incomodaram no fim do ano passado, foi vetado pelo departamento medico e esta fora do jogo.

Otimista na classificação já no primeiro jogo e posteriormente um dos mais frustrados com o empate, não poderá ajudar a equipe. Roberto Carlos revelou a situação que enfrenta para o técnico Tite na segunda-feira, mas preferiram não revelar a impressa que estaria fora de combate, pois acreditavam em uma possível melhora. Esse problema forçou sua saída do primeiro jogo para a entrada de Marcelo Oliveira, que também exerce a função de volante, o time ganhou em mobilidade. 

Já no jogo contra o São Bernardo, em seu lugar jogou o estreante Fábio Santos, que por sinal fez uma ótima partida. Bem na marcação e quando subia ao ataque levava perigo nas jogadas de linha de fundo. E também esta confirmado para o combate na Colômbia.

Outro problema que enfrenta o técnico Tite, foi a necessidade de barrar o cérebro do time até o momento, Bruno Cesar não vem jogando o futebol que o consagrou como revelação nos Campeonatos Paulista e Brasileiro do ano passado. Não se sabe ao certo o motivo, mas aquele futebol inteligente, envolvente e ofensivo do meia-atacante sumiu, forçando o técnico barra-lo e deixa-lo no banco contra o Tolima.

Com a saída de Bruno Cesar, Tite vai utilizar Paulinho em seu lugar, visando uma melhor saída de bola da defesa para o ataque, uma melhor proteção no setor defensivo e Jorge Henrique terá a função de armar a equipe, caso prefira também poderá utilizar os meias Danilo e o novato de casa Ramírez que fez ótima partida contra o São Bernardo, marcando um golaço e garantindo o empate em 2 a 2.

ADVERSÁRIO FORTE EM CASA

A equipe colombiana perdeu apenas uma vez jogando em casa em 2010, isso poderá ser um fator determinante para a não classificação do Timão. Levando em consideração que o Corinthians deixou escapar vários pontos fora de casa no BRA de 2010, o que veio a custar o titulo. 

O Tolima jogou 42 vezes em seus domínios e ganhou 28, empatou 13 e perdeu apenas 1.

Os jogos do Tolima transforma o Estádio em um verdadeiro caldeirão e, além disso, as condições do gramado são péssimas, que impossibilita a boa pratica do futebol.

Mas os corintianos não querem nem saber vão para cima para reverter a situação e passar para a fase de grupos, se isso acontecer, pegará no grupo 7, nada mais nada menos que: Cruzeiro, Estudiantes e o menos perigoso Guarani - PAR

POSSÍVEL ESCALAÇÃO:
Júlio César, Alessandro, Chicão, Lenadro Castán e Fábio Santos; Jucilei, Ralf e Paulinho; Dentinho, Ronaldo e Jorge Henrique (4-3-3) 

ONDE É O JOGO?


Estádio Manuel Murillo Toro - Ibagué na Colômbia

Inaugurado em 20 de julho de 1955

Capacidade para 31.000 APAIXONADOS POR FUTEBOL

0 Comentários:

Postar um comentário