domingo, 13 de fevereiro de 2011

RONALDO: FIM DE MAIS UM CASAMENTO


Nessa segunda-feira poderá ser a declaração de mais uma separação na vida de Ronaldo, mas dessa vez não é mais uma bela moça, e sim, o final do casamento com o Corinthians e, principalmente, com o futebol, sua grande paixão.

A princípio essa separação estava prevista para o final do ano, mas com os recentes acontecimentos, eliminação precoce da Libertadores, pressão da torcida, protestos com pedidos da torcida para que ele saia e, agora, a saída de Roberto Carlos, estão forçando o craque a pendurar as chuteiras antes do previsto por ele.

Ronaldo foi apresentado em uma grande festa no Parque São Jorge como novo jogador corintiano no dia 12 de dezembro de 2008.

De lá para cá foi uma relação de amor e de retribuições, Ronaldo jogava e marcava gols e a torcida comprava seus produtos, comparecia aos estádios e trazia receita para o clube. Foram as maiores arrecadações dos últimos tempos no Parque São Jorge. 

No primeiro ano, 2009, essa relação trouxe ótimos frutos, o Timão conquistou o Paulista de forma invicta e a Copa do Brasil se classificando para a Libertadores do ano seguintes.

Com essas conquistas, o décimo lugar no Brasileiro nem chamou a atenção da torcida que vivia a boa sensação de ser campeão duas vezes no ano e ir para a disputa da Libertadores.

O ano de 2010 começa muito bem para o Timão, foi o melhor time da primeira fase da Libertadores e se classifica para as oitavas contra o Flamengo com a vantagem de decidir em casa. Perde o primeiro jogo, vence o segundo no Pacaembu, mas não passa por que levou um gol em casa. 

Mesmo assim a torcida se mostrou do lado do time, não protestou, apoiou o time. As coisas começaram a tomar outro rumo quando o Corinthians não se classificou direto para a fase de grupos da Libertdores, passando a depender de uma prévia para entrar na fase de grupos da Liberta.

Missão fácil? Aparentemente sim, mas o que se viu nos dois jogos foi um time apático que não levou perigo nenhum ao desconhecido time do Tolima da Colômbia. Na primeira partida empate sem gols, mas na segunda partida, vexame. O Corinthians desaba e perde por 2 gols a 0.

Pronto, o pavio da Fiel torcida chegou ao fim.

Protestos e confusão. A torcida pede as saídas de Tite, Ronaldo e Roberto Carlos. 

O Técnico Tite permaneceu no cargo. Roberto Carlos alegou que estava sendo ameaçado pela torcida e preferiu ir para a Rússia e ganhar alguns milhões para garantir sua aposentadoria. E agora poderá ser a vez de Ronaldo Luís Nazário de Lima deixar o Parque São Jorge e os gramados para sempre.

QUEM É?
Nome: Ronaldo Luís Nazário de Lima
Nascido em 22 de setembro de 1976 na cidade do Rio de Janeiro
Jogou na sua infância no Valquieri, Social Ramos, São Cristovão, mas surgiu para o profissional no Cruzeiro.
Em 1994 foi negociado com o PSV, dai começa uma carreira fenomenal na Europa.
Barcelona, Inter de Milão, Real Madri e Milan. 
Títulos: Copa do Brasil 1993, Mineiro 1994, Campeão dos Países Baixos 1996,  Supercopa da Espanha 1996 e 2003, Copa da Espanha 1997, Recopa Européia 1997, Copa da Uefa 1998, Copa Intercontinental 2002, Campeonato Espanhou 2003 e 2007, Copa da Mundo 1994 e 2002 e Copa América 1997 e 1999. 

TRAJETÓRIA FENOMENAL NO TIMÃO:
Chegou em 12 de dezembro de 2008
Marcou seu primeiro gol no clássico contra o Palmeiras e seu último foi contra o time que o revelou, contra o Cruzeiro em um penalti que esta em discussão até hoje.
Foi campeão do Campeonato Paulista e Copa do Brasil de 2009
Fez 69 jogos e marcou 35 gols.


VEJA NO VÍDEO ABAIXO OS GOLS COM A CAMISA ALVINEGRA:

3 Comentários:

  1. Otimo post, muito bem escrito e mostrando realmente o que aconteceu com Ronaldo e Corinthians, mas se ele quer parar fazer o que com certeza nao foi pelos protestos de uma parte da torcida, pois o Fenomeno não se abalaria tanto com isto a ponto de parar, com certeza é a forma fisica que ele não consegue adquirir, e segundo o comentarista Neto da Band, ele sente muitas dores então não esta aguentando mais.
    Valeu Ronaldo.

    http://caldeirarocha.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Uma perda muito grande (não por que ele esta gordo) para o futebol mundial. Craque de bola, sem duvidas o maior da nova geração de craques, só não foi maior que Pele. Carreira como jogador incontestavel.

    Muito obrigado, Ronaldo.

    ResponderExcluir
  3. É triste neh, ver um dos maiores de todos os tempos encerrar a carreira. Mas acontece. comenta meu blog também ;]
    http://www.jogosdofutebol.blogspot.com

    ResponderExcluir