segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

PALMEIRAS PRÓXIMO DA PONTA

CADA DIA MAIS FORTE

O Palmeiras enfrentou a Portuguesa e mostrou que não é apenas fogo de palha, mas sim força de um time que vai brigar pelo titulo.

Venceu a Lusa, convenceu a torcida e apareceu no retrovisor do time Santista, as duas equipes dividem a ponta da tabela com diferença em saldo de gol que dá o primeiro lugar para o Santos. Mas se o Santos vacilar o Palmeiras rouba a cena e a ponta da tabela.

O inicio de jogo foi muito trucado, pois as duas equipes priorisavam a marcação, mas o Palmeiras tocava melhor a bola e aos 10 minutos teve sua primeira oportunidade de gol, em bola chutada da entrada da grande area após boa triangulação, mas passa a esquerda do gol.

Como as duas equipes tentavam explorar jogadas pelo meio, acobou acontecendo um congestionamento e jogo ficou emperrado.

A Lusa só foi exigir do goleiro Marcos aos 18 minutos, também em bola chutada por Guilherme de fora da grande area, mas diferente ao chute palmeirense, Marcos teve que fazer boa defesa.

Antes do final do primeiro tempo, as duas equipes só chegaram mais duas vezes ao gol.

No inicio do segundo tempo a Portuguesa foi para cima e chegou duas vezes com claras chances de gol em um delas Marcos tirou a bola em cima da linha, mas o arbitro viu um toque de mão do ataque da Lusa. O Palmeiras só foi acordar aos 30 minutos em jogada pela esquerda a bola sobra no meio da grande área para Kleber que chuta fraco nas mãos do goleiro.

A partir dai o Palmeiras parte para o abafa e passa a pressionar a Lusa, que só restava se defender. Até que na terceira tentativa o Palmeiras consegue chegar ao primeiro gol com Cicinho em bom chute aos 37 minutos e aos 46 minutos ainda teve tempo para Kleber girar em cima de dois zagueiros e marcar o segundo gol palmeirense.

Publico de vergonha, apenas 9.304 pagantes.

O QUE VEM PELA FRENTE?
A Lusa encara o Americana no dia 02/02, no Canindé.
No mesmo dia o Palmeiras vai ao Estádio Municipal de Mirassol enfrentar o Mirassol.

SANTOS LEVA SÃO PAULO A SEGUNDA DERROTA

TRICOLOR CAI NA REDE

Santos e São Paulo fizeram o clássico da rodada na Arena Barueri pela quinta rodada.

O São Paulo começou melhor o jogo, tomou iniciativas, e com Fernandinho pela esquerda deu o primeiro susto no torcedor praiano. Recebe a bola de costa para a defesa dá um giro no zagueiro e vai para dentro da area, passa por mais um e chuta, mas a bola passa pela direita do gol.

Mas o Santos em sua primeira tentativa foi eficiente e mortal. Aos 10 minutos a bola sobra para Róbson pela direta, ele cruza, ninguem acompanhou o Elano que entra no meio da zaga e marca o primeira gol do peixe.
Após levar o gol o Tricolor parte para cima, mas a jogadas ficam muito isoladas pela esquerda com Juan e Fernandinho tentando jogar a bola para o Dagoberto que jogava entre os zagueiros, porém sem exito, pois a forte marcação não permitia.

O Santos ainda teve uma chance clara, numa cabeçada de Possebom que subiu sozinho, mas Rogério Ceni fez ótima defesa.
Quando o técnico Carpegiane decidiu tirar Dagoberto de entre os zagueiros o time passou a ter mais velocidade, pois Dagoberto recebia a bola de frente e não de costas para o zagueiro.

O São Paulo conseguiu marcar um gol, mas foi bem anulado, pois o zagueiro Miranda participa da jogada em impedimento.
Na volta para o segundo tempo o São Paulo foi para cima com mais volume de jogo que o Santos. Voltou com o Fernandão como um centroavate e Dagoberto mais centralizado, vindo detrás e caindo para a direito, por onde sairam algumas jogadas de perigo, mas foi pela esquerda em uma bola cruzada por Juan, Fernandão puxa a marcação e a bola sobra para Jean que bate no contra-pé de Rafael e bate na trave.

Mas o dia era do Santos. Elano bate da entrada da grande area, Rogério Ceni rebate no pé de Maikon Leite que só tem o trabalho de correr mais um pouquinho para comemorar o segundo gol do Santos.
Antes do fim do jogo ainda deu tempo de Rogério fazer mais uma grande defesa em chuta a queima roupa de Léo. Mas foi só isso, final Santos 2, São Paulo nada. Confira os melhores momentos no vídeo acima.

Publico pequeno para um jogo dessa grandeza, apenas 9.334 pagantes.

O QUE VEM PELA FRENTE?
O Santos, no dia 02/02, vai ao Moisés Lucarelli enfrentar a Ponte Preta.
O São Paulo, no dia 03/02, recebe o Linense no Morumbi.



domingo, 30 de janeiro de 2011

SANSÃO: PRIMEIRO CLÁSSICO PAULISTA DO ANO, SANTOS E SÃO PAULO

Hoje teremos o primeiro clássico do ano, e promete ser um excelente jogo, pois o Santos vem jogando o fino da bola e o São Paulo vem de uma boa vitória que foi marcada pela ótima apresentação de Dagoberto.

O último jogo entre as equipes aconteceu pelo campeonato Brasileiro com vitória Tricolor por 4 a 3, esse jogo foi realizado em 17 de outubro de 2010 no Morumbi. Confira os gols no vídeo acima.

Santos e São Paulo farão o jogo de número 280 na história do confronto, mas quem leva a vantagem é o Tricolor com 124 vitórias contra apenas 89 vitórias santistas e 66 empates.

O Santos vem para esse jogo confiando nos seus homem de frente, pois vem fazendo um ótimo campeonato até o momento. Elano vem comandado o meio com maestria e marcando gols também, o quase vendido Maikon Leite muito veloz e eficiente nos arremates e sem falar no Keirrison, mesmo diante de desconfiança, esta marcando seus gols e ajudou o Santos chegar (hoje antes do clássico a segunda posição do campeonato com um jogo a menos que o Americana).

O São Paulo vem embalado por uma ótima vitória sobre o hoje lider, Americana, por 4 a 3, com ótima apresentação de Dagoberto que deve ser titular hoje. Acreditando também na inteligência e experiência de Fernandão e a velocidade de Fernandinho para vencer e colar nos lideres.

POSSÍVEIS ESCALAÇÕES:
SANTOS: Rafael, Pará, Edu Dracena, Durval e Léo; Adriano, Possebom, Elano e Róbson; Maikon Leite e Keirrison (4-4-2)

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Jean, Xandão, Miranda e Juan; Rodrigo Souto, Zé Vitor, Carlinhos Paraiba e Fernandinho; Dagoberto e Fernandão (4-4-2)

ONDE É O JOGO:
Arena Barueri
Administrado pela Prefeitura Municipal de Barueri
Inaugurada em 26  de maio de 2007
Capacidade: 35.000

Time mandante: Sport Club Barueri


São Paulo e Santos já se enfrentaram na Arena e jogo terminou 2 a 1 Santos, com gol de pênalti de Neymar com direito a paradinha e polêmica.

sábado, 29 de janeiro de 2011

TRICOLOR ENTRA NA ONDA

Não teve como resistir, depois das contratações de Ronaldo e Roberto Carlos pelo Corinthians, Robinho e Elano pelo Santos, Deco pelo Fluminense e Ronaldinho Gaúcho pelo Flamengo, agora é a vez do São Paulo entrar na onde de contratações de ex-medalhões do futebol brasileiro. Visando fortalecer o elenco para voltar a conquistar títulos, pois o último foi em 2008, e angariar fundos para o clube, pois as arrecadações caíram, devido falta de títulos e publico pequeno no Morumbi.

No início da tarde dessa sexta-feira, 28/01/11, foi apresentado o novo camisa 10 do Tricolor, esse novo jogador do São Paulo é velho conhecido das torcidas corintiana e palmeirense, pois vestiu a camisa dos dois clubes, mas fez mais sucesso com a palmeirense.

Através de convite feito por Rogério Ceni, Rivaldo jogador é o novo camisa 10, mas vai dividir a função de presidente do Mogi Mirim com a de jogador do São Paulo.

Ele mesmo intermediou sua saída do Mogi Mirim, onde ganharia R$ 1 mil como jogador, mas nem chegou a vestir a camisa vermelho do time do interior.

O São Paulo não espera apenas que Rivaldo contribua com o seu bom futebol, mas também com ações de marketing, pois crê que a imagem do jogador é boa.

Rivaldo é um jogador que pouco se houve falar em questões polemicas sempre discreto e reservado.

Antes de sua apresentação já fez um treino, sendo escalado na equipe reserva e pelo que falaram, o folego continua o mesmo. A diretoria aproveitou a apresentação do meia-atacante para também apresentar a boa estrutura que a base Tricolor tem para trabalhar, principalmente agora que o centro de treinamento de Cotia conta com um estádio para que times da base mandem seus jogos. Juvenal Juvêncio ressaltou que: "O São Paulo tornasse o primeiro time do Brasil a ter um estádio para a base e não será a primeira apresentação de jogador aqui, teremos outras".

O contrato de Rivaldo vai até o final de 2011, com a contratação o São Paulo já começou a procurar patrocínios, da mesma forma que fez o Corinthians poderá até fazer patrocínios pontuais, ou seja, por apenas um jogo.

Uma empresa de cartões de crédito, a mesma que patrocinou o Corinthians na estreia de Ronaldo e vai investir R$ 600 mil na estreia de Ronaldinho Gaúcho no Fla, ofereceu R$ 500 mil para estampar a camisa tricolor na estreia de Rivaldo.

Com essa contratação o São Paulo entra no hall dos times com medalhões que já vestiram a amarelinha e foi campeão do Mundo.

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

PALMEIRAS: SANTO REMÉDIO

Palmeiras conquista a terceira vitória após a eleição de se novo presidente.

Palmeiras joga bem, faz três a um no Paulista de Jundiaí e mostra que o ambiente no Palestra Itália é outro. Confira os gols no vídeo acima.

Em noite de jogo no Pacaembu, no qual foi marcado pelo retorno do goleiro Marcos ao gol palmeirense, aos 19 minutos do primeiro tempo em jogada que a bola é lançada para Kleber na entrada da grande área e o zagueiro João Paulo sobe e esbarra em Kleber, lance normal, mas o juiz marca falta. Marcos Assunção, que não tem nada a ver com isso, cobra com a perfeição de sempre e acerta o canto esquerdo do goleiro, marcando o primeiro gol.

Antes que acabasse o primeiro tempo, aos 43 minutos, em uma ótima triangulação palmeirense, a bola e tocada para Kleber que acompanhava a jogada no meio da área, ele domina levantando um pouco a bola e bate para marcar um golaço e o segundo do Palmeiras na partida.

Igual ao gol do Kleber foi o do Patrick, levando em consideração que ele estava um pouco mais distante do gol. Aos 21 minutos do segundo tempo, ele recebe a bola na entrada da grande área levanta um pouco e bate, mais um golaço.

Faltando dez minutos para o fim do tempo regulamentar, os palmeirenses estavam com tanta vontade de fazer gols que não observou o lado. Cobrança de falta pela direta do ataque do Paulista, bola alçada na área, fica pipocando dentro da área pequena, o zagueiro Mauricio Ramos do Palmeiras tenta tirar, mas a bola bate em seu pé esquerdo e entra, gol contra, com isso damos números final ao duelo. Palmeiras embalado 3, Paulista 1.

O QUE VEM PELA FRENTE:
O Palmeiras vai ao Canindé enfrentar a dona da casa, Portuguesa.
O Paulista enfrenta o Linense fora de casa.

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

EMPATE COM SABOR AMARGO!

Corinthians só empata com o Tolima – COL e a missão fica mais complicada.

Na noite de 26/01/11, no Pacaembu o Corinthians enfrentou a equipe do Tolima da Colômbia pela fase prévia da Libertadores e o que se viu foi um jogo muito ruim de ambas as partes. O Corinthians tocava a bola tentando furar o bloqueio imposto pelos colombianos, pois quando não estavam com a bola, marcavam com os 10 jogadores atrás da linha da bola impossibilitando avanços corintianos e quando tinham a bola no pé tentavam sair em velocidade.

A zaga corintiana quase se complica por diversas vezes com a chamada linha burra (jogada em que os zagueiros saem na hora do passe do adversário para deixar o ataque em impedimento), em uma delas, Roberto Carlos não conseguiu sair a tempo e o atacante do Tolima saiu na cara de Julio César, por sorte o auxiliar errou e marcou impedimento.

O Corinthians não conseguia sair com velocidade para o ataque, Jucilei não jogava bem e errou muitos passes, Dentinho não evoluía pela direita, Bruno César apático não conseguia criar, todas as bolas eram centralizadas em Ronaldo que não conseguia sair da forte marcação dos colombianos. O único que estava conseguindo dar trabalho à zaga colombiana era Jorge Henrique, mesmo fazendo uma função que muitos jogadores não conseguem executar, atacava e voltava para compor o meio campo.

O time insistia muito em jogadas pelo lado direito (de onde saíram as duas jogadas mais perigosas) com Jucilei, Alessandro que não estava muito bem e sem ritmo de jogo e Dentinho, mas não conseguia furar o bloqueio.

O Corinthians teve apenas duas chances de gol claras no primeiro tempo e pelo alto, na primeira, bola cruzada para área encontra Ronaldo livre de marcação que cabeceia para defesa do arqueiro Silva, no segundo lance, bola cruzada com força para área Jorge Henrique mergulha, cabeceia e a bola passa a direita assustando, fora isso mais nada.

Antes de acabar o primeiro tempo, Tite pede para que sejam invertidas as posições, Dentinho que jogava pela direita vai para esquerda, Jorge Henrique que estava na esquerda vai para o meio e Bruno César que jogava pelo meio vai para a direita. Tentando explorar os bons chutes de Bruno César, que cortaria para o meio e bateria com a esquerda, mais uma tentativa frustrante, pois o goleador não consegue fazer nenhuma jogada. Toda vez que pegava na bola a defesa do Tolima fazia o triangulo para impedir qualquer tentativa de arremate forçando o meia voltar a bola para a lateral.

O sistema do técnico Hernán Torres deu certo, pois jogou com um esquema que podemos chamar de 4-5-1. Quando estava com a bola dois meias abriam pelas pontas, e se tornavam mais dois atacantes, quando estavam sem a bola voltava para recompor o meio com os outros três volantes, ficando assim com cinco jogadores.

O segundo tempo começa e o Corinthians toca a bola e gera impaciência na Fiel, em lances que a bola podia ser reposta com mais rapidez o time não correspondia e a Fiel reclamava.

Antes dos quinze minutos o técnico Tite resolve sacar Bruno César, que devia estar com a frase de Ronaldo na cabeça que disse que o time foi egoísta no jogo contra o Noroeste, pois não chutou nenhuma bola em gol preferiu tocar todas. Entra Edno em seu lugar, que entra perdido em campo, mas com mais objetividade e chaga a arriscar alguns chutes.

Como o time ainda não evoluía, sai Roberto Carlos e entra Marcelo Oliveira, não era o que o time precisava, pois o jogo ficou na mesmo. Marcelo Oliveira se arrisca no ataque, mas sem assustar a defesa colombiana.

Chicão ainda teve chance de marcar numa cobrança de falta que passa raspando a trave esqueda do gol, parte da torcida gritou gol e comemorou, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora. Confira melhores momentos do jogo no vídeo abaixo.

Faltando quinze minutos para o fim, sai Dentinho e entra Danilo, quem colocou a mão na cabeça e gritou: NÃÃÃOOO!!!

Viu um time mais cadenciado e com mais chances de chegar ao gol que lhe daria a vitória, pois o Tolima não criou mais nada e viu o Corinthians chegar duas vezes com Danilo de cabeça e um chute de fora da grande área. Mas ficou na mesma. Corinthians 0 x 0 Tolima – COL.

Agora no jogo de volta, quarta-feira que vem na Colômbia, será necessário à vitória ou um empate com gols para o Timão passar para a faze de grupo.

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

VELHO SONHO, NOVAS ESPERANÇAS

TIMÃO VAI COM O QUE TEM DE MELHOR PARA A PRIMEIRA PARTIDA DA PRÉ-LIBERTADORES

Segundo o presidente Andrés Sanches, antes de conquistar o primeiro titulo da Libertadores é preciso pegar experiência, sendo assim, o clube esta no caminho certo; se passar pelo Tolima será a segunda participação consecutiva. No ano de 2010 o Timão fez uma excelente primeira fase, mas não conseguiu passar pelo Flamengo nas oitavas de final.

Porém esse ano o técnico Tite conta com uma equipe mais entrosada do meio para frente, em relação ao elenco considerado titular no ano passado, não conta apenas com Elias que foi negociado com o Atlético de Madri e William que se aposentou.

Hoje o Corinthians entra em campo pela fase chamada prévia da Libertadores, espécie de uma repescagem, isso por que perdeu o terceiro lugar do campeonato Brasileiro do ano passado para o Cruzeiro. Enfrentará o Tolima da Colômbia, em jogos de ida e volta, o primeiro será no Pacaembu e vai a campo com o que tem de melhor: Júlio César, Alessandro que volta depois de uma catapora, Chicão, Leandro Castán, Roberto Carlos que acredita e declara que o Corinthians pode golear o Tolima e abrir boa vantagem para o segundo jogo; Ralf, Jucilei e Bruno Cesar; Jorge Henrique, Dentinho e Ronaldo (4-2-3-1).

Vai a campo com uma formação vitoriosa em 2009 com o técnico Mano Meneses, conquistando o Campeonato Paulista e Copa do Brasil, porém com peças diferentes. Júlio César substitui Felipe, Alessandro e Chicão continuam, Leandro Castán no lugar de Willian, Roberto Carlos no lugar André Santos; Ralf, Jucilei e Bruno Cesar substituem Cristian, Elias e Douglas; Jorge Henrique, Dentinho e Ronaldo continuam.

Com essa formação o Corinthians vai para cima, explorando as jogadas de linha de fundo com Dentinho e Jorge Henrique, os avanços de Jucilei pelo meio e dos laterais buscando a genialidade de Ronaldo isso sobre a batuta de Bruno Cesar. Para a defesa a zaga ainda não esta muito bem entrosada, pois não conta mais com o capitão William e Leandro Castán assumiu sua vaga, mas Chicão se dá bem nas coberturas e Jorge Henrique, como sempre o motorzinho em campo ao lado do cão de guardas Ralf, volta para recompor o meio e dar segurança a defesa.

O Corinthians também é muito forte nas cobranças de falta, com a classe de Chicão, a força de Roberto Carlos e os chutes de longa distancia de Bruno Cesar.

O Tolima vem para esse jogo considerando ser o jogo da vida, pois passando de fase o grupo garante mais de um mês de salário, pois a cada fase alcançada são R$ 16 mil no bolso. Não é um time de tanta expressão, mas vem para São Paulo a fim de se mostrar e roubar a oportunidade do Timão seguir na Libertadores.

São Paulinos, Palmeirenses e Santistas  também estão na torcida....

Contra!!!

A CAMISA TAMBÉM É NOVA
Nesse jogo será utilizada nova camisa.

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

MAIS UMA FESTA RUBRO NEGRA NO PACAEMBU

FLAMENGO É BICAMPEÃO DA COPA SÃO PAULO DE FUTEBOL JR. 

Quem não se lembra da festa rubro negra feita no ano de 2010, nesse mesmo Pacaembu. Oitavas de final da Libertadores da América, Corinthians e Flamengo decidem a vaga, no primeiro jogo vitória rubro negra por 1 a 0 com gol de Adriano, jogo realizado no Maracanã. O segundo jogo foi no Pacaembu, o Corinthians abre 2 a 0 no primeiro tempo, mas no segundo tempo Vagner Love decide colocar água no chopp alvinegro, Corinthians 2 a 1. No entanto, o Corinthians viria a ser desclassificado por que tomou um gol em casa. 
Divulgação: Esquadrão Interativo
No dia 25 de janeiro de 2011, Aniversário de Emancipação Política da Cidade de São Paulo, os meninos do ninho do urubu repetiram a escrita e comemoraram o segundo titulo da copinha, a primeiro havia sido em 1990, portanto 21 anos após. 

Com um bom time que contou com revelações como: Frauches que abriu o marcador aos sete minutos do primeiro tempo; Rafinha, que toda vez que entrou deu muito trabalho aos adversários, pois se trata de um jogador muito rápido, habilidoso e inteligente; Negueba, que comandou o ataque rubro negro e marcou o gol que deu o titulo ao Flamengo, aos 23 minutos do segundo tempo em cobrança de pênalti; sem falar no excelente atacante Lucas, o meio campista Adryan e o goleiro César.

Na festa estavam presentes a presidente Patrícia Amorim e o técnico Vanderlei Luxemburgo, que não deve ter perdido nenhum lance e deve aproveitar algum desses jogadores.

Flamengo fez um bom campeonato, fazendo jogos onde a vontade prevaleceu. Passou por Cruzeiro e o ótimo time do Desportivo Brasil nos pênaltis, deixou para trás o bom time do São Paulo. Resumindo mereceu o titulo.

Esperamos que dessa safra saia bons jogadores como na safra de 1990, que contava com Marcelinho Carioca, Djalminha, Paulo Nunes, Junior Baiano e Nélio.

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

SANTOS 100%, PALMEIRAS EMBALA, CORINTHIANS PARA E SÃO PAULO EMPACA!

SANTOS, SANTOS SEMPRE SANTOS

Não tem como negar, pelo início de campeonato, pelo time que tem e como esta jogando, mesmo sem suas principais estrelas, o Santos é serio candidato a ganhar esse Campeonato Paulista. Ontem o que se viu em Presidente Prudente foi apenas uma amostra do que nos aguarda pelo resto do ano. Um time muito rápido, que toca bem a bola, objetivo e eficiente nos arremate para o gol.
No primeiro gol, aos 13 minutos do primeiro tempo, numa bobeada da zaga prudentina, que era o corte e a bola sobra para Elano que fica na cara do gol e com um chute forte vence o goleiro do Prudente, Santos 1 a 0. Aos 22 minutos Maikon sofre pênalti e Elano cobra para marcar o segundo dele e do Santos na partida.
O terceiro gol saiu no inicio do segundo tempo em bola rebatida pelo goleiro prudentino para o meio da área, Keirrison e Elano vão para a bola, mas quem marca é Keirrison. Aos 16 minutos da etapa complementar, falta para o Santos, Robson rola para Maikon que chuta forte para marcar o quarto e último do Santos.

O Grêmio Prudente parecia não esta entregue na partida, no entanto, estava desordenado e só chegou ao primeiro gol por conta de uma falha da defesa santista e Rômulo aproveitou para diminuir. E aos 36, num escanteio pela esquerda do ataque prudentino, Bruno Ribeiro cobrou e o goleiro santista cooperou para sair o gol olímpico e segundo do Prudente. Grêmio Prudente 2 x 4 Santos. Confira os gols no vídeo abaixo.

O Santos é o líder ao lado do Americana com 09 pontos, porém com melhor saldo de gols.

O QUE VEM PELA FRENTE:
Santos joga contra o São Caetano na quarta-feira na Arena Barueri.
Grêmio Prudente joga no Prudentão contra o Botafogo na quinta-feira.

QUANDO “RESURGE” O ALVIVERDE

Parece que o novo presidente (do clube não da Republica) esta fazendo bem ao Palmeiras. Depois que foi eleito o novo presidente, o Palmeiras conseguiu seu segundo triunfo, passou dessa vez pelo Oeste pelo placar magro, 1 a 0. O gol foi marcado aos 41 minutos do segundo tempo por Patrick, que entrou na partida também no segundo tempo.
Com o resultado positivo o Palmeiras assumiu a terceira posição, com sete pontos, dois atrás de Santos e Americana, lideres com nove.
O Palmeiras acreditou mais uma vez no trio ofensivo da última partida, pois ainda não pode contar com Valdivia e Lincoln para fazerem a criação. Porém não conseguia passar com facilidade pela forte zaga do Oeste, que proporcionou um jogo com muitas pancadas para conter as tentativas de avanço alviverde. Palmeiras não joga bem mais faz o necessário para sair com a vitória.

O QUE VEM PELA FRENTE:
Palmeiras joga contra o Paulista na quinta-feira no Pacaembu.
Oeste vai ao estádio Primeiro de Maio para encarrar o São Bernardo.

ASSIM NÃO VAI DAR NADA

Um time que tem pela frente um jogo valendo a vida na Libertadores não pode deixar passar chances de se preparar melhor para o combate. O futebol apresentado pelo time do Corinthians ontem no Pacaembu não foi de um time que esta se preparando para uma competição importante. Se deu ao luxo de perder muitos gols, não aproveitou o fato da defesa adversária estar desarrumada e desorientada. Nos primeiros 45 minutos o Corinthians criou varias oportunidades pelos lados, principalmente com Bruno Cesar pela esquerda, e foi por ai que saiu o gol aos 41 minutos. Bruno Cesar avança, recebe passe de Roberto Carlos e toca para Dentinho que chuta a bola bate no zagueiro e encobre o goleiro. Aos 43, o Noroeste teve chance de empatar, a zaga corintiana não se entende e a bola sobra nas costas de Moacir e Zé Carlos chuta para fora. Logo no inicio do segundo tempo Jucilei toca para Ronaldo na entrada da grande área, o craque num toque genial deixa o volante na cara do gol, mas Jucilei chuta e o goleiro defende. Aos 12 minutos, Roberto Carlos era o passe, a bola sobra para Vandinho que toca para Tiago Marin que chuta no canto esquerdo de Júlio Cesar, Corinthians 1 x 1 Noroeste.
O Corinthians enquanto vencia por 1 a 0, pensou que já estava resolvido, pois dominava o jogo quando tomou o gol desmoronou e ficou apático. Para a Libertadores não pode acontecer isso.

O QUE VEM PELA FRENTE:
O Corinthians enfrentara o Tolima – COL no Pacaembu pela pré-Libertadores .
No mesmo dia o Noroeste enfrenta o Bragantino em casa.

ANIVERSÁRIO DE ROGÉRIO CENI, FESTA DA MACACA

O São Paulo vindo de duas vitórias seguidas, 100% no campeonato, buscando sua terceira vitória, em pleno Morumbi e festa para Rogério Ceni. Isso mesmo Rogério estava completando 38 anos de vida, tinha tudo para ser uma grande festa, só esqueceram-se de avisar os jogadores da Ponte Preta.
O jogo começa, o São Paulo já vai para cima, com Dagoberto que deixa Fernandinho na cara do gol, mas chuta em cima do goleiro que tira com o pé. No primeiro tempo viu-se um jogo muito bem jogado pelas duas equipes, mas o São Paulo com um volume maior de jogo e com mais oportunidades, no entanto parou com boas defesas de Bruno.
Já no segundo tempo o Ponte armou uma blitz para cima do São Paulo, os cinco homens colocados no meio para conter as jogadas dos três homens de frente do São Paulo passaram a atacar. O bombardeio foi intenso na área tricolor, até que aos 31, Renatinho recebe pela direita, faz boa jogada para o bico da grande área e chuta forte, Rogério Ceni espalma para o meio da área pequena e “dá um presente” para Tiago Luiz de cabeça marcar o gol da Ponte. Dai pra frente não deu mais nada e o São Paulo perdeu a primeira do ano em pleno Morumbi.

PARA SAIR DE FOCO
Para tirar o foco da derrota Tricolor. No dia seguinte a diretoria tratou de anunciar a contratação do penta campeão Mundial, Rivaldo, hoje com 38 anos, para ser o novo camisa 10.

O QUE VEM PELA FRENTE:
O Tricolor Paulista enfrentara um dos lideres, Americana, na quarta-feira .
A Ponte Preta vai ao Canindé encarrar a Portuguesa.

domingo, 23 de janeiro de 2011

FINAL DA COPINHA COM TEMPERO BAIANO

A Copa São Paulo de Futebol Junior é disputa desde 1969, e nunca um time do nordeste havia chegado a final. Porém esse ano o Bahia, ao vencer o América - MG por 2 a 1, conseguiu esse feito inédito e vai a final para enfrentar o Flamengo que empatou com o Desportivo Brasil em 0 a 0 e na disputa de pênaltis venceu por 3 a 0.

O Bahia para chegar a final fez a seguinte campanha:
Primeira Fase
Bahia 0 x 1 América - MG
Noroeste 0 x 1 Bahia
Taboão da Serra 0 x 4 Bahia

Segunda Fase
Portuguesa 1 x 2 Bahia

Oitavas de Final
Vitória 1 x 1 Bahia (3 x 4)

Quartas de Final
Santos 1 x 2 Bahia

Semifinal
América - MG 1 x 2 Bahia

Em sete jogos o Bahia venceu 5, empatou 1, perdeu 1, marcou 12 gols e sofreu 5.

Já o Flamengo que da mesma forma que seu adversário se classificou pelo índice técnico e vai a final buscar o seu segundo título, pois foi o campeão da edição de 1990 sobre o time do Juventus, vencendo o jogo pelo placar de 1 a 0.

O Flamengo chegou a final assim:
Primeira Fase:
Flamengo 0 x 0 Mogi Mirim
Gurupi - TO 1 x 7 Flamengo
São José 0 x 3 Flamengo

Segunda Fase:
Cruzeiro 2 x 2 Flamengo (3 x 5)

Oitavas de Final
São Paulo 0 x 1 Flamengo

Quartas de Final
Coritiba 2 x 6 Flamengo

Semifinal
Desportivo Brasil 0 x 0 Flamengo (0 x 3)

Em sete jogos o Flamengo venceu 4, empatou 5, não perdeu, marcou 19 gols e sofreu 5.

QUEM LEVA VANTAGEM?
O Flamengo tem um grupo mais compacto com jogadores que podem fazer a diferença, o técnico pode escalar o time com duas formações que vem dando certo. Na primeira opção é jogar no 4-4-2, com um meio mais reforçado para conter a investida baiana ou se preferir pode partir para cima, para isso terá que sacar um volante ou um lateral e colocar o atacante Rafinha, que entrou muito bem nas ultimas duas partidas. Optando pela segunda terá que usar um volante para ajudar na marcação pelo lado direito e esperar que o Rafinha tenha folego para ir até o final de jogo na correria.

O Bahia por sua vez não tem jogadores muito rápidos, mas conta com um grupo entrosado e com força de vontade. O destaque fica por conta do atacante Rafael, protege bem a bola e tem boa presença de área.

Em minha opinião dá FLAMENGO.

PALMEIRAS: BUG DO MILÊNIO

Anos 90, para os palmeirenses trazem ótimas recordações: Parmalat, dinheiro em caixa, bons jogadores, títulos e muita, mas muitas alegrias. Isso se deve ao fato de o time não conquistava títulos desde 1976, quando conquistou o campeonato Paulista sobre o XV de Piracicaba, esse período durou exatos 17 anos sem comemorar um título de expressão.

Então veio o ano de 1993, para os palmeirenses mais novos foi o melhor da década de 90, pois o ano já se inicia com o titulo de campeão do Torneio Rio-São Paulo sobre o Corinthians, vence o primeiro jogo por 2 a 0 e no segundo segura o empate sem gols e fica com o titulo. No meio do ano o Palmeiras vence o paulista, mais uma vez contra o Corinthians com uma derrota no primeiro jogo por 1 a 0, precisava vencer a segunda para levar para a prorrogação. Venceu no tempo normal por 3 a 0, levou para a prorrogação com a vantagem do empate e mesmo assim venceu também, por 1 a 0. Para fechar o ano com chave de ouro o Palmeiras conquista também o Brasileirão em final contra o Vitória, vence os dois jogos, 1 a 0 e 2 a 0.
Em 1994 no primeiro campeonato por pontos corridos o Palmeiras obteve uma boa campanha com 78,3% de aproveitamento, o artilheiro com 23 gols foi Evair e sagrou-se bicampeão sobre o São Paulo. E pra não perder o costume, venceu também o Brasileiro, contra um rival bem conhecido, sim, o Corinthians, venceu o primeiro jogo por 3 a 1 e só empatou o segundo. Palmeiras bi Brasileiro.
Em 1996 conquista novamente o Campeonato Paulista, com uma excelente campanha, ficando 28 pontos a frente do vice, São Paulo. Em 30 jogos, venceu 27, empatou 2, perdeu 1, marcou 102 gols, sofreu apenas 19 e conquistou 83 pontos. Mas nesse ano não teve dobradinha, ficou só com o Paulista.
No ano de 1998, conquista a sua primeira e por enquanto única Copa do Brasil, derrotando o Cruzeiro no primeiro jogo por 2 a 0 e mesmo com a derrota no segundo jogo ficou com o título que lhe deu direito de disputar a Taça Libertadores da América de 1999. E antes de terminar o ano viria mais um título, o de campeão da Mercosul , vencendo o mesmo Cruzeiro em três jogos (1x2, 3x1 e 1x0).
No entanto, diante de tantas conquistas, no ano de 1999 veio a mais importante da década. Despachando o seu arquirrival, Corinthians, nas quartas de final e vencendo o Desportivo Cali – COL, conquistou a Taça Libertadores da América e ganhou o direito de disputar o Torneio Intercontinental no Japão contra o Manchester United – ING. Quer ver ou rever? Veja os melhores momentos desse jogo no vídeo ao lado.
O BUG
“Para quem não se lembra, Bug foi um acontecimento que ocorreu no fim do século XX, relacionado à informática. Bug significa falha, algum tipo de erro, apagão no sistema. Seria o fato dos computadores estarem preparados apenas para computar datas antes de 1999, não aceitando a data do ano 2000, entendendo 00 como 1900. Isso causaria muitos danos, principalmente na questão bancaria, pois os investimentos seriam apagados.”
No dia 30 de novembro de 1999, no Estádio Olímpico de Tóquio, Sociedade Esportiva Palmeiras, campeão da Taça Libertadores da América e Manchester United da Inglaterra, campeão da UEFA em campo para a disputa do na época considerado Mundial de Clubes.
Aos 35 minutos de jogo, bola cruzada para a área palmeirense, Marcos na bola... Ops, deu um “apagão” no goleiro Marcos, que deixou uma bola aparentemente passar e Keane marca, Manchester 1, Palmeiras 0.
O Palmeiras não encontrou forças, técnica, não achou nada e o placar persistiu assim até o último minuto de jogo, sendo assim, Manchester Campeão Mundial de Clubes 1999.
Esse apagão sofrido por Marcos viria afetar todos no clube, mesmo assim ainda conquistaria em 2000 os títulos do Rio – São Paulo e Copa dos Campeões.  Porém em 2001 começaria o calcário alviverde, pois não alcança nenhum título e em 2002 o pior episódio na gloriosa história palmeirense, o rebaixamento para a serie B do Brasileiro.

CAMPEÃO DO BRASILEIRO SERIE B - 2003 
Disputa muito dificil, pois 24 equipes se enfrentaram no primeiro turno, as 8 melhores passariam para a próxima fase divididas em dois grupos, os dois primeiros de cada grupo se classificariam para a disputa do título num quadrangular. O Palmeiras foi o melhor em todas as fase, dessa forma confirmando a conquista do titulo menos comemorado e a volta a serie A.
Após a conquista da serie B o Palmeiras enfrenta mais cinco anos sem titulos e em 2008 fazendo a segunda melhor campanha na primeira fase do Paulista passa para a semfinal e chega as finais para disputar o título contra a Ponte Preta, vence os dois jogos (1x0 e 5x0) e é campeão.
Na última década o Palmeiras conquista apenas quatro títulos, sendo um de alivio e outro de expressão. O de alivio foi o Brasileiro da serie B e o de expressão o Paulista de 2008.
MAS ISSO VAI ACABAR. SOB NOVA DIREÇÃO!
Na última quarta-feira, 19 de janeiro, o Palmeiras votou para ter um novo presidente, na disputa estavam: Arnaldo Tirone Filho, Paulo Nobre e Salvador Hugo Palaia. Votação vencida por Arnaldo Tirone Filho e logo após a confirmação de sua eleição, o Palmeiras vence o Ituano por 4 a 0, pela terceira rodada do Paulistão.
O novo presidente em seu primeiro dia de mandato declara que: "Prioridade é o futebol e que vai organizar o Palmeiras."

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

COPA SÃO PAULO DE FUTEBOL JR.

GRANDE, SÓ O FLAMENGO


A Copa São Paulo de Juniores chega a sua fase de semi finais contando apenas com um time considerado grande, o Flamengo, que em um jogo de muitos gols venceu o Coritiba por 6 a 2 e se credenciou para disputar um vaga na grande final. Com domínio total do jogo o Flamengo insistia com jogadas sem resultados positivos, ou seja, gols. Mas aos 25 minutos de jogo o técnico rubro negro, Paulo Henrique, precisou substituir o volante Vitor Hugo que se machucou pelo cara que seria mais tarde o dono do jogo, o atacante e muito, mas muito rapido Rafinha. Aos 33 minutos Rafinha faz excelente jogada pela direta, cruza na cabeça de Lucas que marca. Dez minutos depois, o mesmo Rafinha faz linda jogada pelo meio, toca na passagem de Lucas que só tem o trabalho de bater e comemorar, Fla 2 a 0. Do mesmo modo saiu o terceiro gol aos 45 minutos, nesse momento o melhor a fazer era parar o jogo para dar sossego ao time do Coxa, fim do primeiro tempo.

No início do segundo tempo, o Coxa parecia que ia para cima e reagir, mas foi só fogo de palha, na primeira tentativa, chute de longa distancia que o goleiro Cesar pega firme. E aos 5 minutos Negueba passa para Alex na direita, que toca para a area e Adrian chuta duas vezes para marcar o quarto gol.

Aos 13 minutos em chute de Guaraci que toca em Frauches e engana Cesar, o Coxa faz o seu primeiro gol. Três minutos depois o Flamengo amplia e dá uma ducha de água fria no time Paranaense, que vislumbrava uma reação com o gol marcado anteriormente, Lorran chuta forte de fora da área o goleiro ainda toca na bola, mesmo assim vai no ângulo esquerdo. O Coxa valente, mas frágil, marca o segundo gol com Bruno, mas o time carioca estava com a macaca, ou melhor com o urubu e, marca o sexto gol aos 37 minutos, Luiz Felipe dá bom passe para Adrian marcar e dar números finais ao jogo.

Agora o Flamengo enfrentará o ótimo e bem montado time do Desportivo Brasil, que faz até o momento uma campanha impecável, com aproveitamento de 100%. Na primeira fase foi primeiro do grupo D (3vitórias, marcou 12 gols e sofreu 3), na segunda fase enfrentou o Corinthians e ganhou de 1 a 0, nas oitavas encarou a Ponte Preta e venceu por 2 a 1.

Hoje, em jogo valido pelas quartas de final ganhou do também promissor PAEC (Pão de Açúcar) pelo placar de 4 a 1.  

QUEM LEVA VANTAGEM?

São dois times bem montados, ambos com um forte poder de marcação no meio e tocam muito bem a bola. O Flamengo lava vantagem por contar com um meio veloz e o centroavante Lucas é um ótimo finalizador, caso o técnico rubro negro prefira jogar mais ofensivo, pode sacar um volante e colocar o excelente atacante Rafinha um pouco mais recuado pela direita para formar dupla com Negueba, que vem fazendo boas apresentações nessa copinha.


MORREU NA PRAIA

Numa partida que teve um primeiro tempo sem tantas emoções, pois o nível técnico das duas equipes deixava a desejar. No segundo tempo a partir do 15º minuto tomou outro rumo, as duas equipes partiram para cima em busca da vitória e, aos 19 minutos, o Santos tem um escanteio para cobrar pela direita, depois da cobrança a zaga baiana afasta de cabeça, mas a bola e colocada novamente para dentro da área e encontra o zagueiro Jairo livre para de bicicleta marcar um golaço.

Mas a partir dos 35 minutos de jogo no segundo tempo o Bahia parte vai com todas as forças e santos e aos 38 minutos Fábio marca o gol que pelo menos levaria a partida para as cobranças de pênaltis. Só que um desses santos iluminou o atacante do Bahia ao apagar das luzes, e aos 47 minutos, encobre o zagueiro santista e na saída do goleiro coloca no canto direito para decretar, Santos 1, Bahia 2. Confira os lances no vídeo acima.

Com a vitória sobre o Santos o Bahia passa a semifinais e enfrentará o campeão da "Copinha" de 1996, o América -MG.

O América para chegar a semifinais, passou pelo Internacional. Com o empate em 1 a 1 no tempo normal a decisão foi para os penaltis e venceu por 4 a 3.

O América que hoje conta com o time principal na serie A do Brasileirão, volta a estar em evidencia na elite do futebol Brasileiro.

QUEM LEVA VANTAGEM?

As equipes já se enfrentaram pela primeira fase da "Copinha", pois estavam no grupo R, e o jogo terminou com vitória do América por 1 a 0. Para o América chegar até aqui enfrentou: Juventus (SP), Fluminense (RJ) e Internacional. Já o Bahia passou por: Portuguesa (SP), Vitória (BA) e Santos (SP). As equipes estão bem equilibradas, no entanto, o América leva uma pequena vantagem.

PALPITE
Mesmo considerando que o Flamengo leva vantagem sobre o Desportivo Brasil, meu palpite é que o Desportivo vai surpreender.

No jogo entre América - MG e Bahia, creio que a vantagem do América vai prevalecer.

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

SANTOS E SÃO PAULO 100%, CORINTHIANS MEIA BOCA!

Nessa noite de quarta-feira (19/01), Santos, São Paulo e Corinthians entraram em campo pela segunda rodada do campeonato Paulista.

O Santos enfrentou o Mirassol no estádio do Pacaembu e venceu por 3 a 0. Logo aos 28 minutos do primeiro tempo, em uma reposição de bola rápida do goleiro Rafael e em jogada mais rápida ainda a bola chega para Maikon Leite pela direta, ele avança passa pelo goleiro do Mirassol e marca um lindo gol. Logo no inicio do 2º tempo, aos 2 minutos, Elano toca para Zé Eduardo na entrada da grande área, que só teve o trabalho de tirar o zagueiro e tocar para o gol. O terceiro e último gol também foi de Zé Eduardo aos 31 do segundo tempo, selando a vitória Santista. Veja gols no vídeo abaixo.

São Paulo e São Bernardo fizeram o jogo dos “Sãos”, mas quem se deu melhor foi o “São” mais famoso, o São Paulo que venceu também por 3 a 0. O primeiro gol saiu logo aos 4 minutos do primeiro tempo, em jogada de Marlos pela esquerda, ele cruza para a área e Dagoberto tenta dominar e a bola bate em seu pé, e sem querer, faz o gol. Antes que acabasse o 1º tempo, aos 40 minutos, Ilsinho faz jogada pela direita e passa para Marlos fazer o segundo gol Tricolor no Morumbi. No inicio do segundo tempo o São Bernardo parecia que ia para cima, mas não deu. Aos 21 minutos, o técnico Carpegiani, substitui Ilsinho por Fernandinho e aos 31 minutos, Fernandinho recebe bola na área faz boa jogada e bate no canto para dar números finais ao duelo.

Já o Corinthians foi a Bragança Paulista encarar o Bragantino. Até os 5 minutos do primeiro tempo o Corinthians dava a entender que seria um treino fácil para a estréia na prévia da Libertadores. No entanto, a partir de sexto minuto de jogo o Bragantino passou a pressionar pela direita com o Júlio César, que aos 16 minutos bate cruzado para dentro da área pequena, Chicão tenta tira e desvia para dentro do gol. A partir daí o jogo ficou truncado e o Braga marcava forte, fazendo muitas faltas.
Aos 37 minutos, ainda do primeiro tempo, Moacir recebe bola pela direta, cruza na cabeça de Jorge Henrique que entre os zagueiros toca para fazer o gol de empate.
No segundo tempo o jogo continuou com a mesma pegada, o time do Braga marcava forte e não dava chances ao Corinthians. O Corinthians tinha muitas dificuldades, pois não tendo um jogador de referencia na área e Jorge Henrique voltando para buscar a bola, ficava fácil para a defesa do time da casa. Sendo assim, números finais em Bragança Paulista, Bragantino um Corinthians também um. 

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

COPINHA CHEGA AS QUARTAS

São Paulo e Flamengo fizeram o clássico das oitavas de finais da copinha, em um jogo que para muitos o São Paulo era o favorito, melhor time da primeira fase em seu grupo enquanto o Flamengo se classificou pelo índice técnico. Mas na pratica foi outra coisa, o Flamengo entrou em campo com um meio campo bem montado, que impossibilitou as investidas do São Paulo, forçando muitas vezes a ligação direta, ligações essas que eram barradas pela zaga rubro-negra.

Quando o Mengão não estava com a bola, formavam-se duas linhas de quatro jogadores e quando estava com ela tocava pacientemente tentando abrir brechas na defesa Tricolor. Paciência essa que foi premiada aos 36 minutos do 2º tempo com o gol da classificação, marcado por Alex. Aos 46 minutos o time da capital paulista quase marca, em bola cruzada por Miranda, encontra Caio livre pela direta que bate no canto esquerdo do gol, mas o goleiro César faz uma ótima defesa, garantindo a classificação no tempo normal. Veja o gol no Vídeo acima.

Agora o time carioca enfrenta nas quartas o Coritiba, que passou pelo Atlético – PR, com o empate em 1 a 1, a classificação foi definida nos pênaltis, e o Coxa garantiu sua vaga ao vencer por 4 a 1.

No outro duelo de rivais o Bahia deixou pelo caminho o Vitória, mesmo o Vitória se classificando em primeiro de seu grupo e aparentemente tendo um time melhor não resistiu ao Bahia nas cobranças de pênaltis. Em jogo muito pegado, equilibrado e que se resumiu em jogadas pelo meio com poucas oportunidades de gol. No segundo tempo aos 19 minutos o jogador do Vitória, Cleiton, foi expulso, daí em diante só deu Bahia, mas com muitos erros de finalização não conseguia se aproveitar da superioridade numérica.

Quando ainda faltavam dois minutos para o final do tempo regulamentar, falta para o Bahia, bola alçada na área que sobra para Rafael empurrar para o fundo do gol. O arbitro dá quatro minutos de acréscimo e aos 49 minutos e 30 segundos, Adalto acerta um petardo e credencia uma confusão e muitas reclamações dos jogadores e comissão técnica do Tricolor baiano. Nos pênaltis o Bahia garante sua vaga e vai enfrentar o Santos na próxima fase.

O Santos garantiu sua vaga ao vencer Rio Preto por 2 a 1.  o Santos garantiu sua classificação ao abrir vantagem de 2 a 0 ainda no primeiro tempo, com gols de Kassio e Pedro Castro. Pois logo no inicio de 2º tempo o Santos ficaria com um jogador a menos, sendo necessário recuar um pouco o time para não tomar sufoco. Logo após a expulsão o Rio Claro sai do zero com Tiago, mas foi só, Santos classificado, 2; Rio Preto eliminado, nada.

Os outros jogos da próxima fase ficam por conta de: Desportivo Brasil, que venceu a Ponte Preta contra o PAEC, que venceu o Paulista de Jundiaí e Internacional, que derrotou o Nacional enfrenta o América Mineiro, que venceu o Fluminense.

JOGOS DAS QUARTAS DE FINAIS

Desportivo Brasil x PAEC
Coritiba x Flamengo

Internacional x América – MG
Santos x Bahia

PALPITE:

O Desportivo Brasil vence o PAEC e enfrentará o Flamengo.
Internacional vence o América e enfrentará o Bahia.

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

ZEBRAS A SOLTA NA SEGUNDA FASE DA COPINHA

A segunda fase da Copa São Paulo de Juniores foi marcada por zebras, muitas zebras, clubes considerados pequenos despacharam os considerados grandes.

Primeira zebra é aqui de São Paulo mesmo, Campinas para ser mais exato. A gloriosa macaca foi para cima do Grêmio e com um resultado magro passou para as oitavas.

Mesmo com a melhor campanha da primeira fase, o Corinthians jogou muito mal e o Desportivo Brasil se aproveitou e despachou o time da capital.

O Vasco parou diante do Paulista de Jundiaí e voltou para o Rio de Janeiro.

O galo, Atlético Mineiro empatou no tempo normal em 2 a 2 contra o Coritiba e nos pênaltis deixou escapar a oportunidade de ir as oitavas.

O Palmeiras perdeu de 2 a 0 para o vizinho da frente e viu a chance de seu primeiro titulo na copinha atravessar a avenida.

Portuguesa e Bahia fizeram um jogo de gente grande, mas como só um passaria para a próxima fase e, quem passou foi o Bahia, vencendo por 2 a 1.

Já São Paulo (confira os lances de São Paulo e Olé Brasil no vídeo acima), Internacional, Fluminense e Santos fizeram o dever de casa e estão na próxima fase.

JOGOS DAS OITAVAS DE FINAIS

Ponte Preta x Desportivo Brasil
Paulista x PAEC

Coritiba x Atlético – PR
São Paulo x Flamengo

Nacional – SP x Internacional
América – MG x Fluminense

Santos x Rio Preto
Vitória x Bahia

DESTAQUES

Os destaques ficam por conta de São Paulo que pega o Flamengo e o querido BA-VI. Bahia e Vitória vão se enfrentar em uma disputa de muita rivalidade e tradição.

São Paulo se classificou em primeiro lugar no grupo M com 100% de aproveitamento, fez 11 gols e sofreu apenas um. Já o Flamengo se classificou no índice técnico, pois ficou em segundo lugar em seu grupo K com 78% de aproveitamento, marcou 10 gols e sofreu apenas um. Na segunda fase o Tricolor passou fácil pelo modesto Olé Brasil, de contra partida, o Mengão teve pela frente o Cruzeiro, empate no tempo normal e nos pênaltis o time do Rio conquistou a vaga.

No BA-VI, grande clássico da parte de cima do mapa. O Bahia se classificou no índice técnico, com 67% de aproveitamento, marcou cinco gols e sofreu apenas um. O Vitória foi o melhor de seu grupo com 100% de aproveitamento, marcou seis e sofreu dois.

Para quem gosta da “Copinha”, grandes emoções.

domingo, 16 de janeiro de 2011

HOJE COMEÇA O PAULISTÃO PARA O TIMÃO

CORINTHIANS X PORTUGUESA
Pacaembú, às 17hs

Hoje tem Timão no Pacaembú enfrentando a Portuguesa de Dodô.

O último encontro dessas equipes foi em 13 de fevereiro de 2010, no Canindé, em jogo valido pela 6ª rodada do campeonato Paulista. As duas equipes foram escaladas assim para essa partida:

PORTUGESA: Fábio; Paulo Sérgio, Petro Costa, Domingos e Fabricio; Marcos Paulo, Marco Antônio, Heverton (Jaime) e Athirson (Glauber); Luis Ricardo e Luiz Carlos
Técnico: Vagner Benazzi

CORINTHIANS: Felipe; Alessandro, Leandro Castán, Willian e Roberto Carlos (Paulo André); Ralf, Elias, Tcheco e Edno (Jucilei); Jorge Henrique e Iarlei (Souza)
Técnico: Mano Menezes

O Corinthians saiu perdendo, Marco Antônio em cobrança de falta pela esquerda contou com uma falha grotesca do goleiro Felipe. Jogo equilibrado, o Corinthians contou com as investidas de Elias e Tcheco pelo meio e o apoio dos laterais, mas só conseguiu chegar a um tento aos 16 minutos do 2º tempo. Confira os lances no vídeo acima.

Prováveis escalações:

CORINTHIANS: Julio Cesar; Moacir, Chicão, Leandro Castán e Roberto Carlos; Ralf, Jucilei, Paulinho e Bruno Cesar; Dentinho e Ronaldo
Técnico: Tite

PORTUGUESA:  Juninho; Paulo Sérgio, Maurício, Domingos e Marcelo Cordeiro; Ademir Sopa, Ferdinando, Marco Antônio e Ivo; Heverton e Dodô
Técnico: Sérgio Guedes