quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

PALMEIRAS: VITÓRIA INDIGESTA

Palmeiras pressiona, joga mais e abre vantagem de dois gols, mas sofre gol aos 30 minutos do segundo tempo e será obrigado a receber o Comercial em jogo de volta. Jogadores do Comercial comemoram como se estivessem classificados. 

O time paulista logo no início da partida foi para cima dos donos da casa. Nos primeiro minutos só se ouvia falar em uma equipe no ataque, o Palmeiras e a outra se segurando na defesa, lutando para não sofrer gol e forçar o jogo de volta em São Paulo.

Para os jogadores do Comercial – PI não é somente o fato de uma possível classificação, mas com a vinda a São Paulo garantem praticamente um ano e meio de salários. Isso por que a folha salarial do time piauiense é de aproximadamente R$ 40 mil e com o jogo de volta vão arrecadar mais ou menos R$ 800 mil.

Deixa-me fazer um comentário:
- Gosto muito do sistema da Copa do Brasil, dos jogos mata-mata, pois acho que dá mais emoção ao torneio. Mas acho uma “sacanagem” o que fazem com os times de menos expressão. Os caras já dão o sangue para jogar essa Copa, quando tem a oportunidade, a CBF coloca essa regra: se perder por dois ou mais gols de diferença em casa está eliminado sem o jogo de volta. Essa regra é pura e simplesmente para beneficiar o clube grande, por que se não fosse, a CBF faria sorteios para definir onde seria o primeiro jogo. E outra coisa a renda integral da partida só fica para o mandante em caso de vitória ou em situação de não eliminação na primeira partida. Se o clube mandante for eliminado ficará com apenas 40% da renda os outros 60% vai para o visitante (Regulamento da Copa do Brasil: capítulo V no Artigo 18)

Voltando ao jogo.

O Palmeiras tinha mais volume de jogo, pressionava, acertou bola na trave, mas o gol teimava em não sair.

Nas últimas partidas o Palmeiras vem sofrendo muito com a pontaria de seus atacantes ou com bons goleiros que encontram pelo caminho. E nesse jogo não foi diferente, ora a trave impedia o gol, ora a falta de pontaria e ora o goleiro defendia.

O Verdão insistia muito em jogadas pelo lado direito, principalmente com o Mago Valdivia que armou muitas jogadas por ali. Diga-se de passagem, o Mago jogou muito bem nessa partida. Com tanta insistência o gol tinha que sair, e saiu pelo lado direito. Aos 30 minutos, bola roubada, boa troca de passes e ótimo cruzamento para Adriano só escorar para o gol.

Após o gol o Palmeiras continuou pressionando e criando muitas jogadas de perigo ao gol do Goleiro Neto, mas como vem acontecendo, errava de mais nas finalizações.

Antes de terminar o primeiro tempo o Comercial pela esquerda levou perigo ao gol de Bruno. A bola chutada ainda tocou no travessão antes de ir para fora.

Logo no início do segundo tempo o Palmeiras marca com Kleber “o Gladiador”.

Pronto, era isso que o Verdão precisava. Fazer dois e eliminar o jogo de volta, mas continuou abusando nos erros. E para não ajudar o goleirão Neto salvou em cabeçada de Kleber e o auxiliar marcou impedimento em uma chance clara de gol.

E mais uma vez o time de ASA ao adversário e tomou o golpe, dessa vez pelo alto.

Aos 30 minutos do segundo tempo, em cobrança de escanteio, Rafael sobe mais que a zaga e garante pelo menos um ano e meio de salários.

O erro de marcação fica claro quando observamos a área, contamos na imagem cinco jogadores piauienses e sete jogadores de verde.

O Palmeiras vem pagando caro pela ineficiência de seu ataque, pois se marcasse metade dos gols que tem chances, seria um dos melhores ataques do Paulista e teria eliminado o Comercial nesse jogo.

Contra o São Paulo isso tem que mudar, se não acontecerá o mesmo que aconteceu contra o Corinthians. Vai criar mais, porém vai sofrer gols, pois o Tricolor conta com um ataque muito rápido.

Mas vamos esperar para ver.

DECLARAÇÕES:

O goleiro Neto do Comercial diz: "A gente vai (para São Paulo) motivado."

Kleber do Palmeiras coloca a culpa no gramado.

O QUE VEM PELA FRENTE?
No próximo domingo às 16hs encara o Tricolor no Morumbi.

4 Comentários:

  1. Que eu saiba o gramado não joga futebol, não defende, não ataca. Pra mim, quem bota culpa no gramado é porque se sente atingido pelo que "vem de baixo". E tenho dito. hehehe. essa é pra vc verdinho.

    ResponderExcluir
  2. Esse time do Palmeiras é muito mediócre... Um jogo desse tem que golear... agora fica ando ASA a time pequeno... nem para perder o jogo de volta...

    Alexandre

    ResponderExcluir
  3. esse verdinho contra o Tricolaço do Morumbi não vai dar nem para o cheiro...

    vai Tricolor

    ResponderExcluir
  4. O Verdão gosta de fazer caridade, mas para os bambis não vai ter mole...

    vai ser goleada no Morumbiba...

    ResponderExcluir