quinta-feira, 29 de novembro de 2012

FELIPÃO VERSUS BRASIL, O BANCO...

E aí galera Apaixonada por Futebol!

A confirmação do técnico Felipe Scolari como o novo comandante de nossa seleção não me assustou, uma vez que esse fato era previsível, pelo menos eu aguardava apenas a oficialização. Fato que aconteceu hoje, exatamente seis dias após o desligamento de Mano Menezes do cargo. 
Mesmo estando desempregado, chegou com muito prestigio e deverá ter salário maior do que o antigo técnico que contava com R$ 350 mil por mês. Nada de R$ 700 mil, como recebia no Verdão, mas algo maior que as cifras do treinador que deixou uma equipe com dois títulos e em boas condições no nacional em 2010. Digo isso, por que vale lembrar que Felipão saiu do Verdão pelas portas do fundo e deixou o time na zona de rebaixamento e mesmo assim chegou prestigiado por histórico de uma década atrás.

Desde a conquista da Copa do Mundo de 2002, Felipão conquistou apenas dois títulos (Uzbeque em 2009 pelo Bunyodkor do Uzbequistão e a Copa do Brasil em 2012 pelo Palmeiras), situação que quebrou a excelente média de quase um troféu por ano desde 1981.

Voltando para o tema dessa postagem, quero deixar minha reprovação as declarações do Pentacampeão em sua apresentação ao se referir a classe de bancários, ao dizer: "Se não quer pressão, vai trabalhar no Banco do Brasil, senta no escritório e não faz nada."

Quando tomei conhecimento das palavras, tratei de lançar uma mensagem em minha pagina no Facebook. Lembrei de algo semelhante que aconteceu em 2006, quando, o então jogador do Timão, Marcelinho Carioca declarou: “quem não quer pressão que vá trabalhar em banco”.

Nas duas oportunidades os sindicatos e bancos trataram de se defender e criar um clima desagradável  que chegou a envolver a concorrência entre Bancos do Brasil e Itaú. O primeiro e citado na declaração de Felipão tratou de atacar indiretamente o patrocinador da seleção de futebol, ao lançar nota afirmando que "torce para que as grandes conquistas do vôlei brasileiro, patrocinado pelo BB há mais de 20 anos, inspirem o trabalho da Seleção".

Não tenho dúvidas que Felipão conseguirá transformar o aglomerado de (excelentes) jogadores em uma equipe competitiva, aguerrida, temida pelos adversário, vibrante, forte e campeã. Mas precisa tomar cuidado com suas declarações, ser polêmico não é sinal de eficiência, falar muito não é sinal de coerência. 

domingo, 25 de novembro de 2012

QUEM CAI? PORTUGUESA, BAHIA OU SPORT?

E aí galera Apaixonada por Futebol!

Além da briga para saber quem será o vice campeão Brasileiro, disputa que está entre Grêmio ou Atlético -MG, as atenções estarão voltadas para a parte debaixo da tabela para sabermos qual será o quarto time rebaixado para a segundona.

Com os empates entre Sport e Fluminense, Bahia e Náutico e a ótima vitória da Lusa sobre o Internacional, a vaga indesejada está totalmente aberta e fica para a última rodada.


Fluminense Campeão (confirmado); Grêmio, Atlético - MG e São Paulo na Libertadores (confirmados); Palmeiras, Figueirense e Atlético - GO rebaixados (confirmado). Agora só falta a queda do Sport, que acredito, acontecerá.

Para que isso não aconteça é necessário que o Sport vença o Náutico e Portuguesa e/ou Bahia não ganhem suas partidas diante de Ponte Preta e Atlético - GO, respectivamente.

O que você acha? Quem cai?

INCRÍVEL! FELIPE MELO PEGA PÊNALTI NO ÚLTIMO MINUTO!

O brasileiro Felipe Melo virou herói na Turquia neste sábado. No último lance da partida entre Galatasaray e Elazigspor, pelo campeonato turco, o volante virou goleiro após a expulsão do uruguaio Fernando Muslera, que cometeu pênalti aos 44 min do segundo tempo. Como o Galatasaray vencia por 1 a 0, só uma defesa salvaria a equipe. E Felipe Melo pulou para a direita para se consagrar, fazendo a defesa heróica.
Os companheiros de equipe praticamente ignoraram a bola e partiram para comemorar com o brasileiro, que vibrou bastante, e fez a comemoração de "pitbull", apelido pelo qual a torcida turca o chama.
O pênalti foi cobrado por Göksu. O Galatasaray, antes do pênalti, sofria pressão do Elazigspor, que com a derrota passou a ser o lanterna do campeonato.
A vitória do Galatasaray, com gol de Kurtulus, aos dois minutos do segundo tempo, deu à equipe a liderança da competição, ultrapassando o Antalyaspor que, também neste sábado, apenas empatou com o Bursaspor.
Fonte: Uol

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

FELIPÃO OU "PEP GUARDIOLA"? QUEM SERÁ O NOVO TÉCNICO DA SELEÇÃO?

E aí galera Apaixonada por Futebol!

Antes de começar a decorrer a ideia dessa postagem quero abrir um parenteses para agradecer a todos os seguidores do TOM DE BOLA pelo número expressivo que o blog alcançou nesse mês de novembro. No dia 20, conquistou a marca de 100.000 acessos. Esse número representa a credibilidade que o TOM DE BOLA vem passando aos seus seguidores ao longo desses 22 meses de existência.

Tirei alguns dias para descansar e fiquei sabendo da marca enquanto viajava. Deixei de opinar sobre tantos assuntos comuns e polêmicos que aconteceram essa semana: Superclássico, lista dos melhores sul-americanos, novo patrocínio do Timão etc, mesmo assim o número de acesso ganhou volume e mais que dobrou em relação ao primeiro ano. 

Obrigado!
Mano Menezes conseguiu permanecer mais tempo do que imaginei que ficaria no cargo. Logo após a derrota fatídica para o selecionado mexicano e a perda do Ouro Olímpico pensei que ali seria a queda desse excelente técnico (de clube).

Mas desde às 16h06 desse 23 de novembro, Mano não é mais técnico da seleção brasileira e o cargo ficará vago até o mês de janeiro quando será escolhido o novo comandante. Os nomes mais cotados para assumir o comando e tentar ajeitar o elenco para a Copa das Confederações e consequentemente o Mundial do Brasil são: Tite (Corinthians), Muricy (Santos), Felipão e, de última hora, o aparece o nome de Pep Guardiola (ambos sem clube).

O primeiro pediu que "Papai do céu lhe ajudasse", mas pelo jeito a diretoria do Timão não vai liberá-lo para essa missão. Algo que acredito seria inédito, dois técnicos em sequência saindo do mesmo time para dirigir a seleção. 

O segundo, Muricy Ramalho, jogou a responsabilidade para o clube e disse que o Santos que vai definir seu futuro em relação à Seleção. Não sai sem a permissão do Santos, seu contrato é até dezembro de 2013.

Os outros dois, sem clube, no momento são os nomes mais fortes em minha opinião para assumir o comando da amarelinha. 

Felipão construiu em apenas 24 partidas um currículo notável no comando da seleção, chamada de Família Scolari, venceu 18, empatou 1 e perdeu 5. A conquista do Mundial de 2002 veio com nada mais, nada menos que sete vitórias, campanha perfeita.

Não por apenas esses detalhes, mas por sua postura como técnico e profissional é, sem dúvidas, o nome mais forte para esse trabalho. Serão poucos amistosos para arrumar a equipe e dar um padrão de jogo e assim conquistar a Copa das Confederações. Competição que passou a ser necessidade e obrigatória ao grupo para dar confiança para o Mundial, principalmente por ser aqui no Brasil.

Josep Guardiola é um ótimo nome e declarou estar disposto a assumir a bronca, mas não acredito que a CBF faria algo fora dos padrões brasileiros, colocar técnico estrageiros para dirigir a nossa seleção com tantos técnicos bom em nosso reduto (sim, em 1965, o argentino Filpo Nuñez dirigiu as cores verde e amarela em uma partida - 3 x 0 Uruguai). 

O atual cenário aponta que Felipe Scolari será o técnico de nossa seleção na Copa das Confederações e do Mundo no Brasil.

E o que você acha?

domingo, 18 de novembro de 2012

O VERDÃO VOLTOU...

O Palmeiras, pela segunda vez em sua história, está rebaixado para a segunda divisão. Depois de semanas de calvário, com direito a confusões fora de campo e tropeços dentro dele, o time comandado por Gilson Kleina não tem mais chances de escapar da queda. Neste domingo, a equipe do Palestra Itália jogou suas últimas chances, empatou com o Flamengo por 1 a 1 e sofreu com Bahia e Portuguesa antes de receber a notícia fatídica dentro de um ônibus.

A combinação de resultados deixa o Palmeiras com 34 pontos na 18ª colocação. A Portuguesa, o primeiro time fora da zona da degola, tem 41, com apenas duas rodadas para o fim. Se o empate da Lusa diante do vice-líder Grêmio decretou a queda, esteve longe de ser o primeiro momento de drama do dia para o palmeirense.

A tragédia deste domingo começou em Volta Redonda, onde a equipe alviverde enfrentou o Flamengo e repetiu o roteiro das últimas rodadas. Mais uma vez, o Palmeiras mostrou certa qualidade, chegou a controlar o jogo, não soube definir o placar e saiu de campo sem a vitória.

A vantagem veio com o gol de Vinicius, aos 17 minutos do segundo tempo. Depois disso, Maikon Leite ainda teve duas chances de marcar e passou em branco. Vagner Love não perdoou os vacilos. O ex-palmeirense, que vinha mal no jogo até então, frustrou os torcedores que ainda sonhavam com uma recuperação ao marcar, aos 44 minutos, na saída de Bruno.

O resultado deixou jogadores e comissão técnica atordoados. Naquele momento, só uma derrota da Portuguesa no jogo das 19h30 salvaria o Palmeiras. Isso porque o Bahia, que também poderia ser alcançado pelo clube até o início da rodada, venceu a Ponte Preta por 1 a 0 e abriu nove pontos de vantagem.

Quando a Lusa entrou em campo, o elenco do Palmeiras já se preparava para embarcar em uma longa viagem de ônibus de Volta Redonda até São Paulo. Depois de um primeiro tempo equilibrado, a equipe do Canindé praticamente definiu a queda alviverde ao abrir 2 a 0 diante de um Grêmio que parecia não ter forças para reagir.

Se o sofrimento da queda não bastasse, o torcedor palmeirense ainda teve de conviver com uma última esperança frustrada. Com André Lima e Zé Roberto, o Grêmio empatou e ficou a um gol de dar uma sobrevida ao Palmeiras. Só que a vitória gaúcha não veio. Com isso, a equipe do Palestra Itália estará na Série B do ano que vem, repetindo a história de 2003, quando foi campeão do torneio justamente com Vagner Love, carrasco desta vez, como estrela do elenco.

Fonte: Uol

BRASIL HEPTA DO MUNDIAL DE FUTSAL 2012

Em 2004, o fixo Neto saía do Mundial de Taiwan como grande vilão, ao perder a última cobrança na decisão por pênaltis contra a Espanha. Oito anos depois, o jogador do Joinville virou a página com uma atuação brilhante e decisiva na grande final da mesma competição, marcando o gol do título a 19 segundos para o fim da prorrogação. Jogando contra a mesma equipe espanhola, o defensor balançou a rede duas vezes na vitória do Brasil por 3 a 2, neste domingo, no ginásio Huamark, em Bangcoc - Falcão completou o placar, com Torras e Aicardo fazendo os gols dos europeus. Pela sétima vez na história, o Brasil é campeão mundial de futsal, embora a Fifa só reconheça cinco destes títulos.Dona de duas Copas do Mundo (2000 e 2004), a Espanha amargou o quarto vice-campeonato para o Brasil, em cinco decisões contra os arquirrivais. Além de 2012, o país ibérico foi derrotado pelo Brasil nas decisões de 1985 (competição organizada pela extinta Fifusa), 1996 e 2008.
Espanha: Juanjo, Kike, Aicardo, Alemão e Fernandão. Entraram: Ortiz, Torras, Álvaro, Miguelin, Lozano, Borja e Lin. Técnico: Venancio López.
Brasil: Tiago, Neto, Gabriel, Simi e Fernandinho. Entraram: Ari, Rafael Rato, Vinicius, Jé, Falcão, Wilde e Rodrigo. Técnico: Marcos Sorato.
Fonte: globoesporte

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

ZOEIRA AO PALMEIRAS CONTINUA NAS REDES SOCIAIS

E aí galera Apaixonada por Futebol!

Acessar o facebook, twitter e as demais redes sociais para os palmeirenses nos últimos dias pode ser classificada como uma tarefa árdua, difícil e que os leva para um cenário de bullying. São imagens, mensagens e provocações que remetem ao retorno à serie B dez anos após a primeira queda. 

Os palmeirenses tentam rebater as provocações com imagens que representam o apoio incondicional ao time nessa situação incomoda e difícil. O Palmeiras entrará em campo no próximo domingo, diante do Flamengo e só a vitória interessa, o empate poderá apenas adiar a queda e a derrota será o carimbo de acesso para a segunda divisão.

Apesar de acreditar na queda palmeirense desde a 28ª rodada, quero deixar bem claro que não tenho nada a ver com as imagens representadas nessa postagem, todas foram colhidas da rede social Facebook.

As zueiras vão de atores internacionais (Dwayne Johnson) à recado ameaçador da torcida do Flamengo. Ameaça? Sim, mas essa ameaça é de rebaixamento. Confira!

terça-feira, 6 de novembro de 2012

MANUAL DE BONS MODOS PARA CORINTIANOS!

Os torcedores do Corinthians que forem ao Japão para o Mundial de Clubes precisarão se adaptar à cultura local para não ter problemas. O consulado-geral do Brasil em Tóquio disponibilizou em seu site um guia contendo diversas informações – várias delas bem curiosas – de como se comportar no Oriente durante a competição.

A primeira orientação é bastante clara: Não existe o “jeitinho brasileiro” no Japão. O texto diz que “o japonês é avesso a mal-entendidos, não tem atitudes violentas e não lança mão de artifícios para resolver problemas”. É proibido fumar nas ruas. 
Quem descumprir a lei pode ser multado.
CONFIRA ABAIXO UM RESUMO:

domingo, 4 de novembro de 2012

DECIDIDO: FLUMINENSE CAMPEÃO! QUEDA DO PALMEIRAS!

E aí galera Apaixonada por Futebol!

Ao final da trigésima quarta rodada do Campeonato Brasileiro 2012, acredito que o torneio esteja definido, de agora em diante não vejo possibilidade de alterações significativas na tabela. O empate de compadres tricolores e a derrota do Atlético - MG para o Coritiba "sacramentou" o título para os cariocas do Fluminense; o empate entre Palmeiras e Botafogo e a vitória baiana sobre a Portuguesa decretou (em minha opinião) a queda alviverde para a serie B.

O Tricolor das Laranjeiras depende de uma vitória e um empate (ou quatro empates) para enfim poder comemorar o título Brasileiro - aqui entre nós: já é campeão. O Galo mineiro que surpreendeu no início do torneio ainda torce timidamente, mas sabe que é impossível o Flu perder todos os jogos que lhe restam e ficará com o título de Galo Paraguaio! 

Já na parte debaixo da tabela, o Palmeiras agoniza e vê a serie B cada vez mais próximo. Durante a semana, os palmeirense tentaram mudar o foco e levantaram polêmica sobre o gol anulado de Barcos diante do Inter. Levaram o caso para o STJD e tentaram abafar a má fase com o "erro" do delegado da partida em um lance pontual.

Polêmicas deixadas de lado, o verdão entrou em campo disposto a mostrar um bom futebol e amenizar a crise que está enfiado. Tentativa vã! O Palmeiras se viu atrás no placar por duas ocasiões, mas Barcos (sempre ele) marcou duas vezes e empatou o jogo diante do Botafogo.

Alguns palmeirenses comemoraram, mas não há o que comemorar, o empate foi um resultado horrível. Na situação que se encontra o Palmeiras, empate é derrota e se vencer tem que torcer contra os concorrentes. Não basta apenas fazer sua parte, tem de fazer macumba ou mandinga para as demais equipes não vencerem. 

Mala-branca não funciona. Foram oferecidos R$ 150 mil ao elenco da Portuguesa para engrossar para cima do Bahia. Dinheiro jogado fora. Quando a fase é ruim, nada funciona.

Mesmo que o jogo contra o Inter seja anulado e tenha que ser jogado novamente, não acredito que o Palmeiras consiga resultado diferente.

E por ironia do destino ou não, a próxima partida poderá sacramentar matematicamente o título e o rebaixamento. Palmeiras e Fluminense se enfrentarão em Presidente Prudente e caso o Flu vence, comemora o título e afunda o Verdão.

Com isso, o torneio já está definido: Fluminense Campeão; Atlético - MG e Grêmio na Liberta; São Paulo na pré-libertadores e Sport, Palmeiras, Figueirense e Atlético - GO rebaixados.

Não concorda? Deixe um comentário!