quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

TORCIDA DO BOLÍVAR; EXEMPLO DE COMO SE DEVE TORCER!

E aí galera Apaixonada por Futebol!

Que o São Paulo se classificaria todos nós já sabíamos  Seria impossível o Bolívar tirar uma vantagem de cinco gols de diferença.

O jogo foi bom, muitos gols, o São Paulo marcou três e permitiu que os bolivianos marcassem quatro. Classificação garantida, duvida que fica no ar sobre o favoritismo do Tricolor no grupo três, mas o que chamou a atenção na partida foi a torcida da casa.

O jogo iniciou com uma goleada, pois o São Paulo levou na bagagem o resultado elástico que conquistou no Morumbi. Mesmo assim os apaixonados pelo Bolívar não deixou de empurrar a equipe, um minuto se quer. O Tricolor abriu três tentos de vantagem e mesmo assim os gritos de incentivo e motivação que vinham das arquibancadas eram muitos.

Se a festa era grande, imaginem quando o time da casa marcou o quarto gol e virou a partida? Os gritos de olé aparentavam que o São Paulo estava desclassificado. Mas não era isso e sim paixão incondicional de uma torcida que torce em qualquer circunstância.

Diante do episodio envolvendo mais uma vez a torcida do Palmeiras e um de seus jogadores, apresento o exemplo a esse torcedor. Isso é torcer de verdade!

Falando em torcida. Que susto a do Grêmio tomou no jogo contra a LDU. Na famosa avalanche, o alambrado do novo estádio quebrou e quase deu início a uma nova tragedia.

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

CHUPA, EUROPA!

E aí galera Apaixonada por Futebol!

O Brasil vive um momento de ouro no cenário mundial no que diz respeito a transferências futebolísticas. Hoje foi anunciado mais um não de um jogador para a Europa, quem não se lembra dos nãos de Neymar quando assediado pelos gigantes da Europa? Então, agora foi a vez de Paulinho recusar um suposto salário de aproximadamente US$ 3 milhões por ano. Sim, isso mesmo, recusou mais uma vez para ficar no Timão  e fazer história. Pelo menos até junho.
O Corinthians, totalmente financiado por sua torcida, foi o segundo time no mundo que mais tirou dinheiro do cofre para contratar para esta temporada. Dentre as contratações está a maior do futebol brasileiro, repatriou o jovem Alexandre Pato e para isso não economizou, desembolsou R$ 41 milhões. E mesmo com a folha salarial inchada, o departamento de futebol não mediu esforços para ficar com o volante.

O esforço da diretoria aliada a vontade de ficar do atleta facilitaram para espantar os urubus da Europa que vira e meche estão em nosso país rondando os nossos craques. Logo após o encerramento da Libertadores 2012, os mesmos representantes da Inter de Milão ofereceram altos valores para leva-lo para a Itália, mas não adiantou, pois Paulinho estava decidido a começar uma história com o Timão.

Essa nova postura dos jogadores brasileiros, fará com que a paixão pela seleção volte aos poucos. Acham estranho eu dizer isso? Mas é a mais pura verdade, chega de seleções compostas por jogadores que nem conhecemos, que não vimos jogar por que saíram do Brasil ainda desconhecidos. O torcedor gosta de ver a seleção quando está recheada de jogadores que marcaram de alguma forma em seu clube do coração.

Nossos jogadores precisam fazer história em nosso país, em algum clube nacional, para depois sair e ganhar a Europa.

Parabéns a Neymar e Paulinho pela escolha! Parabéns aos clubes que estão se empenhando para manter o nível de nosso futebol! Espero que virem exemplo para os demais.

domingo, 27 de janeiro de 2013

TOM DE BOLA ACOMPANHOU A FINAL DA COPA SOBERANO DE FUTSAL

E aí galera Apaixonada por Futebol, ou se preferir Futsal!

Neste domingo, mudei um pouco a minha rotina em busca de algo para escrever a vocês. Toda manhã de domingo, ligo a televisão e procuro informações sobre os clubes e assim tecer algum comentário para compartilhar com todos os amantes do futebol. Dessa vez foi diferente, convidado por Vagner, presidente da Liga Lons de Osasco, a assistir a final da Copa Soberano de Futsal, fui ao Centro Poliesportivo Domingos Piteri para acompanhar o tira-teima de 2012.
Quem foi o melhor de 2012? Pumas Futsal ou Unidos da Brilhante? Equipes amadoras da região norte de Osasco, mais precisamente, Jardim Mutinga. 

O que pude ver, juntamente ao grande público que se fez presente, foi uma organização impecável. Quarteto de arbitragem, delegado de partida, jogo iniciado no horário marcado, súmulas e, o principal, placar eletrônico.

O Pumas ganhou o direito de disputar essa final ao ser Campeão da Liga Lons de Futsal 2012; o Unidos da Brilhante se credenciou a disputa por ser o ganhador do Torneio Regional de Futsal 2012.

Em jogo de domínio amplo do Unidos da Brilhante e destaque para Alex que comandou a goleada por 8 a 0 e a conquista da Copa Soberano de Futsal 2013.

OPINIÃO:


Antes da partida conversando com alguns dos organizadores, perguntei quem seria o favorito para a partida. Sem exitar me responderam que o Unidos levava uma enorme vantagem sobre o Pumas. Essa superioridade foi provada em quadra, o Unidos tem uma equipe mais experiente e conta com a categoria de Alex e a experiencia de Ednelson que foi o grande responsável pelo fato da bola não ter chegado com muita frequência ao seu gol.

Alex é um jogado de toque refinado e com bom chute de longa distancia, marcou dois gols e em minha opinião foi o destaque da partida, apesar que o escolhido pelos organizadores ter sido o Ramon, camisa 10 do Pumas.

O maior responsável pelo sucesso do Unidos, segundo o técnico Paulo, é a união do grupo. "A nossa união é forte demais, não é a toa que o nome do time é Unidos", declarou ao final da partida.

O Pumas conta com jogadores novos e de pouca experiencia, mas é um grupo promissor. Acredito que tenha errado na forma de jogo quando seu treinador pensou em explorar as bolas longas, pois isso fez com que a equipe ficasse mal distribuída em quadra e permitindo contra ataques mais agudos do adversário que pegava sua defesa totalmente desarmada.

Parabéns ao Unidos da Brilhante Campeão da 1ª Copa Soberano de Futsal 2012!

VEJA COMO FOI O JOGO: Vira 4 e termina Campeão!

A entrada das equipes em quadra impressionou pela organização, ao estilo europeu. Primeiro entrou o quarteto de arbitragem com a bola, seguido pelos jogadores do Pumas e por último a equipe do Unidos da Brilhantes que trazia uma faixa agradecendo jogadores que já fizeram parte da história do time.

Times perfilados para execução do hino nacional, cumprimentos e escolha dos lados, tudo pronto para o início da partida entre os times Rubro-negros. Pumas de camisas pretas, calções e meiões vermelhos; Unidos de camisas vermelhas, calções e meiões pretos.

Os primeiros minutos da partida foram equilibrados, mas com jogadas mais agudas para o lado do Unidos que chegava com perigo nos pés de Alex (10) e Ednelson (6). Por duas oportunidades, o Unidos chegou com muito perigo e exigiu grandes defesas do goleirão do Pumas. 

A equipe do Pumas entrou em quadra buscando explorar as jogadas de bola em profundidade, uma vez que o seu técnico acreditava que o Unidos não conseguem marcar esse tipo de jogada. Por duas vezes quase que a jogada dá certo.

O Pumas foi encurralado em sua defesa e não teve como evitar o primeiro gol do Unidos que estava bem melhor na partida. O camisa 4, José da Silva, marcou e abriu o placar. O segundo não demorou muito a sair e foi em uma ótima jogada de triangulação que terminou com o arremate de Ednelson para o fundo do gol.

Os gols forçaram o técnico Bruno Henrique solicitar a primeira parada técnica para tentar devolver o foco a equipe que não conseguiu assimilar o golpe. O nervosismo era nítido e fácil identificar que a equipe estava desorientada. Tanto é que assim que a equipe entrou em quadra o camisa 3, Diego, levou cartão amarelo.

Na tentativa de sair jogando o goleiro Eduardo perdeu a bola e Alex do Unidos marcou o terceiro gol. Gol esse que já se fazia merecido. Do seu campo de defesa, encobrindo o goleiro, o camisa 10 marcou um golaço. A defesa do Pumas estava completamente perdida e em mais uma falha de marcação, o jogador Cleiton recebe nas costas de seu marcador e sem dificuldade nenhuma marca o quarto gol do jogo. 

Fim do primeiro tempo para alivio do técnico Bruno Henrique que estava desesperado na tentativa de arrumar seu time.

Na volta do segundo tempo, o Pumas esboçava uma reação. Encurtou os espaços, passou a valorizar a posse de bola e levou algum perigo ao gol do União. As jogadas eram mais agudas e dava alguma esperança ao técnico que passou a acreditar em uma reação.

Mas no futebol tem uma máxima que fez toda a diferença no início do segundo tempo: "Quem não faz, toma". Em bola perdida no meio da quadra o camisa 3, Diego, marcou o quinto gol de sua equipe e dificultou mais a vida do treinador que ficou desnorteado a beira da quadra. 

Aquela reação demostrada no reinicio do jogo foi apagada na marcação desse tento. A equipe baixou a cabeça como aconteceu no primeiro tempo e não encontrou mais o caminho para a tentativa de diminuir os estragos causado pela avalanche vermelha. 

O sexto gol saiu dos pés do jovem Renan, de 18 anos. Marcou um golaço acertando o angulo esquerdo do goleiro que não teve reação. Na comemoração, o jogador correu para o alambrado e homenageou seu pai com um beijo no rosto. 

Nesse momento, o tempo técnico serviu apenas para reunir a equipe, pois uma reação já estava fora de cogitação. A unica tentativa possível  faltando apenas 11 minutos para o final do jogo era diminuir o estrago. A busca agora era de um gol de honra.

Times voltam para a quadra e em mais uma bela jogada, onde a bola passa pelos pés de todos os jogadores de vermelho, Alex marca o seu segundo gol na partida e o sétimo do Unidos. 

O camisa 4 do Unidos, José da Silva, foi advertido de forma correta pelo arbitro Edson Volpato por utilizar de jogada de efeito para menosprezar o adversário, considerada atitude antidesportiva que poderia inflamar o adversário e causar uma confusão. O jogador subiu na bola e provocou o adversário. Atitude infantil do jogador, mas bem interpretada pelo arbitro.

Faltando faltando 38 segundos para o final da partida, Arley faz falta desleal e é expulso. Cronometro parado, início de confusão que logo é dispersa e as equipes voltam para o fim do jogo.

Caso encerrado, voltando a partida, a cronometrista esqueceu de soltar o tempo e o Unidos marcou mais um com Tiago. Esse foi o oitavo gol da partida, final de jogo e o Unidos tornou-se o Campeão da Copa Soberano.

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

MENINOS DA COPINHA! SANTOS BICAMPEÃO DA COPA SÃO PAULO 2013

A nova geração de talentos do Santos não decepcionou sua maior referência. Sob os olhares de Neymar no Pacaembu, o Santos venceu o Goiás por 3 a 1, na manhã desta sexta-feira, e conquistou seu segundo título da Copa São Paulo de futebol júnior.

A equipe da Baixada já havia vencido o torneio em 1984, ao superar o Corinthians. Ainda chegou à final outras duas vezes, mas perdeu.

Com um futebol rápido e envolvente, o Santos ainda contou com gol de um de seus nomes mais falados nesta semana, o atacante Neílton, que havia brilhado na semifinal, contra o Palmeiras, ao marcar três gols.

A estrela da base santista tem nome, estilo e característica parecida com o astro do clube. Depois de alguns jogos na reserva, começou como titular nesta sexta e anotou o segundo gol da equipe.

“Pretendo (jogar ao lado de Neymar), estou trabalhando para isso. Vou procurar me destacar ao máximo para que isso aconteça. Não só eu, mas todos os jogadores que disputarão essa final”, havia falado o atleta antes mesmo da final.

No entanto, a multa rescisória de Neílton é bem menor – cerca de 15 milhões de euros (cerca de R$ 40 milhões). Já Neymar elevou o valor de sua multa para 65 milhões de euros (aproximadamente R$ 177 milhões) após o último acordo assinado com o Santos.

"Não caiu a ficha ainda, é bom demais messe título. A equipe toda está de parabéns”, falou Neílton após a conquista.

Fonte: Uol Esportes

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

SÃO PAULO! QUE VENHA A FASE DE GRUPOS!

E aí galera Apaixonada por Futebol!

Catástrofe, tragedia, inusitado ou qualquer outra adversidade. Isso é o que pode tirar o São Paulo da fase de grupos da Libertadores. Após golear, por 5 a 0, o fraquíssimo Bolívar, não resta a menor duvida da passagem Tricolor para a disputa de mais uma competição Continental.
Após o péssimo resultado para os bolivianos, acredito que não vão querer ouvir falar tão cedo de viagem ao Brasil. As duas últimas visitas não deixaram boas marcas para o Bolívar

Em 2012, o Santos não tomou conhecimento da modesta equipe e aplicou um sonoro 8 a 0, diante da sua torcida, na Vila Belmiro, com direito a show de Neymar, Ganso e Elano. Cada um marcou dois gols na maior goleada da Copa Libertadores 2012.

Nesta noite de quarta-feira (23), foi a vez do São Paulo mostrar a superioridade e despachar a equipe de forma antecipa, pois não há condições dessa equipe reverter esse resultado mesmo contando com o apoio de sua torcida e com altitude.

O técnico Ney Franco "barrou" o Ganso para apostar numa formação com três atacantes. Aloísio foi o escolhido para atuar ao lado de Luis Fabiano e Osvaldo. Deu certo! E como deu certo.

Logo de cara, Osvaldo marcou um golaço. Em seguida, em bela jogada de Aloísio pela direito, atacante deu ótimo passe para Luis Fabiano marcar seu primeiro da noite. Antes do final da primeira etapa, Fabuloso mostrou por tem a confiança de Felipão, marcou o terceiro do Tricolor e seu segunda na partida.

Aos 14 e 17 minutos do segundo tempo, Jadson e Rogério Ceni (pênalti) marcaram, respectivamente, para acabar com qualquer possibilidade de reação boliviana e garantir a vaga. 

A partir daí, bastou administrar, Rogério Ceni ser exigido umas duas vezes e aguardar o final do jogo.

OPINIÃO:

Não precisa procurar substituto para Lucas, Osvaldo tem velocidade, habilidade e, melhor ainda, faro de gol. Em 48 jogos, marcou 12 gols, chegando assim a uma média de 1 gol a cada 4 jogos, mesma média de Lucas em 128 partidas pelo Tricolor.

Lúcio será o ponto de equilíbrio para a defesa Tricolor voltar a inspirar confiança. O xerife chegou!

Luiz Fabiano (o nome do jogo) provou porque será o atacante da Copa e tem a confiança de Felipão. Tem faro de gol, é matador e não desperdiça oportunidades. Mas ainda vai prejudicar varias vezes o São Paulo por conta de seu temperamento e indisciplina. A menos de um minuto do final da partida, fez um gesto infantil para o quarto arbitro e foi advertido com o cartão amarelo.

São Paulo entra na briga pelo título como favorito ao lado de Corinthians, Fluminense e Atlético - MG.

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

PAULO NOBRE É NOVO PRESIDENTE DO VERDÃO!

E aí galera Apaixonada por Futebol!

O Verdão conheceu nesta segunda-feira (21) o seu mais novo presidente. Paulo Nobre foi eleito e aos 44 anos terá a dura missão de recolocar o alviverde nos caminhos de sucesso e das conquistas de títulos.
Nobre disputou pela segunda vez e nessa oportunidade apareceu como o mais confiável e preparando para o cargo segundo opinião de 153 dos 259 conselheiros que votaram para definir o novo rumo palmeirense.

Arnaldo Tirone, ex-mandatário, deixa um clube mais desfigurado de quando assumiu, com o moral em baixa, sem a confiança dos torcedores, na segunda divisão e sem o principal produto, um elenco forte para as disputas que estão por vir ao longo do ano: Paulista, Libertadores da América, Brasileirão Serie B e Copa do Brasil.

Sem falar na parte financeira, deixa uma herança maldita estimada em 8 milhões em contas de dezembro que estão atrasadas.

O novo presidente fortalecido pelas promessas de profissionalizar os departamentos do clube e na busca de um manager, ao estilo europeu, para dirigir o futebol no inicio de seu mandato. Garante a permanecia de seu treinador, Gilson Kleina conta com o apoio da atual diretoria e a garantia de respaldo para a continuidade de seu trabalho.

Acredito que a maior disputa que o nobre Paulo encontrará pela frente é a dos interesses divididos. De um lado o patrocinador quer que o time priorize a Libertadores da América, de outro a torcida que anseia por um time competitivo e a grande necessidade de retornar à principal disputa do torneio nacional.

E aí, diante de tantas exigências, o que priorizar? Como tirar o Palmeiras de uma situação tão incomoda como essa?

A primeira etapa desse novo presidente é montar um elenco de peso e que traga confiança para a torcida. Os torcedores confiando na equipe é obvio que passarão a ir mais ao estádio e assim blindar o time com o apoio incondicional. Nesse primeiro momento deve-se esquecer de quaisquer outros planos, o maior dele se resume na montagem de um elenco forte. E deve ser logo, por que para o Palmeiras o tempo urge.

Aproveitando que o novo mandatário está com a motivação nas alturas é o momento ideal para um novo rumo na caminhada alviverde.

Avanti Palmeiras! O futebol precisa de você forte! Boa sorte à Paulo Nobre por que a caminhada é longa!

Conmebol notifica São Paulo e cobra explicações até esta quarta-feira

Tricolor corre para impedir que o Morumbi seja interditado por causa dos incidentes na decisão da Copa Sul-Americana, contra o Tigre
O São Paulo tem até quarta-feira para explicar à Conmebol os incidentes da partida contra o Tigre, da Argentina, dia 12 de dezembro, pelo segundo jogo da decisão da Copa Sul-Americana. O clube foi notificado pela entidade que controla o futebol no continente e corre risco de ser multado e até perder o mando de campo em partidas da Taça Libertadores.
A Conmebol se apegou a três artigos do regulamento da competição para dar início ao processo disciplinar: 9.2 (segurança), 15.2 (término antecipado da partida) e 15.3 (invasão do estádio). Depois da análise das provas do clube, um comitê julgará o caso. A equipe argentina também foi autuada.
A notícia sobre a possível suspensão do Morumbi começou a circular pelo clube no último sábado. O ex-presidente e atual conselheiro Carlos Miguel Aidar revelou que foi comunicado informalmente pela CBF de que o estádio estava suspenso provisoriamente.
A diretoria do São Paulo, porém, procurou a Conmebol nesta segunda-feira e recebeu a informação de que o clube poderia atuar no Morumbi, contra o Bolívar, quarta, às 22h (horário de Brasília), pela fase prévia da Libertadores. O Tricolor já havia iniciado a venda de ingressos e não poderia mudar o palco da partida.
Depois de se estranharem com jogadores do São Paulo na saída de campo, membros da delegação do Tigre alegaram que foram agredidos por seguranças paulistas nos vestiários e se recusaram a voltar para o segundo tempo. Os são-paulinos, que venciam por 2 a 0, foram declarados campeões.
Fonte: globoesporte

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

TOM DE BOLA: 2 ANOS DE MUITO FUTEBOL

E aí galera Apaixonada por Futebol!

No dia 15 de janeiro de 2011, o Tom de Bola entrou no meio de inúmeros blogs que buscam divulgar a paixão dos brasileiros pelo esporte bretão. O futebol ganhou um novo dia-a-dia na ótica de Clériston Mello. Que diante de inúmeros acontecimentos, buscou filtrar as melhores e apenas divulga-las em alguns momentos e, na maioria deles, explanar sua opinião.
Sempre buscando um contato mais direto com seus admiradores e seguidores, cuidando para não denegrir a imagem ou expor opiniões sem fundamento sobre qualquer time ou entidade, mas nunca faltando com a verdade e a clareza dos fatos.

Dois anos se passaram! O blog já mudou de banner, escudo, layout, entre outras coisas, mas não perdeu e nem mudou a maneira de conduzir suas informações e opiniões. Buscou o aprimoramento e novos recursos para se apresentar mais dinâmico e integrado com os admiradores.

A credibilidade conquistada junto aos amantes do futebol pode ser comprovada pelos números deste segundo ano que mostram o crescimento significativo dos acessos e a qualidade nos comentários deixados em cada nova postagem.

No primeiro ano, o Tom de Bola chegou a de 30 mil acessos, já nessa segunda etapa os números já ultrapassam os 90 mil, totalizando a marca expressiva de 120 mil acessos em dois anos de existência.

Os acessos continuam ultrapassando as fronteiras e conquistando público em diversos países, tais como: Estados Unidos da América, Rússia, Alemanha, Portugal, Suécia, Espanha, Inglaterra, Emirados Árabes Unidos, Holanda etc.

As parcerias se multiplicaram com o bom relacionamento com os outros blogueiros, pois sabemos que tem espaço para todos e podemos contribuir para o crescimento mutuo. Não vou citar nenhum, pois seria injustiça caso deixasse alguém de fora. Mas caso deseje conhecer os parceiros do Tom, basta verificar na barra ao lado.

O Tom de Bola agradece aos admiradores, seguidores e leitores que continuam a prestigiar todas as postagens e enriquecendo-as com seus comentários. Comentários e opiniões que dão todo requinte ao blog.

Mais uma vez, o idealizador Clériston Mello agradece, primeiramente, a sua maior torcida: sua linda Família! Deus acima de tudo! Pois todos sabem que nada é de grande valia se sua família não lhe apoia e acredita em seus projetos.

E a vocês que acreditam no projeto! Obrigado por prestigiar, divulgar e ajudar o Tom de Bola a crescer cada vez mais!

domingo, 13 de janeiro de 2013

MESSI NÃO É O MELHOR DO MUNDO?

TV ÁRABE DENUNCIA ERRO DA FIFA EM CONTAGEM DE DE VOTOS DA BOLA DE OURO
Thiago Silva e Tomas Rosicky teriam votado em Balotelli, mas seus votos foram computados para Messi, o vencedor, revela Al Jazeera

A rede de TV árabe "Al-Jazeera" denunciou neste sábado que houve irregularidades na votação para a Bola de Ouro da Fifa deste ano, vencida mais uma vez por Lionel Messi. De acordo com o veículo, Tomas Rosicky e Thiago Silva teriam votado no atacante italiano Balotelli mas a entidade máxima do futebol considerou que os votos de ambos foram para o argentino.


- Eu votei em Balotelli, mas a Fifa deu o meu voto a Messi - afirmou o tcheco Rosicky, que joga no Arsenal.
No mesmo sentido, o zagueiro da Seleção e do PSG também lamentou o fato.

- Dei o meu voto para Balotelli mas, de acordo com a Fifa, votei em Messi. É muito triste - revelou o brasileiro.

A versão da Fifa, no entanto, é diferente. Segundo a entidade, trata-se de "um rumor falso".

- Fomos avisados do que aconteceu em Itália e na República Tcheca. Fizemos as averiguações necessárias e podemos confirmar o que foi publicado depois da cerimônia da Bola de Ouro. Tudo é perfeitamente correto. Cada um é livre de interpretar o porquê de alguns não se lembrarem em quem votaram... - respondeu a Fifa, em comunicado.

Messi levou o prêmio com 41,6% dos votos. Cristiano Ronaldo recebeu 23,68% e Andrés Iniesta ficou com 10,91%

Fonte: lancenet

sábado, 12 de janeiro de 2013

Sem reforços, Kleina sofre até para fazer um coletivo no Verdão

Treinador está insatisfeito com a falta de reforços e critica a diretoria. Faltam opções para montar dois times e técnico vai ter de improvisar.

O técnico Gilson Kleina já tem trabalho no início da temporada no Palmeiras. Problemas não faltam: só dois reforços contratados e a diretoria tem dificuldade em trazer novos jogadores. Como resultado, o treinador não tem nem dois times completos para realizar um coletivo. E tal problema só faz crescer a irritação.

Sempre calmo e tranquilo, Kleina não elevou o tom de voz em nenhum momento da entrevista coletiva ontem de manhã, na Academia de Futebol. Mas a insatisfação estava clara. A bronca sobrou até para Valdivia, que se reapresentou atrasado.

O Verdão começou a pré-temporada com 24 atletas. O zagueiro Marcos Vinícius teve de ser chamado às pressas do time B. O problema é que o grupo é composto por quatro goleiros. Se não bastasse, o lateral-esquerdo Fernandinho e o meia Tiago Real se recuperam de lesão. Ou seja, apenas 20 jogadores estão à disposição para formar duas equipes.

Para piorar ainda mais, existe uma grande defasagem de peças em algumas posições. Enquanto seis atacantes e cinco volantes participam dos treinos, o treinador conta apenas com três zagueiros, um lateral-direito e outro lateral-esquerdo.

Assim, uma alternativa vai ser improvisar. O atacante Luan já se mostrou disposto a atuar na lateral esquerda caso seja necessário. Já Wendel pode ficar na direita.

– Quando começamos a fazer esse planejamento para 2013, para mim foi surpresa fazer muitas mudanças e não contratarmos quase ninguém. Fico muito feliz com Fernando Prass e Ayrton. Preciso enaltecer a entrega, o profissionalismo desse grupo. É enxuto, mas está fazendo tudo aquilo que foi programado. Entendemos que temos uma base muito boa – afirmou o comandante palmeirense.

– Quero enaltecer a qualidade dos jogadores que ficaram, mas o futebol atualmente precisa de elenco e reposição. Temos setores carentes, sem reposição. Temos o risco de iniciar essa temporada improvisando, e isso não é o correto – completou.

O Palmeiras sofreu com a falta de opções no fim do ano passado no Brasileirão. O resultado todo mundo sabe qual foi. Kleina não quer repetir isso. Mas precisa dos reforços.

PALAVRA DA DIRETORIA:
"Estamos trabalhando para trazer reforços. Temos o início do Paulista, com uma sequência de jogos a cada três, quatro dias. Tendo só dois zagueiros no elenco e com o início da Libertadores em fevereiro, é algo arriscado. É fundamental ter um revezamento. A gente espera trazer os jogadores o mais rapidamente possível", César Sampaio, gerente de futebol

PACIÊNCIA PERTO DO FIM:
Técnico fez lista com seis reforços
Logo após o rebaixamento, o LANCE!Net mostrou em 22 de novembro de 2012 que Gilson Kleina passou uma lista com seis nomes para a diretoria. Eram nomes “para chegar e jogar”. Ayrton, já contratado, não fazia parte dela. Quase dois meses dois, só Fernando Prass chegou ao Verdão. O técnico segue esperando para ter mais opções no grupo

Kleina cobra mais atitude da direção
No dia 3 de dezembro, o L!Net fez uma matéria mostrando que a paciência do treinador já não era das maiores. Kleina parecia repetir Luiz Felipe Scolari, ex-técnico do Verdão, no discurso de cobrança à diretoria. Pediu mais atitude nas contratações. E destacou a falta de dinheiro alertada pelos diretores. “Estamos fazendo contas”, afirmou..

Cabeça quente antes do Ano Novo
Em meio às férias, o L!Net falou em 27/12 com Kleina, que admitiu estar refazendo o planejamento por conta da falta dos reforços desejados. Com dois zagueiros, ele destacou a urgência no setor. “Vamos precisar de um pouco de paciência”, destacou no fim do ano. Na sexta-feira, em sua primeira entrevista coletiva de 2013, ele disparou de vez...

Fonte: lancenet

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Lucas esbanja vontade na estreia, mas PSG só empata com Ajaccio

O Paris Saint-Germain empatou com o Ajaccio por 0 a 0, na abertura da 20ª rodada do Campeonato Francês. O brasileiro Lucas, que começou como titular, teve uma estreia positiva, com boas jogadas e sendo um dos melhores em campo. Com o resultado, o time parisiense chegou aos 39 pontos, mas pode perder a liderança para Lyon e Olympique de Marselha, que jogam no fim de semana. O Ajaccio, por sua vez, está com 20 pontos e na momentânea 15ª colocação.

No outro jogo do dia, Saint-Étienne e Toulouse fizeram um duelo movimentado que terminou 2 a 2. Neste sábado cinco jogos dão seguimento a 20ª rodada do Campeonato Francês. Destaque para o Lyon, que pode se isolar na ponta caso vença o Troyes fora de casa.

O primeiro toque de Lucas na bola demorou menos de 40 segundos. E o brasileiro mostrou que não estava tímido, driblando com categoria e abrindo o jogo na direita para Jallet. Aliás, o ponto forte do meia foi sua paciência. Atuando pelo lado direito, ele foi se adaptando ao estilo de jogo parisiense. Por conta disso, passou alguns minutos sem tocar novamente na bola.

Com o desenrolar do duelo, porém, Lucas começou a se soltar. Em três oportunidades, fez sua jogada característica, aliando velocidade ao drible rápido. Além disso, se mostrou perigoso nas bolas paradas, cobrando escanteio na cabeça de Alex, que quase abriu o placar.

De uma maneira geral, o primeiro tempo de Lucas foi satisfatório. O PSG, por sua vez, pressionou o adversário quase do início ao fim e teve grande chance com Ibra, que furou feio após passe de Thiago Motta. No entanto, no fim da etapa inicial, o volante ítalo-brasileiro foi expulso após falta dura em Sammaritano.

Mesmo com um a menos, o PSG voltou novamente pressionando o adversário. Contudo, a equipe parisiense sofreu novo golpe: Thiago Silva deixou o campo machucado, com um problema na coxa esquerda. Com isso, Carlo Ancelotti, que já tinha colocado Chantôme no lugar de Pastore no intervalo, precisou queimar nova substituição.

Passada a perda do capitão, logo o PSG voltou a pressionar. A dupla Lucas e Alex voltou a funcionar. Em cruzamento preciso do meia, o zagueiro, novamente de cabeça, obrigou o goleiro Ochoa a fazer grande defesa. Pouco depois o brasileiro fez boa jogada individual e finalizou em cima do jogador do Ajaccio.

A blitz da equipe parisiense contiunou frenética. Em diversos lances a bola se ofereceu para ser concluída, mas a finalização acabava deixando a desejar, para alívio do Ajaccio.

No fim, Lucas sentiu cãibras e foi substituído. A torcida, reconhecendo sua atuação, gritou seu nome e aplaudiu muito o brasileiro. Apesar de não ter conseguido a vitória, o meia conseguiu seu primeiro resultado positivo pessoal na França.

Fonte: lancenet

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Após vencer sua quarta Bola de Ouro, Messi sente falta da Copa do Mundo entre suas conquistas

Nesta segunda-feira, ao vencer a Bola de Ouro da Fifa pela quarta vez em sua carreira, Lionel Messi se tornou o maior vencedor do prêmio na história. O argentino comemorou a conquista, mas admitiu que falta um título de Copa do Mundo em sua coleção.
"Falta a Copa do Mundo", disse o atacante do Barcelona, ao ser questionado pelos repórteres sobre o que ele ainda precisa ganhar na carreira.
Para chegar à conquista inédita, Messi confia na força da seleção argentina, que, segundo ele, está jogando cada vez melhor graças ao apoio dos torcedores.
"No ano passado, na Argentina, fui recebido de forma espetacular porque agora a torcida está com a seleção. Fazia tempo que essa química estava perdida e estou feliz por terminado tão bem 2012, ano em que praticamente vencemos todas as partidas", declarou o jogador. 
Fonte: Uol

sábado, 5 de janeiro de 2013

QUAL FOI O GOL MAIS IMPORTANTE DA HISTÓRIA CORINTIANA?

E aí galera Apaixonada por Futebol!

Na história corintiana existem cinco gols que considero os mais importantes. Gols que quebraram tabus, acabaram com filas angustiantes, trouxeram libertação, deu fim ao sofrimento e que, principalmente, trouxeram alegria a grande massa alvinegra. 

Primeiro vamos voltar quase 36 anos, exatamente no dia 13 de outubro, a torcida corintiana enche o Morumbi para ver aquele que seria o jogo da libertação, do fim do jejum de títulos, que já durava 22 anos, oito meses e seis dias.

Aos 36 minutos, Zé Maria bate uma falta pela direita. A bola percorre toda a pequena área e vai parar no pé de Vaguinho, que, de bico, chuta no travessão do goleiro Carlos. Na volta, ela quica no chão e sobe para Wladimir cabecear. Em cima da linha, Oscar, também de cabeça, salva. Mas no rebote, a bola sobra para o pé direito de Basílio. O meia, com toda a força, faz então o esperado gol. Festa no Morumbi.

Treze anos mais tarde, outro nome ficaria na história por marcar gol em final. O dia era 16 de dezembro de 1990, quando, mais uma vez no Morumbi, o Timão seria campeão com gol solitário. 

O time jogava pelo empate, pois vencera o jogo anterior. Mas com um time muito equilibrado, conseguiu ganhar outra vez do tricolor, com um gol (chorado) de Tupãzinho, aos 9 minutos do 2° tempo. O São Paulo pressionou, mas não conseguiu marcar. Final no Morumbi: 1 a 0 Timão. Corinthians não era mais um time regional. Com muita raça e mesmo sem muitas estrelas, aquela equipe havia entrado para a história alvinegra ao conquistar o primeiro titulo nacional.
Os anos passavam e o Corinthians era alfinetado pelos adversários por nunca haver conquistado um título continental. A tão sonhada Libertadores da América era perseguida, mas dificilmente era alcançada, parecia utopia pensar em Corinthians Campeão. Mas o ano de 2012 veio para acabar com a sina e Emerson Sheik foi o cara da final ao marcar duas vezes, quebrando o paradigma de gol solitário. Em 04 de julho de 2012. Enquanto os americanos comemoravam a sua independência, o Corinthians entrava em campo para conquistar o seu primeiro título da Libertadores.

A menos de um mês atrás, mais um gol foi marcado para ficar na história corintiana e dessa vez de um estrangeiro. Paolo Guerrero marcou o gol que deu o Bicampeonato Mundial de Clubes da FIFA para o Todo Poderoso Timão. No segundo tempo, o jogo seguiu equilibrado. Até que, aos 23 minutos, após chute de Danilo que para na zaga, a bola sobra livre para Guerrero cabecear para o fundo do gol de Cech. Delírio nas arquibancadas do "Pacaembu Oriental"! Festa em todo Brasil!

Agora é com você! Em sua opinião, qual foi o gol mais importante na história corintiana?

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

PATO DA FIEL!

Corinthians anuncia contratação do atacante Alexandre Pato

Timão compra 100% dos direitos econômicos do jogador pelo equivalente a R$ 40,5 milhões. Ele usará a camisa 7, que era do argentino Martínez

O Corinthians anunciou na tarde desta quinta-feira a contratação do atacante Alexandre Pato, do Milan. O jogador de 23 anos assinou por quatro temporadas e vestirá a camisa 7, que vinha sendo usada pelo argentino Martínez, ainda com futuro incerto no clube.


O Corinthians comprou 100% dos direitos econômicos por 15 milhões de euros (cerca de R$ 40,5 milhões). De acordo com um comunicado publicado no site oficial do Timão, o atacante abriu mão de luvas para defender o clube e ficou com 40% dos direitos. Ou seja: em uma futura venda, o Corinthians terá 60% dos direitos, e o jogador ficará com o restante.
Nos próximos dias, Pato passará por exames médicos. A data de apresentação do novo reforço alvinegro será confirmada em breve.
Uma das preocupações do Timão, no início do namoro com Pato, era com relação às seguidas lesões do atacante no Milan. O departamento médico do Corinthians se municiou de informações para chegar à conclusão de que pode recolocá-lo em alto nível. Chegou até mesmo a ouvir os médicos da CBF. 
As lesões foram os principais problemas de Pato no Milan. Desde 2007 no clube italiano, o atacante não conseguiu ter um bom rendimento nos últimos anos devido a questões principalmente musculares. Neste temporada (2012/2013 para os europeus), ele esteve em apenas sete de 25 jogos.

Em 2011/2012 foram 18 de 53 partidas. Já em 2010/2011, ele esteve em 33 de 50 partidas do Milan, enquanto em 2009/2010 participou de 30 de 48. Em 2008/2009, sua melhor temporada: 42 de 47. Em seu primeiro ano no Milan (2007/2008), Alexandre Pato fez 20 jogos em 27 possíveis. No total, foram 150 jogos e 63 gols pelo clube italiano. Na seleção brasileira principal, disputou 22 partidas e balançou as redes em nove oportunidades.
Revelado pelo Internacional, Pato  foi campeão do Mundial de Clubes da Fifa em 2006 e da Recopa Sul-Americana em 2007. Acabou sendo vendido para o Milan por 22 milhões de euros, o equivalente a R$ 56 milhões na época. Lá, conquistou um Campeonato Italiano (2010/11) e uma Supercopa da Itália (2011).
Pela seleção brasileira, foi campeão da Copa das Confederações (2009) e tem duas medalhas olímpicas – Bronze em Pequim-2008 e Prata em Londres-2012. Nas categorias de base, venceu o Sul-Americano Sub-20 (2007) e a Copa Sendai Sub-18 (2006).
Nas categorias de base da Seleção, o atacante entrou em campo 13 vezes em Olimpíadas e marcou três gols. Na Sub-20, fez 12 jogos e balançou as redes em oito oportunidades. Na Sub-18, foram quatro partidas e cinco tentos.
Ficha Técnica
Nome: Alexandre Rodrigues da Silva
Data de nascimento: 02/09/1989
Local: Pato Branco-PR
Altura: 1,79m
Peso: 78 Kg
Clubes que já defendeu: Internacional e Milan
Principais títulos: Campeonato Mundial de Clubes da FIFA (2006), Recopa Sul-Americana (2007), Campeonato Italiano (2010/11) e uma Supercopa da Itália (2011).
Fonte: Globoesporte

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

PATO E PINGA VOLTAM A SER DESTAQUE!

E aí galera Apaixonada por Futebol!

Espero que todos tenham aproveitado bem as festas de fim de ano e que o ano de 2013 seja repleto de realizações, sucesso e prosperidade.

O ano começou quente no cenário futebolístico e em meio a vários nomes e especulações, algo me chamou muito a atenção e não foi o fato de o Corinthians estar pagando uma nota preta por Alexandre Pato. Já achava um grande negócio, mesmo quando anunciado sob a condição de compra de 50% do passe, mas após Gilmar Veloz, empresário do jogador, afirmar que o Timão será o único dono de Pato pelos próximos 4 anos, passei a acreditar que o negocio é muito bom para ambas as partes.
Reprodução: http://www.internacional.com.br/pagina.php?modulo=2&setor=18&codigo=5028 de 07/06/07
O que saltou aos olhos foi a contratação de André Luciano da Silva, o vulgo Pinga, para compor o elenco que disputará apenas o Paulistão, pois seu contrato vai até maio deste ano, coincidência ou não, mês que termina o torneio regional. 

Pinga, para quem não se lembra foi destaque do Internacional no segundo jogo da final da Recopa de 2007, onde marcou gol e deu passe para outro (contra). Em manchete divulgada no site oficial do clube o título do texto é o seguinte: "PATO E PINGA BRILHARAM NA FINAL" Veja os melhores momentos da partida no vídeo abaixo.
Jogador de 31 anos, com passagem por Ceará, Vitória, Juventus (SP), Torino - ITA (2x), Siena - ITA, Treviso - ITA, Internacional, Al-Wahda - EAU, Al-Gharafa e agora chega ao Santos levando em sua bagagem apenas um título, o da Recopa de 2007. 

Depois de conquistar a Recopa pelo Internacional, diferente de Pato que ganhou o mundo, Pinga desapareceu ao ser transferido para clubes dos Emirados Árabes Unidos e agora volta a ser destaque. Alexandre possivelmente reforçará o Corinthians e chega como a grande contratação, Pinga chega como uma grande incógnita e poucos se lembram de sua trajetória profissional.

Antes de escrever esse texto, ouvia alguns programas de rádio em que o nome da contratação era colocado em debate. Muitos comentaristas consagrados não se lembravam e zombavam da contratação do Santos, alguns instigavam as torcidas adversárias a enviarem piadas com o nome do jogador. Tanto é que momentos depois, o meio-campista canhoto, enviou comunicado que quer ser chamado por seu nome de batismo: André Luciano.

Não estou aqui para zombar da contratação, pois até mesmo Alexandre Pato poderá ser um grande Mico, mas me pergunto por que uma diretoria contrata um jogador por tão pouco tempo? Caridade? Falta de dinheiro?

Todos sabemos que o Paulista será utilizado apenas para testes para os campeonatos maiores. Quando ele entrar em ritmo de jogo, o contrato acaba e terá que ir embora ou poderá se auto valorizar e o Santos desembolsar mais para mantê-lo no elenco.

E você o que acha das contratações de Corinthians e Santos?