domingo, 6 de fevereiro de 2011

PALMEIRAS PAGA O PATO

Com gol de Alessandro, Corinthians vence o Palmeiras e se mantém invicto no Paulista.
Confira os melhores momentos no vídeo abaixo.

Quem foi ao Pacaembu nesse domingo esperava ver uma vitória tranquila do Palmeiras, no entanto, só esqueceram de combinar com o Goleiro Júlio Cezar.
A equipe palmeirense começa o jogo demostrando que ia com tudo atras de sua sexta vitória consecutiva no Campeonato Paulista.
E logo aos dois minutos de jogo o Palmeiras faz otima jogada pela esquerda, a bola sobra para Kleber na entrada da grande area, ele toca para a chegada de Tinga, então começou a brilhar a estrela de Júlio Cezar que faz ótima defesa.
Mas o Corinthians tratou de responder e aos quetro minutos teve a primeira oportunidade clara de gol. Jucilei tabela com Edno e sai na cara do goleiro Marcos que faz bela defesa com a sola do pé.

Depois do susto o Palmeiras não deu mais chances ao Corinthians, imprimiu forte marcação, fechou os espaços, passou a tocar mais e com velocidade e teve várias chances claras de gol.

Aos 10 minutos Marcos Assunção cobra falta para dentro da areae no bate rebate a bola sobra para as mãos de Júlio Cezar.

Aos 20 minutos bola para Cicinho pela direita, o lateral com uma finta para a linha de fundo, passa por Leandro Cástan, chuta em diagonal, mas Júlio Cezar só olha a bola que sai para tiro de meta.

Aos 24 minutos falta pela esquerda, Marcos Assunção cruza na cabeça de Kleber que desvia, mas Júlio Cezar faz ótima defesa e espalma para escanteio.

Aos 25 minutos na cobrança do escanteio, a zaga corintiana tira, mas a bola volta para a area e pega dois palmeirenses cara a cara com Júlio Cezar, Mauricio Ramos chuta, Julio Cezar defende e no rebote mais uma vez Mauricio Ramos, com o gol aberto, chuta para fora.

Aos 28 minutos, bola lançada do campo de defesa para o ataque palmeirense, nas costas de Chicão, Kleber recebe e chuta, mas Júlio Cezar estava lá para segurar firme.

Trinta e um minutos, Marcos Assunção arrisca de fora da area e a bola passa com perigo sobre o travessão.

Aos 37 minutos em cobrança de falta para o Corinthians pela esquerda, Kleber que estava na barreira toca a mão na bola, penalty claro, mas o juiz nada marca.

O Palmeiras não dava trégua a defesa corintiana que se defendia como podia e contava com as grandes defesas de Júlio Cezar. Mais uma vez aos 46 minutos, boa saída de bola do time alviverde, bola tocada para Kleber que com um drible de letra tira Alessandro da jogada e chuta no contra pé, mas Júlio Cezar defende com o pé esquerdo.

Agora é a última vez que você vai ler sobre ataque palmeirense e defesa de Júlio Cezar...
No primeiro tempo, claro...

Quarenta e sete minutos, falta na entrada da grande area, Marcos Assunção para a bola, bela cobrança, mas Júlio Cesar faz defesa mais bela ainda e garante o 0 a 0 do primeiro tempo.

Ufá, acabou o primeiro tempo, vamos dar um pouco de descanso para a muralha.

MAIS ATAQUE PALMEIRENSE E A CONSAGRAÇÃO DE JÚLIO CESAR 

No início do segundo tempo o Palmeiras voltou imprimindo mais velocidade ao jogo e com menos de seis minutos de jogo já havia chegado com chances de gol por duas vezes com chutes de fora da grande area.

Dai então o jogo passou a ser mais de meio de campo com o Corinthians tocando a bola e o Palmeiras esperando para sair no contra ataque.

Chance de gol somente aos vinte e sete minutos e, mais uma vez para o Palmeiras. em jogada pela direita Tinga passa por Leandro Cástan, cruza, mas Kleber não consegue chegar para marcar o gol.

SÓ QUE ESSE JOGO FOI MARCADO PELO "MAS"

O Palmeiras criou muitas chances de gol e poderia ter saido do Pacaembu com um belo placar, "mas" aos trinta e sete veio a confirmação da frase: "quem não faz, toma".

E o Palmeiras tomou.

Tite tira Ramírez e coloca Morais.

Alessandro recebe a bola pela direita, toca para Morais pelo meio, passa, recebe de volta na cara de Marcos, chuta no canto e marca o gol para eliminar qualquer possibilidade de crise.

Na comemoração saiu para o lado da torcida palmeirense, erro, pois quase causou um tumulto.

Com o gol o Palmeiras foi para o tudo ou nada. Aos quarenta minutos Kleber recebe mais uma vez a bola na entrada da pequena area, chuta, mas Júlio Cezar defende e coloca para escanteio.

Aos 46 minutos Kleber, para não perder o costume, mais uma vez de cara para o gol, chuta e Júlio Cezar faz ótima defesa, a bola sobra no meio da grande area, Max cabeceia no travessão, mas volta nas mãos de Júlio Cezar que segurou firme a bola e a vitória.

Esse sem dúvida foi o jogo que marcará a vida desse goleiro , Júlio Cezar foi o nome do jogo e se firma como um dos melhores goleiros Paulistas.

O Palmeiras, também sem dúvida foi muito melhor, mas não contava com uma tarde iluminada de Júlio Cezar.

O nome Júlio Cezar aparece 18 vezes nessa matéria, sendo assim, não tem como contestar que o melhor jogador da partida foi...

O QUE VEM PELA FRENTE?
O Palmeiras recebe no Pacaembu no sábado o Americana.
Já o Corinthianas recebe no mesmo Pacambu, mas na quarta-feira, o Ituano.

4 Comentários:

  1. Tudo deu certo para o coringão. o goleiro pegou até pensamento. (duvido que ele tenha outra atuação como aquela)

    ganhar do palmeiras foi otimo para acalmar uma parte da torcida que vinha hostilizando os jogadores.

    abraços !

    ResponderExcluir
  2. A tarde não foi de São Marcos, mas sim de um novo santo o São Julio Cesar.
    Agora a equipe corinthiana precisa melhorar muito tecnicamente, mas pelo menos a vontade, a raça parece que voltaram, e foi com isso que muitas vezes o Corinthians se superou e venceu barreiras, quem sabe seja um novo recomeço

    http://tomdebola.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. ASSUNTO:PAGINA PAIXAO NÃO TEM IDADE
    ESSAS FOTOS DE CRIANÇAS SÃO LINDAS, PENA QUE SÃO DE TIMES RIVAIS.KKKKKKKKKKKKKKKK. ATÉ A MINHA FILHA É DE TIME RIVAL, ASSIM NÃO VALE.

    ResponderExcluir