domingo, 29 de abril de 2012

INÉDITO! Santos e Guarani farão a final do Paulista-12

E aí galera Apaixonada por Futebol!

Nem o melhor da fase de classificação, muito menos o segundo, a magia da equipe santista e o surpreendente Guarani decidirão quem é o melhor do Paulistão 2012. Final que nunca havia acontecido!

O time santista se classificou em terceiro lugar e o bugre foi o quarto melhor do Paulistão, mas na fase de mata-mata, as duas equipes apresentaram o fino da bola e despacharam Mogi Mirim, São Paulo, Palmeiras e Ponte Preta.

Acredito que todos já haviam previsto que o Santos seria facilmente um dos finalistas e esperavam apenas uma definição entre o trio de ferro. No entanto, os grandes decepcionaram e não conseguiram passar pelos obstáculos, deixaram a chance de parar e tirar a hegemonia do Santos no Paulistão para o Guarani.

Acompanhei todos os lances do clássico San-São e o que vimos foi um show do craque Neymar. Lucas até que tentou dividir as atenções com seu companheiro de seleção, mas o menino da Vila Sônia está muito longe de ser um craque, é um bom jogador.

Neymar driblou, provocou (com as bolas nos pés) e, o principal, marcou os três gols que deram a vitória e a chance do Santos fazer a trinca após 42 anos, pois a última vez que o Peixe conquistou o tri foi em 1969.

O São Paulo finalizou mais (7 a 5), levantou mais bolas (11 a 2), teve mais escanteios (4 a 0), e provou que quantidade não é qualidade. O Santos precisou de pouco tempo e poucos toques na bola. Cada um em sua especialidade. Adriano roubou a bola, Neymar clareou a jogada, Arouca avançou e tocou para Alan Kardec ser derrubado por um afobado Paulo Miranda, que manteve a regularidade de falhas da primeira fase. De azul, de pênalti, aos três minutos, Neymar fez o 118º da carreira, somando gols por Santos e Seleção Brasileira, 100º com a camisa branca do time praiano.

Os são paulinos deixaram muitos espaços para os meninos chegarem ao gol e mais uma vez, Neymar, em bela jogada, na frente de Denis e de canhota marcou o segundo.

O terceiro gol sofrido pelo São Paulo provou que abril foi o mês negro para os goleiros. Denis aceitou mais um chute de Neymar. As mãos fraquejaram no chute do craque.

O jogo nos rendeu outras emoções: gol do Santos anulado (corretamente); gol de Willian José (impedido); expulsão de Cicero, após falta sobre Neymar (justo); mas o cara do jogo foi Neymar.

Hoje, sem duvida, não existe jogador que se equipare ao craque brasileiro. Ver Messi e Cristiano Ronaldo em ação é muito bom, mas é gratificante saber que há em nosso país um jogador que pode (e deve) bater de frente a esses craques na eleição do melhor do mundo.

quarta-feira, 25 de abril de 2012

ESTRADA PARA CASA! Gols de Real Madrid 2 x 1 Bayer de Munique


Foi dramático e na base do coração. Mas o Bayern de Munique vai realizar o sonho de fazer a final da Liga dos Campeões em sua casa no dia 19 de maio. Após Cristiano Ronaldo e Kaká perderem pênaltis, a equipe conseguiu a vaga sobre o Real Madrid em jogo dramático, após a derrota por 2 a 1 no tempo regulamentar, em pleno Santiago Bernabéu.
O goleiro Neuer se tornou o herói da partida. Em dia inspirado, pegou as cobranças das estrelas merengues. Casillas também teve bom desempenho ao impedir o gol de Lahm e Kroos, mas o erro de Sérgio Ramos, que mandou para fora na última cobrança, deu a vaga aos alemães. Dessa forma, o Bayern conseguiu 3 a 1 nas penalidades com gols de Alaba, Mario Gómez e Schweinsteiger. Apenas Xabi Alonso converteu para os madrilenhos. (Fonte: Uol)

terça-feira, 24 de abril de 2012

ACABOU O REINADO? Gols de Barcelona 2 x 2 Chelsea

Há anos o Barcelona amedronta adversários, quebra recordes e já foi considerado até a melhor equipe de todos os tempos. Mas nesta terça-feira mostrou que também é passível de falhas, inseguranças e sente a pressão. Com um golaço de Ramires, o Chelsea aproveitou o nervosismo rival e o pênalti perdido por Lionel Messi para avançar à final da Liga dos Campeões com o empate por 2 a 2, no Camp Nou.

Messi foi mais uma vez o personagem principais de mais esse capitulo da história do Barcelona, na primeira partida perdeu a bola no meio campo que resultou no gol da vitória do Chelsea. Hoje desperdiçou a cobrança de pênalti.

Não há time imbatível!

domingo, 22 de abril de 2012

PEQUENO? QUEM É PEQUENO AGORA?

E aí galera Apaixonada por Futebol!

Os resultados dos jogos entre Corinthians e Ponte Preta e Guarani contra o Palmeiras vem para calar a boca de críticos de futebol que passaram a primeira fase criticando e falando que os "pequenos" não tinham futebol para bater de frente aos grandes.

O que se viu no Pacaembu e no Brinco de Ouro da Princesa prova que no futebol não há mais time bobo e todos que chegam a uma fase em que se decide em apenas um jogo tem as mesmas chances que os ditos grandes.

O Corinthians foi a campo com ares de classificação antecipada, mas esqueceram de avisar a Ponte Preta que não era para engrossar para cima do favorito ao título. Com isso a Macaca aprontou para cima do time frio e equilibrado e que dificilmente sofria gols. 


Julio Cesar com duas falhas foi o destaque negativo da partida. Primeiro, ele errou o tempo de bola no gol de falta de Willian Magrão. Depois, ao cobrar tiro de meta, chutou a bola nas costas de Leandro Castán e permitiu o gol de Rodrigo Pimpão. Falhas fatais para a eliminação.

Pelo lado ponte-pretano, tenho que destacar a maneira que o técnico Gilson Kleina armou seu time e amarrou as ações do Timão que no primeiro tempo não fez nada. Com uma marcação individual, os jogadores campineiros tiravam todas as possibilidades do Timão criar ou chegar próximo ao gol para tentar a marcação de um tento. 

O atacante Roger também foi destaque. Oportunista e isolado no ataque, deu trabalho à defesa do Corinthians. Marcou o segundo gol ao se antecipar ao zagueiro Leandro Castán.

Com a missão de marcar cumprida, o gol era uma questão de tempo e no primeiro tempo saíram dois o que deu tranquilidade para administrar no segundo tempo.

Mesmo a Ponte diminuindo o ritmo, o Timão não conseguia chegar e só foi marcar o primeiro gol após a terceira substituição. Willian entrou e marcou, dando folego ao Timão.

Em mais um contragolpe, a Ponte fez o seu terceiro gol na partida, com Rodrigo Pimpão, que acabará de entrar. Ele chutou na saída atabalhoada de Julio Cesar, fazendo 3 a 1. Logo na saída de bola, o Corinthians voltou a sonha com a semi. Alex marcou. Castan virou atacante, mas não impediu a derrota para a Ponte.

A Libertadores da América não é mais ambição e sim OBRIGAÇÃO!

Os palmeirenses comemoraram a eliminação de seu arquirrival, mas a alegria durou pouco, pois o outro "pequeno" de Campinas aprontou e desclassificou o Verdão.

O time da Capital entrou em campo sob certa desconfiança, pois nos últimos jogos não vinha apresentando o futebol que lhe rendeu o favoritismo ao título no início do ano.

Com um primeiro tempo truncado e de pouco futebol, com ligeira vantagem palmeirense, os times foram para o vestiarios sem movimentar o placar.

No primeiro tempo o Palmeiras mostrou que corrigiu os problemas que o fizeram sair derrotado na primeira fase e até fez o suficiente para dominar o jogo, no segundo, o time voltou a falhar na bola aérea e na marcação pelas laterais. O resultado é a eliminação do time de Luiz Felipe Scolari, que agora só tem a Copa do Brasil para se preocupar até o início do Campeonato Brasileiro. 

Podemos destacar dois nomes pelo lado verde de Campinas. Fumagalli, dono da bola parada, o jogador levava perigo em todas as suas intervenções. Ele ainda fez gol olímpico. Fabinho Souza, o jogador aparecia em todas as jogadas do Guarani de ataque e marcou dois gols na vitória.

Pelo lado verde da Capital, não poderia ser diferente do Timão que teve seu goleiro como destaque negativo. Deola tomou o gol olímpico e ainda falhou na hora em que o Palmeiras buscava o empate.

Agora o Verdão tem a Copa do Brasil para salvar o primeiro semestre.


Os "grandes" Guarani e Ponte Preta farão o derby de Campinas na semi-final.

sábado, 21 de abril de 2012

VEJA OS GOLS DO SUPER JOGO: BARCELONA 1 x 2 REAL MADRID

E aí galera Apaixonada por Futebol!

O Real Madrid deu um passo importante rumo ao título do Campeonato Espanhol. E que passo. Neste sábado, os merengues venceram o Barcelona por 2 a 1, no Camp Nou, e abriram sete pontos de vantagem para os arquirrivais, a quatro rodadas do fim da competição. Na era Pep Guardiola, os "Galácticos" ainda não tinham vencido o adversário na Catalunha
Os gols do triunfo merengue foram marcados por Khedira, após falha de Puyol, e Cristiano Ronaldo. Alexis Sánchez balançou a rede para o Barcelona. Veja os gols no vídeo abaixo.
Lionel Messi não jogou bem e pouco fez. Com o resultado, o Real chegou aos 88 pontos, deixando o rival com 81. Na próxima rodada, a equipe de Mourinho recebe o Sevilla, no Bernabéu. O Barça terá pela frente o Rayo Vallecano, fora de casa. (Fonte: globo.com)
E aí? Será que é o início de uma provável crise na Cataluña? No meio de semana, o time do Barça não possou pelo ferrolho do Chelsea e foi vencido graças a uma bola perdida por Lionel Messi no meio campo. E agora mais uma derrota que custará o título Espanhol, pois se distância sete pontos do Real Madrid. 
Pela Liga dos Campeões a coisa ficou complicada, mas nada está totalmente perdido. Ao Barcelona, vencer por dois ou mais de vantagem é a saída, já que a repetição do 1 a 0 leva o confronto para a prorrogação e, em caso de nova igualdade, disputa de pênaltis. Quem se classificar no duelo vai a Munique no dia 19 de maio decidir o título com o vencedor de Real Madrid e Bayern.

sexta-feira, 20 de abril de 2012

MILTON NEVES SE RENDE: "Corinthians, campeão da Libertadores!"

E aí galera Apaixonada por Futebol!

Quem nunca viu a perseguição de Milton Neves ao nosso Timão? Com frases que causam um tremendo burburinho entre as discussões pós rodada. Quem nunca ouviu no Terceiro Tempo da Band o folclórico Milton Neves dizer que o Timão havia vencido qualquer partida com ajuda do "apito amigo"?

No entanto, devido as últimas apresentações do Timão e após um 6 x 0 sobre o Deportivo Táchira, pela Libertadores, essa perseguição se transformou em preocupação. Isso por que está vendo no Corinthians o possível campeão da Libertadores 2012.

Não por menos, o Timão apresentou uma postura irrepreensível diante do time venezuelano que não aspirava mais nada no torneio, mas o time de Parque São Jorge mostrou muita disposição para construir sua maior vitória na temporada, garantindo o primeiro lugar do Grupo 6. Diante disso, Milton Neves postou em seu blog e declarou que o Coringão já é o Campeão da Libertadores. Acompanhe abaixo o texto na integra.

Está aí uma manchete que me desagrada.
Adoro provocar o Osmar de Oliveira, o Neto e 36, 22% da torcida de futebol do estado de São Paulo.
Mas isso será uma pena.
Com o Timão campeão da Libertadores a coisa perderá bastante da graça com o fim desse tabu corintiano que vem desde 1960.
“Eles” jamais ganharam a Libertadores mesmo sendo os biônicos campeões mundiais de 2000.
Mas creio firmemente que esse espinho já foi tirado de toda chuteira corintiana e da garganta dos fiéis torcedores do time do Parque São Jorge.
O técnico Tite é bom e está em grande fase, a melhor de sua carreira.
O time é o atual campeão brasileiro, vem ganhando quase tudo em 2012 e sem seu fantástico apito amigo.
A Fiel Torcida anda calma, centrada, paciente e não está afogando e pressionando o elenco.
O que ajuda também é o favoritismo do Santos que está escondendo a volúpia corintiana e jogando a responsabilidade mais para a Vila Belmiro.
Assim, amigos são-paulinos, palmeirenses e santistas, vamos nos conformar.
Os mais chatos e mais malas torcedores de futebol do mundo ficarão, em semanas, mais insuportáveis ainda.
Infelizmente o Corinthians ganhou a Copa Santander Libertadores da América de 2012!!!
Lamento muito, mas isso já ocorreu.
E eu vou morar no doce Afeganistão.
Mas vamos nos unir em pensamento contra, a partir destas modestas, sinceras e secantes linhas, para que tão tenebroso acontecimento não se concretize.
Serei o mais infeliz dos homens.
De qualquer forma, boa sorte e parabéns Timão, Campeão da Libertadores-2012.
Mas o Emelec está numa faaaaseeeeeee…
E aí? O Milton Neves tem razão? Deixe seu comentário.

terça-feira, 17 de abril de 2012

"PCC" ESTÁ COM O PEIXE E O TRICOLOR

E aí galera Apaixonada por Futebol!

Estava a procura de algo interessante para escrever para vocês e encontrei no Jornal da Tarde uma publicação do grande Paulo Cézar Caju (PCC) que fez parte da geração de ouro do futebol brasileiro nos anos 60 e 70. Foi tri-campeão do mundo pela Seleção Brasileira, no México, e de clubes pelo Grêmio, em 1983. Jogou na França, nos quatro grandes do Rio e no Corinthians. Sem ser saudosista, exige o resgate do futebol brasileiro jogado com arte, alegria e vontade de ganhar sempre. Despreza retranqueiros e botinudos.

Por conta do trabalho e das aulas na faculdade, não estou conseguindo parar para escrever e expor minha opinião, com isso, me vejo na obrigação de dividir com vocês o que acho de interessante. Essa foi mais uma matéria que achei e espero que gostem também. Boa leitura!

Demorou, mas acabou a chatíssima fase de classificação do Campeonato Paulista. Três meses e 19 rodadas para definir os quatro times que acompanhariam os grandes nas quartas de final é mais tempo do que o bom senso recomenda e também mais do que a paciência do torcedor suporta. A esperança é de que a partir de agora tenhamos um pouco de emoção e jogos de nível técnico melhor.
Os corintianos e palmeirenses que me desculpem, mas declaro de peito aberto que vou torcer para o título ficar com Santos ou São Paulo. O motivo? São os dois times que jogam um futebol um pouco mais solto e têm mais recursos ofensivos.
O Santos me encantava nos tempos de Pelé e companhia, e agora que completou 100 anos me encanta com o talento das duas últimas crias de sua fábrica de craques: o endiabrado Neymar e o elegante Ganso. As jogadas que esses dois fazem dão vida ao esquema rígido do Muricy, que sempre foi um treinador que privilegiou a marcação. Os dribles do Neymar abrem espaço na frente, e os toques do Ganso iluminam o jogo no meio de campo.
O São Paulo melhorou muito este ano. Não é a oitava maravilha do mundo, mas pelo menos entra em campo com meias e atacantes de boa qualidade técnica e procura o gol. Jadson, Cícero, Lucas, Luís Fabiano e Fernandinho sabem jogar. E o Leão tem o mérito de não ficar enchendo o meio de campo de brucutus.
O Corinthians é campeão brasileiro, terminou a fase de classificação em primeiro e deve acabar a primeira fase da Libertadores como líder do seu grupo, mas não consegue me empolgar. Para muitos é o retrato da tal da “eficiência”, mas para mim não passa de um estilo (?) de jogo sem a menor graça.  O time se defende bem, leva poucos gols e não deixa o adversário jogar. Mas quando tem a bola joga pouco. É mais suor do que criatividade, uma equipe muito quadradinha para o meu gosto.
O Palmeiras é sem dúvida o pior dos quatro. A atuação ridícula no empate contra o Comercial mostrou a limitação do time de Felipão. Jogou 40 minutos com dois a mais e só conseguiu fazer gol em chuveirinhos. E ainda ficam reclamando que o juiz anulou um gol legítimo… – também nascido de chuveirinho, para não perder o costume. Com a bola no chão, o time não faz uma tabela e raramente consegue envolver a marcação. E o Felipão não abre mão de seus três volantes que são incapazes de ajudar na criação.
O torcedor palmeirense merecia um time melhor e um técnico de ideias mais arejadas.

domingo, 15 de abril de 2012

TIMÃO NO RUMO CERTO!

E aí galera Apaixonada por Futebol!

Enquanto os titulares descansavam para a Taça Libertadores, os reservas deram ao Corinthians a liderança do Campeonato Paulista. Na última rodada da primeira fase, o Timão B ignorou a força da Ponte Preta em Campinas e venceu por 2 a 1, no estádio Moisés Lucarelli, terminando a primeira fase na ponta. O adversário nas quartas de final será a própria Macaca, no próximo fim de semana, no Pacaembu - a Federação Paulista divulga a data na terça-feira.
Os corintianos já estão ficando mal acostumados, o time é líder na Libertadores e na tarde deste domingo conquistou a liderança do Paulistão. Sem contar a liderança que rendeu o título do BRA-11, sendo assim, faz um bom tempo que os corintianos não sabem o que é ser segundo colocado ao final de um torneio ou fase classificatória.


O Timão contou com a incompetência do rival São Paulo para chegar ao topo da tabela. O Tricolor perdeu por 2 a 1 para o Linense, em Lins, e permitiu que o Alvinegro assumisse o posto justamente na partida final. 

Hoje com os reservas que ignoraram o poder da Macaca, que jogava em seus domínios, e foram logo mostrando que podem ser titulares de qualquer equipe do futebol paulista e quem sabe nacional. A postura era de time titular e foram logo para o ataque. No primeiro tempo, o goleiro Danilo Fernandez só passou por um susto em cabeçada que passou rente a sua trave direita.

Chicão, o eterno capitão e único titular em campo, fez uma ótima partida, se antecipava muito bem as jogadas, com ótimos passes que armavam bons contra-ataques e, em pênalti que não existiu, marcou e abriu o placar. 

Welder também fez boa partida e com ótimas chegadas ao ataque foi premiado com a marcação do segundo, em lance que mostrou oportunismo para marcar no rebote do goleirão. Douglas voltou a apresentar segurança, confiança e deu bons passes, voltou a ser bom articulador. Vitor Junior mostra-se pronto para ser relacionado para a Libertadores da América. Jogou bem, mas pecou em alguns lances que poderia simplificar e preferiu dar um toque a mais.  

Esses são alguns destaques da partida. Só que em todo jogo temos alguém que não rende o esperado e hoje, acredito que Ramon ficou devendo. O capitão interino, estava nervoso e errando passes que não costuma errar.


Após a marcação do segundo gol, o Timão afrouxou a marcação e a Macaca passou a pressionar. O Timão conseguiu conter os avanços, mas aos 45min, o árbitro deu pênalti de Willian Arão em Maranhão, convertido por Renato Cajá.


No gol sofrido pelo Timão, pontuo a inexperiência de Willian Arão, mas o moleque tem credito.

Com o jogo praticamente decidido, a expectativa ficou por conta da estreia de Zizao com a camisa do Corinthians. Tite aumentou ainda mais a dúvida sobre a entrada. De trás de um dos gols, Zizao viu o treinador colocar Giovani e Felipe, restando apenas uma troca. O sonho do asiático acabou aos 42, quando o técnico chamou Matheus para entrar.

A vitória foi uma resposta silenciosa para Luis Fabiano que no meio de semana brincou sobre chegada conjunta com Corinthians: "a gente sempre está em 1º"

Instigado pelos repórteres que estavam no aeroporto, Emerson Sheik deu uma resposta em tom de brincadeira e disse: “Eles chegaram na frente né [no desembarque]. Por enquanto eles estão na frente, vamos ver até quando. Se eles bobearem, talvez cheguem depois”.

O Timão terminou com 46 pontos, enquanto o o São Paulo estacionou nos 43 e ficou em segundo lugar.

quinta-feira, 12 de abril de 2012

LUIS FABIANO SE ESPECIALIZA

E aí galera Apaixonada por Futebol!

Ontem o São Paulo conquistou mais uma vitória importante na caminhada rumo ao retorno para a Libertadores da América. A vítima dessa vez foi o Bahia de Feira, surpreendido dentro de seus domínios por uma goleada sonora. No duelo dos Tricolores, o paulista goleou pelo placar de 5 a 2. Com o placar superior a dois gols, o jogo de volta não será necessário.

Até ai tudo bem, pois o São Paulo é mais time e tinha por obrigação a vitória e a eliminação do jogo de volta. No entanto, o Tricolor paulista vive uma fase em que a arbitragem anda dando algumas mãozinhas para que essas vitórias se tornem mais fáceis.

Foi assim contra o modesto Independente do Pará, no dia 07/03, que abriu o marcador com Tiago Floriano, mas o auxiliar Sergio Campelo Gomes, de maneira totalmente equivocada, anulou o lance, alegando impedimento do meio-campista, que não aconteceu. Favorecido, o Tricolor achou um gol, com Cicero, e permitiu que a decisão ficasse para o jogo de volta, onde goleou por 4 a 0.

E não foi apenas contra os pequenos não! O poderoso Santos também foi prejudicado e é onde começa a história desta postagem. Dia 18/03, Estádio do Morumbi, jogo favorável ao Santos, pois jogava com um a mais, no entanto, não contava com grande partida de Lucas e do arbitro, sr. Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza, que assinalou um pênalti não existente sobre Luis Fabiano. 

No lance é nítido que Rafael, goleiro do Santos, não toca e Luis Fabiano salta, iludindo o arbitro. Isso sem falar no lance do gol da virada, em que Lucas está impedido. Cortez chuta, a bola bateu na trave e voltou para o meia, que estava em posição irregular, empurrar para o gol. A arbitragem ignorou e o Tricolor comemorou a vitória no jogaço do Morumbi.

E na noite dessa última quarta-feira, a vítima foi o coitado Bahia de Feira que almejava voos mais altos na competição. Atual campeão baiano, vai a campo com a missão de perder de placar minimo e ter a possibilidade de viajar para a capital paulista. Só que eles não contavam com mais uma mãozinha à favor do Tricolor.

Logo no início da partida, a arbitragem já dá indícios que seria favorável aos paulistas. Em jogada manjada dos tricolores, bola alçada na área, Rhodolfo, em posição duvidosa, sobe mais alto que a zaga e marca o primeiro. Tudo bem, esse lance é difícil, mas estava impedido.

Aos 35min do primeiro tempo, aconteceu a jogada mais polêmica da partida. Luis Fabiano recebeu lançamento, fintou o goleiro Dionatan, saltou, mais uma vez e o árbitro, sr. Marcos André Gomes da Penha, assinalou pênalti e expulsou o arqueiro do Bahia de Feira.

Como disse: mais uma vez o árbitro foi enganado por essa malandragem do "Maurren Maggi" do futebol. Não é possível que os árbitros não assistam aos jogos anteriores da equipe para saber como se portam alguns jogadores. Se esse senhor tivesse visto o jogo entre São Paulo e Santos, não teria marcado mais esse pênalti, pois saberia que Luis Fabiano e saltador. 

Sei que as chances do Bahia de Feira eliminar o São Paulo eram remotas, mas o pênalti, a expulsão foram fatores determinantes para essa goleada que sofreu o time baiano. 

Outra coisa, já está virando rotina o apito amigo à favor do São Paulo!

terça-feira, 10 de abril de 2012

CONFIRA OS GOLS DE BARCELONA 4 x 0 GETAFE

E aí galera Apaixonada por Futebol!

A locomotiva chamada Barcelona engrenou de vez. E parece não haver um time que não seja o Real Madrid capaz de pará-la. Nesta terça-feira, os catalães atropelaram o Getafe em mais um jogo tranquilo, por 4 a 0, no Camp Nou, e alcançaram a 10ª vitória consecutiva no Campeonato Espanhol, em jogo válido pela 33ª rodada, colocando ainda maior pressão no líder e arquirrival Real Madrid, agora um ponto à frente na tabela de classificação. Confira os gols no vídeo abaixo.

domingo, 8 de abril de 2012

TIMÃO 1 x 0 PAULISTA

E aí galera Apaixonada por Futebol!


A Falta de tempo está me deixando em maus lenções, não estou conseguindo assistir aos jogos e me vejo na situação de transmitir postagens de outros blogueiros e jornalistas. Hoje a matéria é de um jornalista muito conhecido e polemico, Mauro Beting escreveu em sua pagina no Lancenet e estou compartilhando com vocês. Boa Leitura!
Vitória de Libertadores do Corinthians. Vontade e aplicação desde o início, e gol no fim de Willian. Merecia mais que o 1 a 0, mas teve tranquilidade em campo e na arquibancada para mais uma vez fazer o dever de casa.
Tite trocou novamente os nomes, mas manteve os números táticos que são os mesmos desde Mano: um 4-2-3-1 com meias que se mexem bem. E que, aos 30 minutos, quase sempre mudam de lugar. Willian começou pela esquerda e teve duas das três chances corintianas no primeiro tempo. 
Ramirez iniciou aberto pela direita e foi caindo pelo meio, trocando de função com Danilo. Os primeiros 10 minutos foram corintianos. Os 10 minutos seguintes foram do Paulista. Os 25 restantes foram iguais. Luiz Carlos Martins prendeu um pouco mais Bruno Formigoni e fechou mais o meio-campo, liberando Dener e Chiquinho para encontrar a velocidade de Richely. O Paulista acabou chegando mais, enquanto o Corinthians errava passes e perdia força.
No segundo tempo, Tite voltou com Willian pela esquerda para cima de Samuel Xavier, avançou Danilo por dentro para encostar em Liedson, soltou um pouco mais Paulinho e os laterais. O Paulista não manteve a mesma força na marcação e, a rigor, só foi ter uma chance depois de levar o gol de Willian, aos 34 do segundo tempo, em belo cruzamento-passe de Fábio Santos no primeiro pau para o atacante marcar seu terceiro gol de cabeça pelo Corinthians em dois anos.
O Timão só não fez mais nas 11 chances que teve em 90 minutos pela ótima atuação de Wagner, mais uma boa revelação de goleiro lançada pelo Paulista nos últimos 10 anos. Mas não suficiente para segurar um Corinthians eficiente e que, desta vez, merecia mais que o placar magro no Pacaembu. A oitava vitória por um a zero em 2012.

quinta-feira, 5 de abril de 2012

SEM TIMÃO, SEM PONTO NO IBOPE

Pela primeira vez neste ano, a Globo transmitiu uma partida da Copa Santander Libertadores para São Paulo sem o Corinthians. A emissora exibiu na última quarta-feira a partida entre Internacional e Santos, ainda pela fase de grupos do torneio. O Ibope esteve acima da média para o horário, mas abaixo do que é apresentado pelo rival.
Danilo comemora o gol que garantiu a vitória contra o Cruz Azul, no Pacaembu
Com o Santos, a Globo teve o pior Ibope com a Libertadores neste ano: foram 22 pontos de média. Até então, o pior índice havia sido com a terceira partida do Corinthians, contra o Cruz Azul. Na ocasião, a emissora conseguiu 23 pontos de média. O melhor índice foi na estreia do clube do Parque São Jorge, com 27 pontos.

Ainda que não tenha alcançado o Corinthians, o Santos entra nas melhores audiências da Globo neste ano com o esporte. Dos cinco melhores índices neste ano, todos são da Copa Santander Libertadores. Em sequência, aparecem os clássicos Corinthians x São Paulo e Corinthians x Palmeiras pela Paulistão Chevrolet, com 20 pontos de média.

Já a Bandeirantes optou mais uma vez por fazer a transmissão da Copa Kia do Brasil no mesmo horário. Os resultados, no entanto, não foram altos. Com a partida entre Horizonte-CE e Palmeiras, a emissora ficou com apenas três pontos de audiência. Esse foi o pior Ibope do canal registrado na quarta-feira à noite com um clube paulista neste ano.

Cada ponto no Ibope é equivalente a 58.300 domicílios sintonizados. Os dados da medição consideram apenas a audiência de São Paulo, região de referência para o mercado publicitário.


Título original: Sem Corinthians, Globo perde Ibope na Libertadores
Escrito por: Duda Lopes

domingo, 1 de abril de 2012

LIEDSON VOLTOU E O TIMÃO GOLEOU

E aí galera Apaixonada por Futebol!

Não é mentira não! Muito menos sarcasmo com a fase que Liedson e o Timão viviam. O Levezinho não marcava a exatos 13 jogos e o Timão não vencia com diferença de mais de dois gols desde 09 de outubro de 2011, quando, pelo BRA-11, venceu o Atlético - GO pelo placar de 3 a 0.
Divulgação: Site Oficial do Timão
Liedson andava cabisbaixo e triste pelos 13 jogos sem marcar, mas não perdeu a motivação. Calibrava o pé sozinho nos treinos, e nos jogos aparecia na marcação, nos contra-ataque e buscava incessantemente o gol. No dia da mentira, o esforço foi recompensado. Com uma grande atuação coroada com dois gols e uma assistência, o atacante comandou a vitória do Corinthians por 3 a 0 sobre o Oeste, em Presidente Prudente.

Hoje foi o dia de desencantar, Liedson comandou o Timão e levou o time a mais uma vitória no ano. Precisou que o Timão ficasse com um jogador a mais para a qualidade do grupo se tornar em gols, pois as oportunidades já existiam aos montes. 

O técnico Tite bancou o jogador e mesmo diante da má fase não o barrou, bateu de frente a varias opiniões contrarias as suas escalações. Essa confiança foi recompensada com dois gols e o passe para o outro, marcado por Willian, jogador contestado nas últimas partidas e preterido na última partida valida pela Libertadores.

Durante a partida era nitida a impressão que todos jogavam por Liedson e Liedson jogava por todos. Quando a bola se aproximava da área, os jogadores logo procuravam Liedson para ver se estava em condições de marcar. Já o Levezinho, mesmo em condições de marcar, procurava alguém que pudesse servir e deixa-lo em condições de balançar as redes.

No primeiro gol, Liedson foi oportunista, aproveitou de uma bola chutada com força por Emerson e só empurrou para as redes. O segundo do Timão não foi dele, mas pela jogada, 70% do gol tem de ser colocado em sua conta. Roubou a bola no meio-campo, avançou e deixou Willian em ótimas condições para marcar. O terceiro foi o gol do coletivo, Willian tocou para Ramirez, o meia de primeira coloca Liedson na cara do gol. O atacante não perdoou e marcou o seu segundo gol e deu números finais a partida. Oeste 0 x 3 Corinthians.


Além da ótima e decisiva atuação de Liedson, temos que destacar o coletivo da equipe de Parque São Jorge. Edenilson acredito que não perca mais a vaga na lateral para Alessandro, pois o que em apresentando é incrível. Emerson não pode ser deixado no banco de reservas, é diferenciado e pela esquerda jogando ao lado de Fábio Santos, formam uma dupla muito forte. 


E Willian deu outra cara ao jogo quando entrou na vaga de Douglas, que não vem apresentando um bom futebol. Isso mostra que o time não precisa nomear uma camisa 10, pois o grupo é muito bom.

Na próxima rodada, penúltima da primeira fase da competição, o Corinthians recebe o Paulista no Pacaembu, às 16h do domingo. Já o Oeste encara o Bragantino, no Nabi Abi Chedid, às 18h30 do próximo sábado.