domingo, 27 de novembro de 2011

FICA PARA PRÓXIMA!

Será que não poderia ser menos sofrido, menos dramático e com uma rodada de antecedência? Não! Por que o time que estamos falando se chama Corinthians e para o corintiano nada é fácil. 

E nesse domingo tivemos mais um capitulo da dramática vida dessa torcida fiel. O estádio Orlando Scarpelli estava lotado e torcedores do Figueira e do Timão dividiam o mesmo espaço nas arquibancadas. Os donos da casa esperavam uma vitória para manter viva a esperança de disputar a Libertadores da América de 2012 e os visitantes queriam a vitória para se aproximar cada vez mais do título Brasileiro.

Jorginho, técnico do Figueira, já havia avisado que o Corinthians não comemoraria o titulo em seus domínios e se comprometeu que sua equipe se esforçaria ao máximo para tirar pontos do time Paulista. O Timão precisava fazer sua parte, e fez, porém o Vasco também fez a parte dele, venceu o Fluminense em outro jogo dramático.

O Figueirense começa o jogo melhor e no primeiro tempo levou perigo, com raridade, ao gol corintiano. Em um dos lances acertou a trave de Julio Cesar e arrancou suspiros das torcidas. A torcida visitante suspirou de alivio e a da casa de decepção, pois estiveram perto do gol.

O Corinthians mais uma vez só melhorou no segundo tempo com a entrada de Alex que deu mais movimentação e toque de bola. Danilo mais uma vez não foi bem e comprometeu a evolução da equipe em campo. Nos últimos jogo, Tite tem acertado nas substituições, mas acredito que se ele começar com uma equipe mais ofensiva, tirando o Danilo, não precisara sofrer e queimar substituições.

No jogo anterior aconteceu a mesma coisa, quando perdia o jogo, precisou queimar substituições que já eram anunciadas. Danilo foi o culpado do gol diante do Galo e logo em seguida deu lugar para a entrada de Alex.

Não sei se posso considerar sorte, mas na próxima rodada o Timão não será regido pelo maestro Danilo. Será que é motivo de comemoração?

Alex entrou e modificou o jogo e com uma linda jogada pela esquerda, colocou a bola na cabeça de Liedson. O atacante fez boa movimentação dentro da área e recebeu a bola em ótimas condições para marcar e decretar a vitória corintiana.

Até ai tudo normal, mas é Corinthians, lembra? 

Fim de jogo em Floripa. No Engenhão, o Vasco empatava com o Fluminense, mas o juiz dá cinco minutos de acréscimo, Bernardo dá uma sorte e Diego Cavalieri dá o rebote.

Com o gol do Vasco, o Timão permaneceu na ponta do campeonato, mas o que Jorginho disse, se cumpriu: "O Corinthians não vai comemorar o titulo aqui". Mas a vitória deixa o Corinthians na mesma situação, depende de apenas um empate diante do Palmeiras para ficar com o Pentacampeonato. Com o gol do Vasco, a decisão do campeonato FICOU PARA PRÓXIMA RODADA!

Confesso que sou fã dos torneios com o sistema mata-mata, acho que tem mais emoção. E agora, estou criando uma nova visão depois dos últimos três Brasileiros (2009, 2010 e 2011). Antes só tinha a referencia dos campeonatos europeus, que conta com algumas forças e não dão espaços para zebras ou outras equipes. E isso deixa uma campeonato polarizado em dois no máximo três equipes.

Já o "nosso" campeonato é muito emocionante e muito disputado. Nas primeiras rodadas, vimos um São Paulo arrasador, o Corinthians assumiu a liderança e a trocou algumas vezes com o Vasco e agora tivemos o Fluminense que numa arrancada maravilhosa deu trabalho no segundo turno.

O titulo só ficou polarizado para duas equipes para a última rodada, quando Corinthians e Vasco se destacaram dos demais.

E agora? Será que o Palmeiras vai estragar a festa do Timão? Deixe seu cometário!

domingo, 20 de novembro de 2011

TIMÃO LÍDER IMPERIAL

E ai galera Apaixonada por Futebol!!

Quem pensou que seria fácil, que não ia ter sofrimento e que o Timão passaria sem dificuldades pelo Galo Mineiro, se enganou. Mais uma vez, como aconteceu no primeiro turno, o jogo foi suado, difícil e o Timão saiu perdendo, mas virou. 

O Timão entrou em campo pressionado, pois a vitória Vascaina no dia anterior havia tirado a liderança dos paulistas e a vitória era obrigação para voltar a liderar.

O Atlético - MG veio com a intensão de sair do Pacaembu pelo menos com um empate e para isso o técnico Cuca armou uma gaiola para prender os meias do Timão. Deixava os zagueiros livres para tocar a bola, mas quando eram procurados os meias não os encontravam, pois estavam presos na marcação.

Paulinho era uma das alternativas de jogadas e muitas e muitas vezes vimos as tentativas com as jogadas na ponta com o jogador Willian. Não por acaso que a primeira grande chances saiu de seus pés, em bola chutada da entrada da grande área que passou a esquerda de Renan Ribeiro.

O primeiro tempo foi marcado pelo número execício de faltas, faltas cometidas pelo galo e quem levou o primeiro amarelo da partida foi o corintiano Alessandro. O arbitro não teve critério e foi rigoroso ao aplicar o amarelo no corintiano. Enfatizo esse lance, pois foi motivo de protesto pelo lado mineiro, por que mais tarde (no segundo tempo) Alessandro voltaria a fazer falta, que mereceria amarelo e o arbitro não o expulsaria.

No segundo tempo, quando Danilo perdeu a bola e deu início a jogada que sairia o gol do galo, Tite já preparava a sua substituição por Alex. Após o gol sofrido a situação ficou insustentável e a torcida engrossou o coro para que ele saísse, pois bem, Alex em campo e o Timão em desvantagem. 

A torcida fiel como sempre, mesmo perdendo, não deixou de apoiar a equipe. Essa é a grande diferença do Timão, a torcida.

O Corinthians melhorou com a entrada de Alex, passou a pressionar e exigir ótimas defesas do goleiro Renan Ribeiro. Em minha opinião, Alex não deveria ter começado no banco, mas em campo, pois é um jogador mais ágil e habilidoso que Danilo.

A pressão era grande, mas precisava de algo mais, isso por que o Atlético se defendia com todos os jogadores em seu campo de defesa e qualquer situação era motivo de cera, motivo de rolar no chão gastando o tempo. 

O algo mais entraria em campo aos 22 minutos. Adriano entra no lugar de Willian. Confesso que protestei junto aos corintianos que lotavam o Pacaembu. Como assim? Tirar o único cara que levava perigo ao gol dos mineiros! Por que Tite?

Com dois atacantes de área o poder de fogo seria maior. E as duas substituições começaram a surtir efeito aos 32 minutos, com o gol do rei do Pacaembu. Liedson de cabeça, após ótimo cruzamento de Alessandro. No lance, vemos a importância de mais um atacante como o Adriano. O Imperador puxa a marcação de dois zagueiros e é onde que o Levezinho sai nas costas do terceiro zagueiro para marcar.

A coisa voltou a ficar boa para o Timão, pois o empate colocava o time de paulista na liderança do BRA.

Os critérios estão tão desiguais em relação ao Corinthians e as demais equipes que no momento da substituição de André por Neto Berola, o jogador a ser substituído saiu de campo numa lentidão escancarada. No entanto, o arbitro não tomou nenhuma atitude, não aplicou o amarelo no jogador. Muito dirão que é normal, mas se vocês não lembra vou recordar: Corinthians e Grêmio no Pacaembu, 33 minutos do segundo tempo, Edenilson ia ser substituído, fez cera, levou o segundo amarelo e foi expulso. Mas como a situação é inversa, melhor ficar na boa e não criar caso.

A cera proposta pelo Atlético - MG foi anulada aos 44 minutos, quando em bola roubada na defesa, Sheik avança, cruza o meio campo em velocidade e toca para Adriano. O atacante invade a área para dar seu primeiro chute e marcar o seu primeiro gol com a camisa do Timão. Gol que quebrou um jejum de 17 meses do craque e deixa o Corinthians mais próximo do título.

Ao termino da partida, todos os jogadores fizeram questão de cumprimentar e abrasar o Imperador Adriano, que transformou o Pacaembu num verdadeiro coliseu. Não bastece isso, a torcida ovacionou de pé ao Imperador da Republica. 

Na próxima rodada o Corinthians vai ao Oralndo Scarpelli encarar o Figueirense. Vencendo e Vasco e Fluminense ficarem no empate, o Corinthians é campeão.

Será que vai ser fácil?

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

O QUE ROLOU NA 35ª E VISÕES PARA A 36ª RODADA

Ufa! Chegamos! Chegamos a reta final do Campeonato Brasileiro Edição 2011. Faltam apenas três rodadas para que conheçamos o campeão, quem vai para a Libertadores, quem vai para a Sulamericana e quem serão rebaixados.

Já foram jogadas 350 partidas, marcados 939 gols, com média de 2,68 gols por jogo. Na briga pelo titulo podemos considerar que estão: Corinthians (64), Vasco (62) e Fluminense (59). A espera de um milagre contra o rebaixamento: Atlético – PR, Ceará, América e Avaí. Os que correm risco de rebaixamento: Palmeiras, Atlético – MG, Bahia e Cruzeiro.

A minha visão em relação ao último pelotão é: “Cruzeiro é a equipe que mais corre risco de ser puxado pelo buraco negro do rebaixamento. Se não tomar cuidado o Atlético – PR passa por cima e deixa o time mineiro com o prejuízo e a obrigação de se explicar com a sua torcida”.

“TÁ CHEGANDO A HORA”: O Corinthians deu um grande passo para um time que deseja ser campeão de um torneio logo e difícil como o Campeonato Brasileiro. Faltando apenas três rodadas, o Timão abriu uma pequena vantagem sobre o segundo colocado, o Vasco. Não é nada tão expressivo, pois basta uma derrota do time paulista e uma vitória dos cariocas para essa vantagem virar as avessas. A vitória do time paulista veio de forma suada e sofrida com um gol de Luis “Cachito” Ramirez, que passou de vilão da Liberta para herói da liderança isolada.

A vitória deu folga e direito de tropeçar com um empate em uma partida das três últimas. Em proporções matemáticas, o Timão tem agora 75% de chances de levar a Taça para o Salão nobre do Parque São Jorge. Confira as chances do seu time no quadro acima.

Ah! Mais uma coisa! Não posso deixar de ressaltar a grande atuação do goleiro Julio César, que logo após o Timão marcar o gol, salvou por duas vezes o que seria o empate dos donos da casa.

Para ficar com o titulo, o Timão ainda terá de passar por: Atlético – MG (casa), Figueirense (Fora) e Palmeiras (casa).

“DESCOLOU”: O Vasco, segundo colocado na competição, veio a São Paulo, saiu na frente, mas permitiu que, em um gol “a lá” Corinthians, chorado, o Palmeiras empatasse e com isso ajudar o Timão a se isolar na ponta da tabela.

Mais uma coisinha: o cara do jogo pelo lado do Vasco foi o zagueirão Dedé que marcou o gol da equipe, mais uma vez de cabeça. O Palmeiras por sua vez, somou mais um insucesso nesse ano, pois já está a dez jogos sem vencer.  

Para a missão de passar o Timão e ser campeão, o Vasco terá de vencer nada mais, nada menos que: Avaí, em casa, Fluminense e Flamengo, em campo neutro. Que dificuldade!

“VAMÔ SER CAMPEÃO”: Se não for do BRA, pelo menos do segundo turno será. O Fluminense caminha a passos largos para a conquista “simbólica” do segundo turno.

Na última quarta-feira, Fluminense e Grêmio proporcionaram uma verdadeira tempestade de gols, foram nove gols e o grande destaque foi Fred (Flu), por ter balançado as redes quatro vezes já é o vice-artilheiro com 17 gols, 6 a menos que Borges. Com a vitória por 5 a 4, o Fluminense não perdeu os líderes de vista e se vê próximo “dos títulos”.

Mas o que vem pela frente não é nada fácil: Figueirense (f), Vasco e Botafogo, em campo neutro.

DESTAQUES DO ÚLTIMO PELOTÃO: América e Atlético – PR não quiseram nem saber que do outro lado estavam: Botafogo e São Paulo, respectivamente.

O América se tornou o vilão dos que brigam pelo título. Corinthians (2 x 1), Vasco (4 x 1), Fluminense (2 x 1 e 3 x 0) e Botafogo (2 x 1) foram as vitimas do Coelho Furioso de Minas. No entanto, acordou um pouco tarde e provavelmente não conseguira escapar do rebaixamento.

O Atlético – PR recebeu o São Paulo em seus domínios e não se intimidou, foi para cima e com um gol de Guerrón, venceu o time do Leão. A equipe paulista além da partida, perdeu também as mínimas chances matemáticas de título e saiu de campo comemorando o fato de ter melhorado no segundo tempo.

Que coisa, não? São Paulo, time de tradição e conquistas vive um momento instabilidade política, coisa que antes era considerado como utopia. Hoje se tornou em um clube como os demais, sem diferenciação.

Voltando a falar do time paranaense. Terá de passar por uma prova de fogo na próxima rodada, vai para Minas encarar o Cruzeiro, em jogo de seis pontos, venceu, respirou!

DESTAQUE NEGATIVO: Acho que se perguntar para 100 apaixonados por futebol, qual foi o destaque negativo da 35ª rodada, tenho certeza que pelo menos 90% diria: “A entrada criminosa de Bolívar (Int) no lateral Dodô (Bah)”. O garoto será submetido a uma operação, pois rompeu totalmente o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo, e ficará fora dos gramados por 06 meses.

Clique na imagem para ampliar
Assistindo o “Jogo Aberto”, o craque Denílson disse: “O Bolívar deveria ficar fora dos gramados pelo mesmo tempo que o Dodô”. Faço minha, as palavras de Denílson.

O mais incrível foi que o Sr. Paulo César de Oliveira (arbitro da partida) teve a capacidade de marcar tiro livre indireto a favor do Internacional.

Errar, todos nós temos o direito de errar, mas nessa proporção é complicado para se justificar. 

Mas é isso ai, os caras erram de maneira grosseira e não são punidos como deveriam. E estou me referindo ao Bolivar e ao P. C. de Oliveira.

Aproveitando o clima de decisão, vamos para as VISÕES DO TOM, O VIDENTE.

Confira as visões, caso tenha alguma, deixe um comentário e aproveite para jogar no Betclic.

domingo, 13 de novembro de 2011

QUE RODADA!

E ai galera Apaixonada por Futebol!

Mais uma rodada e a ponta da tabela segue sem alteração. Corinthians é o líder e somou mais três pontos e o Vasco passou pelo Botafogo e segue na cola, sem dar margem para que o Timão abra vantagem.

Rodada que contou com a "zebra" de reta final atacando novamente, o América venceu o Fluminense e deixou a incomoda vigésima colocação. Posição que lhe pertencia desde a rodada de número vinte, ultrapassou o Avaí e passa a sonhar com lugares mais altos. O time mineiro terá mais uma vez um confronto com um time que está nas primeiras colocações na próxima rodada, receberá o Botafogo na quarta-feira. E ai, será que vence mais uma?

O Santos venceu o Ceará e jogou o adversário para a zona da degola e ajudou o Cruzeiro. O jogo foi bom, mesmo com o Santos indo a campo com um time misto, fato que gerou reclamação dos cruzeirenses, pois se sentiam prejudicados. O Santos começou vencendo, permitiu a virada e voltou a assumir vantagem no placar. Com a vitória, o Peixe chegou ao oitavo lugar.

Aleluia! O Cruzeiro venceu! A última vez que o time mineiro havia sentido o gostinho da vitória foi no dia 28/8, quando passou pelo seu arquirrival, Atlético - MG. E nesse domingo, a vitória foi apertada e diante de um grande adversário, 1 a 0 sobre o Internacional. A vitória tirou o time da zona da degola. 

O Palmeiras sentiu o gostinho da vitória por exatos 90 minutos. Sim, noventa minutos. O Palmeiras abriu 2 a 0, mas tirou o pé do acelerador e permitiu que o Grêmio chegasse ao empate. Empate que só veio nos acréscimo, quando Fernando marcou o segundo do Grêmio. Até quando vai durar essa fase horrorosa do Verdão, já são nove jogos sem saber o que é vitória, a última foi em 22/09, quando passou pelo Ceará. "Só espero que a quebra desse jejum não venha na última rodada".

Outro time que não vencia a um bom tempo na competição nacional e voltou a sentir o gostinho da vitória nesse final de semana foi o São Paulo. Sem vencer desde 17/09, recebeu o Avaí em seus domínios e além da vitória, Luis Fabiano desencantou e marcou os dois gols. Com os três pontos, o Tricolor deixou a oitava para observar os líderes da sétima colocação e voltar a sonhar com a Libertadores.

Sem duvida nenhum, a grande surpresa dessa reta final é o time que se encontra na quarta colocação hoje. Figueirense vem rodada a rodada mostrando a sua força e vislumbrando posições mais altas na tabela. Time que na 28ª rodada ocupava a decima terceira colocação e hoje é cotado a ser campeão. Nessa rodada chegou a sua sexta vitória consecutiva e está a apenas cinco ponto dos lideres.

O líder encarou o Atlético - PR no Pacaembu e com apenas quatro minutos de jogo já vencia por dois a zero. Paulinho e Emerson marcaram aos dois e quatro minutos. O Primeiro tempo foi sem sombra de duvidas totalmente do Corinthians, mas logo no início do segundo tempo, sofreu o gol (mais um irregular, Paulo Baier impedido) e passou a viver um bombardeio. Bolas na trave, sobre a linha e boas defesas de Julio Cesar. O Timão só equilibrou a partida aos 30 minutos e quando a chuva veio, diminuiu o ritmo e, de forma perigosa, garantiu os três pontos.

O vice líder entrou em campo com apenas uma certeza: "Temos que ganhar, se não o Timão abre vantagem". E foi isso que aconteceu, o Vasco venceu o Botafogo e não deixou o líder se distanciar.

E ai, o que você acha? QUEM VENCERÁ O BRASILEIRÃO 2011?

Aproveite para apostar no Betclic!

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

VEJA AS VISÕES DO TOM, O VIDENTE, PARA A 34ª RODADA

E ai galera Apaixonada por Futebol!

Podemos considerar que essa semana foi muito importante para o futebol, pois foi a nessa semana que Neymar disse fico (pelo menos) até 2014 no Santos; o Vascão passou para a próxima fase da Copa Sul-Americana, num jogo muito emocionante, onde venceu por 5 a 2 com direito a show de Dedé; e nessa quinta-feira a Seleção Brasileira (só com jogadores que atuam no exterior) venceu a "grande" Seleção de Gabão pelo placar de 2 a 0 (Sandro e Hernanes marcaram).

A semana para os apaixonados por futebol prometia poucas emoções, mas o que vimos foi o contrario.

Nesse final de semana será dado início a rodada de número 34 do campeonato mais disputado do Mundo, o Brasileirão. O Timão é o líder, o Vasco está na cola, Fluminense chegou e é o melhor time do segundo turno, o Botafogo está no encalço, o Flamengo completa a lista de cariocas e o Figueirense chegou, deixando para trás os grandes Internacional e São Paulo.

O Internacional gostou da sétima colocação, das 33 rodadas, pelo menos 16 vezes o time colorado esteve nessa colocação, sendo assim, nada mais justo que permaneça por lá. No entanto, a diferença para o líder não é algo impossível de tirar, são apenas sete pontos. Que coisa, vai gostar de sete lá no Sul.

O São Paulo desengatou o carro é desce a ladeira numa "banguela" sem fim e sem freio. Time que despontou por quatro rodadas na primeira colocação, esteve entre os quatro primeiros até a 29ª rodada e a partir dai começou a cair e não parou mais. De provável campeão, hoje a incerteza se disputará a Libertadores do ano que vem.

Vasco, Fluminense, Botafogo e Flamengo fazem uma batalha a parte contra o único paulista remanescente entre os primeiros colocados. Lutam entre eles, mas a grande batalha é para tirar o Timão do posto mais auto da tabela, algo que nas últimas rodadas está sendo difícil. Isso por que o líder conta com a sorte, se perde, os demais perdem também.

Os jogadores Corintianos vivem a ansiedade e a preocupação de voltar a cair no mesmo erro. Reta final, esse nome não trás boas recordações para alguns desse elenco, pois ano passado, a equipe deixou escapar o título nas últimas rodadas.

O Figueirense é o azarão desse BRA, quem imaginaria a subida meteórica dessa equipe. Na 28ª rodada, estavam na decima terceira colocação e hoje é time cotado a ser campeão, é o sexto colocado.

E ai? Pergunto novamente: QUEM SERÁ O GRANDE CAMPEÃO?

Confira o caminho dos candidatos ao título:

Confiras as minhas visões e aproveite para jogar no BETBOO, BETCLIC E BWIN:

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

BRASILEIRÃO 2011: CORRIDA MALUCA

E ai galera Apaixonada por Futebol!

Nesse final de semana, presenciamos mais uma rodada “maluca” de um campeonato que não tem explicação. Arriscar qualquer palpite é lutar contra os acasos das partidas sem lógica nenhuma, sem favorito e com muitas zebras.

Tivemos jogos eletrizantes como: Bahia 4 x 3 São Paulo, onde o Bahia permaneceu na mesma posição, mas abriu cinco pontos em relação ao primeiro da zona de rebaixamento. Eletrizante e muito emocionante, o São Paulo abriu o placar com um golaço. Permitiu o empate, Souza (ex-Timão) marcou o seu, mas abriu uma vantagem de dois gols. Só que “quem cochila, o cachimbo cai”.

Nikão passou a comandar as ações do Bahia e aos 22 minutos deixou Lulinha (ex-Timão) em ótimas condições para marcar o segundo do Tricolor Baiano. Aos 30, mais uma vez Nikão dá passe açucarado para Fahel marcar e empatar mais uma vez. E aos 38 minutos, o cara, mais uma vez, vai a linha de fundo e cruza para o desvio infeliz de Luiz Eduardo marcar contra.

Agora agüenta a gozação: Corinthians “B”ahia 4 x 3 São Paulo

Detalhe da partida é que todos os gols sofridos pelo São Paulo foram pelo lado direito de sua defesa, Ivan Piris não foi muito feliz.

E o Cruzeiro, hein? O que acontece? Foi ao Engenhão, sai na frente, perde um pênalti e sofre uma virada histórica. Deivid (contestado pela torcida) marcou dois e Tiago Neves (o xodó) marcou mais três.

Resultado: Flamengo (5) vivo na briga pelo título, Cruzeiro (1) na zona da degola.

Resultados improváveis: Quem diria que o Botafogo perderia em seus domínios para o Figueirense? Sim, sim! O Figueira é o sexto colocado, vem fazendo um ótimo campeonato! Mas o Fogão estava jogando em sua casa! Quem explica?

E o Avaí? Time que apronta contra os grandes! Viu-se derrotado em sua casa diante do Ceará.

O melhor do segundo turno: Fluminense se credencia cada vez mais para brigar pelo título. Rodada após rodada se firma como o melhor time do segundo turno com 10 vitórias, 1 empate e 3 derrotas.
E sua última vitima foi o Internacional, em pleno Beira-Rio. A dupla de Rafael (Moura e Sobis) marcaram para o Flu e Oscar descontou para os donos da casa. Com a vitória o time carioca chegou a terceira colocação.

E não podemos esquecer dos Vacilões: Corinthians e Vasco deixaram escapar a chance de liderar o torneio de forma isolada, hoje ocupam a primeira e segunda colocação, respectivamente, com o mesmo número de pontos.

Vacilão 1
O Vasco foi até a Vila Belmiro para ver o retorno do Ganso e o Neymar jogar. Que logo aos três minutos de jogo marcou o primeiro do Santos e provou porque está entre os melhores do mundo. No segundo gol, fez uma linda jogada e tocou para Borges. O atacante com um lindo chute, marcou o seu gol de número 23 no Brasileirão.

Os vascaínos saíram da Vila com a derrota e reclamando de um gol que foi anulado.

Vacilão 2
O Corinthians foi até Uberlândia encarar o América, mas parecia estar em casa, isso por que a torcida teve uma carga maior de ingressos e compareceu. O time perdeu Alex com 12 minutos de jogo, em seu lugar entrou Emerson. O Corinthians pressionava, no entanto, sem grande perigo a meta de Neneca. Um pênalti inexistente marcado pelo sr. Jean Pierre de Lima, foi o responsável pela inauguração do placar.

Antes do termino do primeiro tempo, mais um pênalti, mas dessa vez existente. Chicão cobrou e igualou o placar. No segundo tempo, nada acontecia, o Corinthians tentava furar o bloqueio do América e relaxou quando ouviu que o Santos marcou o segundo sobre o Vasco. Devem ter pensado: “Vamos diminuir o ritmo e garantir o empate que nos dá a vantagem de um ponto”.

Só que o América estava em campo ainda e não tinham entregado os pontos. Numa falta cometida por Chicão, Amaral cobra e marca o segundo do América.

Agora agüenta a gozação: América 2 x 1 Sem América.

E o Palmeiras? Agora agüenta a gozação!

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

VEJA AS VISÕES DE TOM, O VIDENTE, PARA A 33ª RODADA

E ai galera Apaixonada por Futebol!

Diante de inúmeros palpites "certeiros" e a visita mediúnica do grande Charles Müller que me passou missão de difundir seus palpites para a reta final do Brasileirão, diante disso, decidi mudar o nome do quadro "EM TOM DE PALPITE" para "O VIDENTE DA BOLA".

As visões para a 33ª rodada mostram que o Timão abrirá uma boa vantagem sobre o Trem Bala da Colina.

Só não deixo os números da Mega-Sena, por que pode causar alvoroço por conta dos números excessivos de ganhadores.

Confira as minhas visões e deixe um comentário com os seus palpites.