quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

FÁBIO SANTO É A FAVOR DA EXCLUSÃO!


A morte do jovem Kevin Douglas Beltran Espada, de 14 anos, durante partida entre Corinthians e San José, da Bolívia, deixou os jogadores alvinegros chocados. O lateral-esquerdo Fábio Santos lamentou o ocorrido e, falando de forma hipotética, afirmou que não se importaria de ver o Timão eliminado da Taça Libertadores da América, se houvesse a garantia de que nada semelhante ocorresse no restante da competição.
O garoto boliviano, torcedor do San José, foi atingido por um sinalizador atirado do local em que a torcida corintiana estava no estádio Jesús Bermúdez. Doze torcedores alvinegros estão detidos em Oruro para investigações.

– Se for pra mudar, aceitamos ser punidos. Mas sabemos que nada se muda. Se for pra tirar o Corinthians da Libertadores e soubermos que ninguém mais vai sofrer com isso, que não haverá mais mortes, sou a favor que isso aconteça – disse o lateral.
O novo regulamento da Conmebol prevê punições severas para casos como este. O Corinthians poderia, até, ser eliminado da competição caso fique comprovado a autoria por parte dos alvinegros.
– Nós ficamos muito chateados por uma vida que se foi. Lamentamos tudo isso – disse Fábio Santos.
O uso de sinalizadores dentro dos estádios é liberado na Bolívia. Tanto que as duas torcidas entraram no Jesús Bermúdez com o artefato. Fábio Santos não vê necessidade em festas com esse tipo de coisa.
– Estava liberado, mas acho que tem outra maneira de fazer festa. Torcida gritando, bandeirão. Já vimos que fogos de artifício mais machucam do que deixam a situação bonita. No Brasil não podemos entrar com tudo isso. Creio que daqui pra frente vai tudo isso.
Fonte: globoesporte

0 Comentários:

Postar um comentário