domingo, 30 de setembro de 2012

CORINTHIANS E SÃO PAULO SE UNEM...

E aí galera Apaixonada por Futebol!

Calma, calma! Não é nenhuma união por vontade própria, nada que estivesse nos planos de diretores, mas os resultados conquistados na vigésima sétima rodada colaboraram para as pretensões do Verdão. 

No sábado o Palmeiras recebeu, em um Pacaembu com público tipico de jogo do Corinthians, o ex-time de Gilson Kleina. A Ponte Preta serviu de trampolim para uma nova era no Parque Antártica  Barcos que não marcava a sete jogos, voltou a marcar e deixou duas bolas na rede em vitória maiúscula e incontestável do time de Marcos Assunção. Três a zero foi o resultado de uma apresentação soberana e que marcou a segunda vitória seguida no torneio, algo inédito para essa equipe.

Tarefa concluída com sucesso, bastava torcer para os arquirrivais, Corinthians e São Paulo enfrentariam equipes que disputam, palmo a palmo, a saída da zona de perigo. Sport e Coritiba eram, respectivamente, os adversários a serem batidos.

O São Paulo passou por maus bocados, sofreu um gol em pênalti não existem, mas conseguiu o empate e impediu o distanciamento do Coritiba em relação ao Verdão. O Coxa um pouco remendando, não contava com quatro titulares, conseguiu encurralar o Tricolor, mas não foi eficiente nos arremates ao gol e isso fez falta. 

Osvaldo, um dos poucos jogadores a mostrar lucidez, deu trabalho aos defensores do Coxa, marcou seu sexto gol no BRA-12 e empatou para o Tricolor.

O pênalti não existiu, o arbitro mais uma vez chamou atenção na partida. Se marcou a infração, por que não expulsou o defensor são paulino? E num total desequilibrou, aplicou amarelo em Rogério Ceni. Um lance com varias falhas. Essa é nossa arbitragem.

Em mais um jogo no Pacaembu e com ótimo público, quase 28 mil apaixonados, puderam ver o Timão aplicar três a zero sobre o Sport em tarde inspirada de Romarinho e Paulinho. O primeiro marcou dois gols, um de esquerda e outro de direita - mostrando seu vasto repertório -, o primeiro em roubada e bola de Ralf e o segundo em lance de puro oportunismo.

Ambos os jogadores foram os destaques da partida, não apenas pelos gols, mas também pela ótima movimentação e bons passes. Um verdadeiro treino para o Mundial de Clubes.

Os resultados são de extrema importância para pretensões alviverdes.

O São Paulo ficou mais próximo do G4. O resultado não foi dos piores, no entanto, a vitória era vislumbrada com otimismo. A viagem para Loja - EQU e a arbitragem prejudicaram o Tricolor.

O Corinthians que não tem nada a ver com o torneio, apenas deseja terminar em boa colocação e se preparar para o Mundial provou que não vai entregar nada para prejudicar o arquirrival.

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

SANTOS CAMPEÃO DA RECOPA 2012 - By UOL

O Santos utilizou as suas duas principais armas para se sagrar campeão mais uma vez. Com Neymar e o êxito na bola aérea, o Peixe derrotou a Universidad do Chile por 2 a 0 e se sagrou campeão da Recopa Sul-Americana no Pacaembu, título que serve para atenuar um semestre pífio e minimizar a eliminação na Libertadores contra o arquirrival Corinthians no ano do seu centenário.

O Santos conseguiu se sagrar campeão por ter empatado sem gols na partida de ida entre as duas equipes no Chile. O título veio com direito a dois pênaltis perdidos de Neymar – um em cada partida.

Com a conquista da Recopa, o Santos manteve a média de dois títulos por temporada que conquista desde 2010. Mas foi a primeira taça amealhada depois da saída do meia Paulo Henrique Ganso, que se transferiu para o São Paulo recentemente.

Com a possibilidade de ser campeão em casa apenas com uma vitória simples, o técnico Muricy Ramalho apostou em um Santos compacto na defesa e forte nos contra-ataques, tendo mais uma vez em Neymar a sua principal arma.

E foi justamente o camisa 11 santista que protagonizou as melhores jogadas do primeiro tempo. Na primeira tabela que conseguiu fazer com seu amigo Andre, ele recebeu na entrada da área e abriu o placar, sem chances para Herrera.

Neymar estava inspirado. Ele dançou na frente de Rojas no final da primeira etapa e foi derrubado pelo lateral. Pênalti, que poderia ter deixado o Santos em situação melhor se o craque do time não tivesse cobrado mal e facilitado a defesa de Jhonny Herrera.

Preocupado com o desempenho da Universidad do Chile, o técnico Jorge Sampaoli fez duas substituições na volta para o segundo tempo. O time chileno chegou a criar duas boas oportunidades de empatar, mas falhou na conclusão.

Na jogada característica dos times comandados por Muricy Ramalho, o Santos praticamente garantiu o título da Recopa. Felipe Anderson alçou a bola e o zagueiro Bruno Rodrigo cabeceou sem chances para Herrera.

No jargão do futebol, a La U ‘sentiu’ o gol e não conseguiu a reação. O Santos cansou e gostou do resultado confortável. Por isso, o 2 a 0 não foi alterado, e o Peixe deixou o Pacaembu com mais um título na bagagem.

Fonte: Uol

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

MAIS UM REFORÇO PARA O REFFIS

E aí galera Apaixonada por Futebol!

Fabrício, Cañete, Luís Fabiano e agora o mais novo contratado do Tricolor Paulista, Paulo Henrique Ganso. Esses são os nomes que o torcedor gostaria de ouvir em qualquer escalação, principalmente agora, chegando a reta final do Brasileirão e a proximidade da tão sonhada vaga na Libertadores-13.

Mas, pelo menos, por enquanto, as noticias virão apenas do REFFIS (Núcleo de Reabilitação Esportiva Fisioterápica e Fisiológica), isso por que são nomes certos de jogadores que ficarão enclausurados em uma sala de fisioterapia ou musculação.

O desespero da diretória para a contratação de PH não se justifica, pelo menos para os próximos meses. O médico não fala em prazo, mas especialistas afirmam que serão necessários pelo menos dois meses para a recuperação do atleta. Esse vinculo foi algo a pronta entrega, Ganso não queria mais atuar pelo Santos e o São Paulo precisava minimizar a saída catastrófica de Oscar e a venda de Lucas - ótima venda por sinal.

A torcida que não comemora títulos a um bom tempo tem que se consolar com apresentações de jogadores que não sabe se vai ver em campo. Morumbi lotado é sinal de apresentação ou retorno de jogador.

Apresentação de Luís Fabiano: A festa organizada pelo clube, com mais de 45.000 torcedores, ficou marcada na história como a maior recepção de um jogador no futebol brasileiro, e a 3ª maior do futebol mundial, ficando atrás apenas da apresentação de Cristiano Ronaldo e Diego Maradona.
Retorno de Rogério Ceni: A torcida tricolor atendeu ao chamado pelo retorno do capitão e compareceu em peso - foram 35.049 pagantes.
Apresentação de PH Ganso: a festa do Tricolor na apresentação do reforço Ganso valeu o ingresso dos 40.457 torcedores, presenteados com o triunfo por 1 a 0.

Fabrício foi contratado e logo na pré temporada começou a sofrer de uma tendinite no tornozelo esquerdo, ficou de molho e de lá para cá acumula lesões e mais lesões. Fazendo uma somatória de suas participações, não conseguiremos encontrar duas partidas completas - em aproximadamente nove meses, atuou 102 minutos e acumula 4 lesões.

Cañete, contratado como um das principais revelações do futebol argentino em uma negociação enroscada com o Boca Juniors, também é inquilino privilegiado do REFFIS. Assinou, se apresentou, estreou, no entanto, só participou de duas partidas - incompletas - e nada mais.

Luís Fabiano é turista no departamento médico, vira e mexe, ele está lá. O seu diferencial é que quando está em campo, resolve. Nessa temporada, atuou em 23 partidas e anotou 19 vezes para o tricolor. O são paulino esperou mais de seis meses (retornou em 11/03 e estreou em 02/10/11) para vê-lo atuar, mas o camisa nove não tem decepcionado.

Convocado para jogar o Superclássico das Américas, jogou a primeira partida e já está cortado para a segunda. Causa? Ao se reapresentar após o Superclássico das Américas, disputado na última quarta-feira, o atacante reclamou de dores na coxa e foi poupado dos treinamentos. Por conta desta lesão, Luís Fabiano também deverá desfalcar o São Paulo na próxima quarta-feira, contra a LDU de Loja, do Equador, em partida válida pelas oitavas-de-final da Copa Sul-Americana.

E agora? Quando que os são paulinos poderão contar com o novo camisa oito?

A manobra de contratação foi ousada, mas ineficiente para o proposito da equipe. Se deseja contar com o atleta, vai ter de torcer para a recuperação ser acelerada.

domingo, 23 de setembro de 2012

KLEINA TIRA O CORPO FORA!

E aí galera Apaixonada por Futebol!

Ao final da vigésima sexta rodada, o saldo foi excelente para o time de Parque Antártica, que em uma das melhores apresentações desse Campeonato Brasileiro fez a sua melhor apresentação e bateu por 3 a 1 o Figueirense em pleno Orlando Scarpelli.

Gilson Kleina desembarcou em um time campeão, é verdade, mas que vive uma fase de time de segunda divisão. Assumiu a equipe com a dura missão de tirá-lo da zona de rebaixamento e garantir a permanência na serie A em ano que também retorna à Libertadores da América.

Não sei o que falou para o grupo ou apenas para Marcos Assunção (nome e destaque da partida), mas que já começou a surtir efeito, começou.

Marcos Assunção transferiu a responsabilidade da vitória para a mudança de atitude do grupo: Não foi a mudança de técnico, mas de atitude. Se nós não mudarmos, pode vir técnico da Europa que não vai dar jeito. Agora tem de continuar assim. Eu vou lutar até o final para tirar o time dessa situação, nem que eu tenha de deixar a vida em campo.

O novo comandante já avisou que não será o salvador da pátria e logo após o jogo disse: A única coisa que vou prometer é trabalho. A palavra tem de ser trabalho. Se não saímos da zona de desconforto hoje, ao menos nos encaminhamos para isso.

O Palmeiras iniciou a rodada com oito pontos a menos que o primeiro time fora da zona de rebaixamento, mas a vitória somada a derrota do Coritiba, essa diferença diminuiu para cinco. No entanto, a missão de Kleina não é nada fácil. Não depende apenas do Palmeiras. É vencer e torcer, torcer muito contra os concorrentes que estão à sua frente.

O novo técnico alviverde sabe disso e tratou de tirar seu corpo fora ao dizer que promete trabalho. O possível rebaixamento não é culpa dele, traduzindo em miúdos, é isso que tentou transmitir. 

E está certo, o rebaixamento não poderá ser colocado como fracasso seu, uma vez que, pegou a equipe já nesta situação.

Digo isso por que não consigo visualizar o Verdão fora da zona de rebaixamento. Não sei se estou sendo levado por meus olhos corintianos, mas essa é a leitura que consigo ter neste momento. Não me deixarei levar por apenas um jogo contra um time fraco.

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

ZOANDO O CORINTHIANS: EMERSON, COMO ASSIM?

É ai galera Apaixonada por Futebol!

Como essa semana não fomos premiados com o bom futebol brasileiro, uma vez que, nossa seleção venceu a Argentina sem apresentar grande futebol e o assunto principal foi o voo do Ganso para o Morumbi. Vamos aproveitar o baixo nível de informação para dar destaque a uma noticia sem graça para os corintianos.
Emerson Sheik acompanhou o prêmio VMB, da MTV, na noite desta quinta-feira. Na chegada ao evento, o atacante do Corinthians foi entrevistado por Didi F., apresentador do canal. Levantando parte do vestido, Didi F. perguntou a Sheik, de forma descontraída:
- Você abocanhou a Libertadores, o dedo de um jogador… teria alguma parte do meu corpo que você abocanharia?
Sheik entrou na brincadeira e respondeu:
- Olha, eu perderia meia hora aí, hein. Fonte: blog meio campo

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Brasil joga mal, mas vence a Argentina - By Lancenet!

Neymar, de pênalti, nos acréscimos, fez a torcida brasileira esquecer as vaias para vibrar com a vitória da Seleção por 2 a 1 sobre a Argentina, nesta quarta-feira, no Serra Dourada, pelo Superclássico das Américas.

Os times voltam a se encontrar no dia 3 de outubro, em Resistencia (ARG). Os brasileiros levam a taça com um empate.

A Argentina composta por jogadores do futebol local com os reforços de Martínez (Corinthians), Guiñazú (Internacional) e Barcos (Palmeiras) não engraxa os sapatos do time principal. Sem a mesma qualidade, o técnico Alejandro Sabella encontrou apenas uma alternativa: apostar no defensivo 5-3-2, sem nenhum homem de criação.

O futebol é impreciso e às vezes beneficia quem dele judia. Na única vez que se aventurou na frente, os hermanos tramaram bonito. Clemente Rodríguez recebeu na esquerda e encontrou "Burrito" Martínez, que arrematou para gol diante da inércia do goleiro Jefferson.

O Brasil, dono da bola, mas sem objetividade alguma, também não assustou muito. Em outro lance isolado, conseguiu o empate: Neymar cobrou falta e Paulinho, em posição irregular, subiu para deixar tudo igual.
Nada de mais relevante aconteceu durante a péssima primeira etapa. O jogo foi cheio de contato físico e pouco futebol. Quem deixou de ver o clássico, como o atacante Fred, que foi ao cinema, não perdeu nada.
Não seria exagero afirmar que o segundo tempo foi tão ruim ou pior do que a primeira etapa. O festival de erros de passes, falhas de posicionamento e cruzamentos errados foram, aos poucos, desanimando o torcedor goiano.

No Brasil, Lucas e Neymar, os mais habilidosos, seguiram afastados, sendo assim, pouquíssimas jogadas de efeito foram criadas. As alterações de Mano também não surtiram efeito. Thiago Neves por Jadson, Leandro Damião por Luis Fabiano e Wellington Nem por Lucas foram o mesmo que trocar seis por meia dúzia.

Na Argentina, só os chutões funcionaram. O lema da equipe é "bola para o mato porque o jogo é de campeonato". Jefferson foi apenas um espectador durante a segunda etapa.

O presente estava por chegar. Desábato agarrou Damião. Neymar cobrou pênalti e aliviou o lado de Mano Menezes, que escutou gritos de "Felipão, Felipão" aos 32 minutos da segunda etapa.

Fonte: Lancenet

terça-feira, 18 de setembro de 2012

A SITUAÇÃO DO PALMEIRAS VAI PIORAR!

 E aí galera Apaixonada por Futebol!

As noticias envolvendo o Palmeiras não são das melhores e no decorrer dos dias pode piorar. 

Não bastasse a demissão de Felipão, a derrota para o maior rival e a decadência na tabela de classificação. O Verdão se vê preterido por técnicos que foram procurados para assumir o comando e, não bastasse isso, Paulo Roberto Falcão aproveitou-se da situação e pediu um salario monstruoso, nada mais nada menos que R$ 600 mil por mês.

Grande jogador, mas como treinador, Falcão não tem currículo para pedir uma bagatela como essa. Passou por seleção brasileira sem deixar saudade, América - MEX, duas vezes pelo Internacional, Seleção do Japão e Bahia. Desde 1990, comandando equipes de futebol, conquistou apenas quatro títulos. Muito pouco para exigir salário como esse.

Acredito que a pedida deve-se ao grande desafio de tentar tirar o Palmeiras da posição incomoda e a possibilidade de dividir as atenções entre serie B e libertadores. Isso por que a torcida não admitirá fracasso em nenhuma das competições.

Falando em torcida. Outra situação que pode ficar complicada é o mando de campo. Isso por que no clássico contra o Corinthians, a torcida verde e branco, indignada com o resultado quebrou aproximadamente 140 assentos do Pacaembu. O procurador-geral Paulo Schimitt afirma que o clube será denunciado no artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) por 'deixar de tomar providências capazes de prevenir ou reprimir desordens em sua praça de desportos'.

- O clube vai ser denunciado até o fim desta semana e enquadrado duas vezes no artigo 213, por confusão e desordem e arremesso de objeto. A pena varia de uma a dez partidas e o clube pode ser multado de R$ 100 a R$ 100 mil, em cada denúncia - afirmou ao LANCENET!

E aí? Tem como ficar pior?

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

PALMEIRAS BICAMPEÃO DA SERIE B?

E aí galera Apaixonada por Futebol!

Ouço vários comentaristas de futebol dizendo que o Palmeiras é "incaível", a iminência de um decesso é cada vez mais evidente e anda no encalço dos palmeirenses.

Não duvido que essa tragédia possa ser concretizada no fim do ano e apagar de uma vez por todas a conquista da Copa do Brasil. Digo que apagará de uma vez, pois nos últimos dias, os jogadores, torcedores e dirigentes só são acionados para responder sobre um possível rebaixamento. Algo que era considerado como utopia, passou a ser encarado com muita dramaticidade.

Hoje o Verdão está há sete pontos do Flamengo, primeiro time fora da zona de rebaixamento, sendo assim, para se ver livre da degola será necessário vencer três partidas e torcer para que os demais concorrentes não triunfem. No próximo domingo, receberá o Corinthians, no Pacaembu, e a vitória e questão de honra. Não apenas pela grandeza do clássico, mas para, principalmente, sair da zona dos desesperados. Imagine o clima que vai se instaurar nos reduto alviverde caso aconteça mais uma derrota? "Porco vai para o brejo". Ops, brejo não, começa com a letra B.

A imagem abaixo mostra algo que os alviverdes não querem passar nunca mais em suas vidas, rebaixamento  e título da serie B. Em 2002, o Palmeiras foi rebaixado com 36% de aproveitamento e soma hoje, após a derrota sofrida diante do Vasco por 3 a 1, 27,8% e apenas 20 pontos.

E aí? O rebaixamento está cada vez mais próximo ou não?

terça-feira, 11 de setembro de 2012

VITÓRIA "MADE IN CHINA"

E aí galera Apaixonada por Futebol!

Gostaram da goleada que o Brasil aplicou na "forte" seleção chinesa?

Considero que essa partida serviu apenas para massagear o ego dos jogadores, que deixaram uma imagem não muito boa diante dos exigentes torcedores paulistas.

Os jogadores entraram em campo já com a intensão de provar alguma coisa, e trataram longo de mostrar que é um grupo unido. Seguindo os passos da geração do tetra, que nas eliminatórias da Copa de 1994 entrou em campo no Arruda de mãos dadas, dessa vez cantaram o hino abraçados.

A cada gol marcado, procuravam se aglomerar ao máximo para enfatizar a união. A torcida era o carro chefe para levantar a auto-estima dos craques da geração Mano Menezes. No lugar das vaias que perseguiram Neymar e seus companheiros no Morumbi, a torcida presente no Arruda aplaudia e vibrava a cada jogada.

Os jogadores chineses eram apenas peças utilizadas para aparentar certa dificuldade, mas vimos que a falta de entrosamento e a displicência de alguns jogadores eram os maiores adversários. Os erros de passes eram inúmeros e em lances simples.

Espero que esse resultado não iluda nem a torcida, muito menos os próprios jogadores. Os oitos gols foram marcados em uma equipe que já se preparava para perder do Brasil, a única preocupação era de quanto seria. A China ocupa apenas a 78ª colocação no ranking da FIFA e não serve de parâmetro para preparação rumo a uma Copa das Confederações e uma Copa do Mundo jogadas em casa.

O importante é que todos saíram com o ego muito bem massageado:

Ramires mostrou que é um volante de qualidade e foi o primeiro a levantar a galera;

Neymar é o maior artilheiro da nova era e marcou três;

Lucas que saiu do Morumbi vaiado, tirou aplausos da torcida;

Hulk (fominha em alguns lances) perseguiu um gol para festejar com seus familiares e conterrâneos, marcou e comemorou (100% Nordeste. Te amo Paraíba);

Marcelo já aparece como uma referencia de liderança. Quando Davi Luiz foi substituído, a faixa de capitão foi entregue ao lateral que não é bem visto por Mano Menezes desde que se ausentou de varias convocações, alegando estar lesionado;

A bola raramente chegou ao gol de Diego Alves (que realizou sua quarta partida com a amarelinha), mas quando exigido mostrou reflexo.  Após cobrança de escanteio, o goleiro do Valencia fez linda defesa no canto direito, ganhando aplausos da torcida.

Agora vamos para o teste de verdade, contra a Argentina nos dias 19 de setembro e 03 de outubro. Nessas partidas saberemos se Luis Fabianos e outros que atuam no país têm condições de representar a seleção em outras partidas.

domingo, 9 de setembro de 2012

ZOANDO O PALMEIRAS

E aí galera Apaixonada por Futebol!

Após a conclusão da 23ª rodada do Brasileirão e a manutenção do Palmeiras na zona do rebaixamento, os torcedores adversários trataram de criar um verdadeiro arsenal para zuar o time de Parque Antártica. São inúmeros banners com mensagens e imagens provocadoras. A criatividade é impressionante por sua rapidez. Será que já estavam prontos?

Confira alguns:

Nem mesmo a própria torcida perdoou a atual situação do time palmeirense:

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

SANSÃO: Quem perde força com as ausências de Neymar e Lucas?

E aí galera Apaixonada por Futebol!

Semana de clássico é muito bom, pois mexe com os ânimos dos torcedores e dá muita moral ao vencedor. Por outro lado também é muito preocupante quando as equipes estão sem suas principais armas. E graças a seleção brasileira, Santos e São Paulo entrarão em campo nesse domingo sem poder contar com Neymar e Lucas, respectivamente.

Ney Franco em entrevista, foi questionado sobre qual equipe perde mais força quando levado em consideração as ausências. Diplomaticamente, evitou comparar a importância de cada jogador em suas equipes.

Não sou vidente, mas acredito que tenha fugido dessa pergunta por que sabe que a equipe que mais perde é a de Muricy. O Santos não sabe jogar sem Neymar e os números comprovam essa tese. Em quinze partidas que o Peixe fez sem o N11, venceu 2, empatou 6 e foi derrotado em 7 ocasiões. Por outro lado, o Tricolor não contou com o camisa 7 em 12 partidas, onde venceu 4, empatou 2 e foi surpreendido com 6 derrotas.

Lucas marcou três vezes, Neymar marcou 5 vezes e foi fundamental na vitória de virada sobre o Palmeiras, onde marcou os dois gols da virada.

A não presença de Lucas é facilmente equacionada, fato esse confirmado em declaração do técnico sãopaulino: "É um jogador que faz falta e vai perder dois jogos seguidos, mas o time está adaptado a jogar sem ele e isso já aconteceu outras vezes. Não será a primeira vez e temos que criar alternativas para atuar sem o Lucas."

Já Muricy não pode e não deve dizer o mesmo, pois quando olha para o elenco e procura alguém para substituir o craque, sabe que não encontrará e sofrerá para armar a equipe e buscar a vitória.

Com esses desfalques e o retrospecto a favor, o Tricolor tem tudo para voltar da baixada com três pontos na bagagem e se credenciar mais ainda ao titulo.

Em sua opinião, quem perde mais com as ausências?

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

GALO PARAGUAIO?

E aí galera Apaixonada por Futebol!

Eu ainda não acredito que o Super Galo, que passou por cima da maioria de seus adversários no primeiro turno vai largar o osso (ou podemos dizer: milho?) justamente na reta final. Imagino que essa fase é coisa passageira. Nos últimos cinco jogos, o Atlético - MG empatou com o seu xará de Goias, venceu o Botafogo, empatou com o arquirrival Cruzeiro e com a Ponte Preta, foi derrotado pelo Corinthians e, nessa quarta-feira, empatou com o Bahia.

Esses resultados mantêm o alvinegro de Minas na primeira colocação, sem aquela gordurinha saudável, mas pelo retrovisor já consegue enxergar o Grêmio, que está fazendo uma ótima campanha de aproximação. 

No jogo diante dos baianos, o time mineiro sofreu com os desfalques e mostrou que sua força não está no elenco. Isso por que as peças que Cuca tem no banco não repõem a altura os titulares. Considero o elenco do Atlético, um time formado por renegados (refugo) das grandes equipes, começando por Ronaldinho, passando por Jó, Richarlyson, Pierre, Felipe Souto, entre outros. Mas que nas mãos do treinador passou a ser um grupo forte e disciplinado taticamente.

Só que as últimas apresentações têm deixado a desejar e já deixa uma pulga atrás da orelha. Será que Cuca vai vencer a síndrome da reta final? Técnico que sofre com a chegada das últimas rodadas e não consegue manter a mesma pegada que impôs no inicio do torneio. 

Será que o elenco vai suportar a pressão? Será?

O pelotão de elite vem logo atrás e o Galo precisa se segurar para não cair do poleiro.

domingo, 2 de setembro de 2012

BRAZUCA!! É O NOME DA BOLA!

E aí galera Apaixonada por Futebol!

Após nomes como Telstar (1970 - 1974), Tango (1978 - 1982), Azteca (1986), Etrusco Unico (1990), Questa (1994), Tricolore (1998), Fevernova (2002), +Teamgeist (2006) e o grande sucesso Jabulani de 2010, agora é a vez de BRAZUCA. Dentre os três nomes sugeridos, esse, sem duvidas, é o melhor. Os brasileiros concordaram em votação popular e a bola da copa será batizada em dezembro de 2013.


E você? O que achou da escolha?