segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

PALMEIRAS PRÓXIMO DA PONTA

CADA DIA MAIS FORTE

O Palmeiras enfrentou a Portuguesa e mostrou que não é apenas fogo de palha, mas sim força de um time que vai brigar pelo titulo.

Venceu a Lusa, convenceu a torcida e apareceu no retrovisor do time Santista, as duas equipes dividem a ponta da tabela com diferença em saldo de gol que dá o primeiro lugar para o Santos. Mas se o Santos vacilar o Palmeiras rouba a cena e a ponta da tabela.

O inicio de jogo foi muito trucado, pois as duas equipes priorisavam a marcação, mas o Palmeiras tocava melhor a bola e aos 10 minutos teve sua primeira oportunidade de gol, em bola chutada da entrada da grande area após boa triangulação, mas passa a esquerda do gol.

Como as duas equipes tentavam explorar jogadas pelo meio, acobou acontecendo um congestionamento e jogo ficou emperrado.

A Lusa só foi exigir do goleiro Marcos aos 18 minutos, também em bola chutada por Guilherme de fora da grande area, mas diferente ao chute palmeirense, Marcos teve que fazer boa defesa.

Antes do final do primeiro tempo, as duas equipes só chegaram mais duas vezes ao gol.

No inicio do segundo tempo a Portuguesa foi para cima e chegou duas vezes com claras chances de gol em um delas Marcos tirou a bola em cima da linha, mas o arbitro viu um toque de mão do ataque da Lusa. O Palmeiras só foi acordar aos 30 minutos em jogada pela esquerda a bola sobra no meio da grande área para Kleber que chuta fraco nas mãos do goleiro.

A partir dai o Palmeiras parte para o abafa e passa a pressionar a Lusa, que só restava se defender. Até que na terceira tentativa o Palmeiras consegue chegar ao primeiro gol com Cicinho em bom chute aos 37 minutos e aos 46 minutos ainda teve tempo para Kleber girar em cima de dois zagueiros e marcar o segundo gol palmeirense.

Publico de vergonha, apenas 9.304 pagantes.

O QUE VEM PELA FRENTE?
A Lusa encara o Americana no dia 02/02, no Canindé.
No mesmo dia o Palmeiras vai ao Estádio Municipal de Mirassol enfrentar o Mirassol.

0 Comentários:

Postar um comentário