domingo, 30 de outubro de 2011

LÍDER COM ESTRELA

Mesmo com um a menos o Corinthians se supera, vence o Avaí de virada e reassume a liderança do BRA-11.

Inacreditavel! Mais uma vez o Timão provou ser um time de superação. Quem não se lembra do jogo contra o Atlético - MG, onde o time mineiro abriu dois gols de vantagem ainda no primeiro tempo e na etapa complementar o Timão, com a entrada de Emerson Sheik, foi buscar o resultado e venceu por 3 a 2? 

Então, mais uma vez isso voltou a acontecer, mas dessa vez foi contra o Avaí e em pleno Pacaembu. O Timão sofreu um gol em jogada irregular, pois havia um jogador impedido, e teve Leandro Castan expulso injustamente. Na jogada o zagueiro, merecia ser advertido, mas com o cartão amarelo e o arbitro aplicou o vermelho direto. Isso aos 5 minutos do segundo tempo.

Mesmo com um a menos, O Timão imprimiu uma pressão ao time catarinense e supria a falta de um jogador com raça e determinação. E foi premiado com o gol de empate ao 16 minutos, em ótima jogada de Wlillian e um toque maravilhoso para Emerson Sheik. O atacante entrou no lugar de Jorge Henrique por conta de uma contusão aos 30 minutos do primeiro tempo. Com força e raiva, o Sheik colocou para o fundo do gol e fez os 33.373 fieis vibrarem mais ainda, pois apoiaram durante os 90 minutos, mesmo quando o Timão perdia.

Liedson estava demonstrando cansaço, pois a forte chuva que caia em São Paulo deixou o gramada pesado e castigava o atacante corintiano. Ednilson se aquecia há alguns minutos, para ser mais preciso, vinte minutos e Tite não se decidia sobre a possível substituição.

Acredito que a confiança no atacante era tanta, que o impedia de tirar a possibilidade de virar o jogo.

Aos 32 minutos, Liedson foi premiado com o gol, gol que garantiu a virada, a vitória e a liderança. Pronto! Liedson fez a parte dele, pode sair em paz e aos 34 minutos sai para dar lugar a Wallace. Era hora de segurar o resultado.

Emerson Sheik foi o diferencial mais uma vez, com sua entrada o Timão ganhou em poder ofensivo e velocidade. Liedson foi decisivo e deu a vitória ao time paulista.

Fim de jogo. Corinthians 2 x 1 Avaí!

Mesmo jogando contra o Avaí (time tinhoso para o lado do Timão) e a arbitragem que errou no gol sofrido pelo Timão e na expulsão de Leandro Castan, o Corinthians venceu o jogo e mostrou que tem "estrela". 

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

GRANDE 'LANCE' DE VALDIVIA

Elástico, caneta, lambreta, lençol ou chute no vácuo? Não! Dessa vez o mago Valdivia fez uma grande jogada num lance extraconjugal. Flagrado e fotografado por Grizar Júnior, no dia 04 de fevereiro, aos beijos e abraços com uma garota. As fotos foram publicadas hoje pelo colunista Léo Dias, do jornal “O Dia”, e jogou gasolina na má fase palmeirense e está sendo repercutidos com ares de “vem mais problemas ai”.

Meu blog é puramente de futebol, evito transmitir qualquer episódio extracampo, mas analisando as fotos em que o grande Mago faz desaparecer sua L... na boca na “logo logo” modelo e capa da Playboy, algumas coisas me chamaram a atenção.

Vamos para o Tira-Teima ou Vale à Pena Ver Direito. Fica ao seu critério! Se preferir a Globo, vá de Tira-Teima, mas se prefere os Legendários, vá de Vale à Pena Ver Direito.
O Tom de Bola sem nada melhor para fazer, ficou analisando esse episódio (imagem) e uma frase solta da então esposa de Valdivia.

1 – Vemos o casal apaixonado se beijando. Nada de anormal. A não ser pelo fato de o rapaz ser casado.

2 – A moça percebe a presença do fotografo, mas não há espanto, não existe nenhuma reação para tirar o jogador da posição de impedimento. Acho que ela já havia avistado o fotografo bem antes de começar a beijá-lo.

3 – Valdivia percebe que a coisa ia pegar para o seu lado e começa a reação para tentar sair de cena, mas algo lhe impede.

4 e 5 – Essas imagens foram tiradas com muita rapidez, pois dá para perceber o movimento de sua mão para esconder o rosto.

6 – Esse é o melhor! Lembra da imagem do terceiro quadro? Então, o que impedia a escapada de Valdivia era o abraço que a garota aplicou no Mago e o impossibilita de fugir, notem que no ato 1 a posição do braço é a mesma que no ato 6, acompanhe a linha de impedimento (azul). Mais uma coisinha. 


Dêem uma boa olhada - não precisa se esforçar muito, pois o TOM DE BOLA colocou algumas setas para ficar mais fácil a identificação dos pontos cruciais – no brilho ofuscante nos olhos e o sorriso maroto de satisfação. Não por que estava com Valdivia, mas por que sabia o que viria após as fotos. Já se imaginou no sofá de Luciana Gimenez... Abafa...

Outro fato dessa história que não cheira bem é que dois meses após o episodia, a mulher do craque lança em seu Twitter a seguinte frase: "a maioria das mulheres brasileiras é piranha, maria-chuteira".

Como pode? A história não tinham vindo a público. 

Valdivia tentou chantagear e ameaçar inclusive seus familiares do fotografo que abriu um boletim de ocorrência e saiu da cidade por uns tempos. Sem sucesso, deve ter contato a sua versão para a esposa, que gerou a frase.

A sorte do craque é que na data do episódio, o Palmeiras estava iniciando a temporada, mas quando as coisas não estão bem sempre aparece mais coisas para complicar.

sábado, 22 de outubro de 2011

PALMEIRAS: CRISE SEM FIM

Palmeiras sofre mais uma derrota e se afunda cada vez mais na lama da crise. No dia em que Felipão completou 350 jogos a frente do Verdão, o time sofreu, diante de sua torcida, a derrota por 2 a 1 para o Figueirense e luta para sair da crise que parece não ter fim!

A situação que o Palmeiras vive seria a alegria de muitos corintianos, pela rivalidade histórica e pelo que cada equipe representa para a outra. Não fico fora dessa possível alegria pelo insucesso alheio, mas preciso fazer das palavras de Rosemberg (Diretor de Marketing do Timão) minhas palavras, quando disse em entrevista ao Arena Sportv: - Para o Corinthians é profundamente preocupante a situação do Palmeiras. Eu preciso dele forte para valorizar a minha camisa. Então, para nós o importante é que o mercado se fortaleça, que os clubes sejam cada vez mais sérios e que a gente consiga transmitir esta sensação de muita rivalidade e nenhuma inimizade.

Sim, concordo com o Diretor. É lamentável e muito preocupante a situação que o Verdão está passado. São três anos sem ganhar um titulo e se formos falar de título de expressão a soma é um pouco maior. 

Hoje a crise deu expressões de não acabar tão cedo, parece que o palmeirense não terá paz tão cedo e com agravante, não há sinais de mudança. O técnico, que nas demais equipes é responsabilizado pelos maus resultados, no Palmeiras é intocável e recebe apoio da diretoria. 

O Tom de Bola tem como princípios de postagem a divulgação de times que estão em boas posições nos principais campeonatos, digo isso para evitar protestos dos palmeirenses. Pois ultimamente os espaços para o Palmeiras nesse blog é aberto apenas para notícias não agradáveis. No entanto, não houve situação para exaltar o Palmeiras nos últimos dias. 


A última vitória verde completou hoje um mês, foi na partida diante do Ceará, quando o Verdão venceu por 1 a 0. De lá para cá, já são seis jogos sem vitória: Atlético - GO (1 x 1), América (1 x1), Santos (1 x 0), Flamengo (1 x 1), Fluminense (2 x 1) e Figueirense (2 x 1)

Estava pensando com intitular essa postagem e me lembrei de um filme de 1984, que era reprisado incessantemente no SBT, os mais experientes vão se lembrar de "História sem Fim". 

Filme que contava a história de Bastião que narrava a história na terra da Fantasia. No decorrer da narração era clara a sensação que os personagens sentiam a presença de Bastião, já que ele era a "chave" do sucesso da jornada que está lendo. Na metade do livro, ele entra na própria fantasia e toma um papel mais ativo.

Trazendo o filme para dentro do Palmeiras, podemos dizer que: Felipão narra uma história de fantasia, os jogadores sentem sua presença, mas não surte nenhum efeito e, infelizmente, a chave do sucesso é ele.

Só falta o treinador entrar na própria fantasia e ter um papel mais ativo. E mais uma coisa, do mesmo modo que o SBT reprisava o filme, os palmeirenses são obrigados a assistir a cada rodada a mesma situação.

sábado, 15 de outubro de 2011

QUEM SERÁ O GRANDE CAMPEÃO?


O Campeonato Brasileiro já realizou 76% dos jogos programados para a temporada. Foram 289 confrontos, foram marcados 780 gols, que dá uma média de 2,7 gols por jogo. Continuando a falar de números, o melhor ataque é o do Mengão, com 48 gols, e a melhor defesa e a do Palmeiras, com 28 gols sofridos.

Os lideres estão com um percentual muito abaixo dos últimos campeões (igualando-se apenas ao Flamengo de 2009), hoje o Corinthians e o Vasco têm um aproveitamento de 59% dos pontos disputados, enquanto a média desde 2006 é de 65%.

Mas vamos deixar os números para os matemáticos e vamos ver o que cada time precisa fazer para ficar com o caneco.
 A SORTE VOLTOU PARA O CORINTHIANS

Como são as coisas, o futebol nos reserva situações estranhas e difíceis de entender. O Timão fez um ótimo primeiro tempo diante do Atlético – GO e abriu uma vantagem de três gols, que garantiu a vitória no domingo passado. No mesmo Pacaembu, o Corinthians recebeu o Botafogo e fez um primeiro tempo deplorável, sofreu dois gols, que culminou a derrota.

Com dois primeiros tempos distintos, a quinta-feira rendeu apreensão por parte dos jogadores e torcida, pois a liderança voltava a ser ameaçada pelo Vasco, que foi até a Arena da Baixada para encarar o Atlético – PR.

Dentro do gráfico “SEQUÊNCIA PARA SER CAMPEÃO” (clique na imagem para ampliar), é o time, dentre os seis com chances, que não terá mais a dificuldade dos confrontos diretos. Em compensação terá a terceira pior sequência de jogos, pois encara os quatro times que estão na zona da degola e um que foge das posições indesejadas.

Próximo Confronto: Cruzeiro (16ª com 31 pontos, na Arena do Jacaré, 16/10/11) – No primeiro turno, a equipe mineira surpreendeu o então invicto Corinthians, pelo placar de 1 a 0.

QUE AZAR DO VASCO

O Trem bala da Colina fez um péssimo primeiro tempo e sofreu dois gols, quando tudo estava encaminhado para uma derrota, o Atlético – PR recuou para seu campo de defesa. Com o recuo do adversário, no segundo tempo o Vasco mudou a postura e buscou, na raça, o empate que o igualou em número de pontos com o Timão, perdendo em número de vitórias.

No gráfico, é o time com o maior grau de dificuldade. Terá pela frente quatro confrontos diretos, sendo que três são clássicos regionais, dois times que estão na zona da degola e um que briga para não entrar na parte indesejada da tabela.

Próximo Confronto: Atlético - MG (17ª com 30 pontos, em São Januário, 16/10/11) – No primeiro turno, o Vasco venceu fora de casa, pelo placar de 1 a 0.

LÍDER VIRTUAL

Com uma importante vitória sobre o líder, o Botafogo voltou a vislumbrar a primeira colocação do campeonato. Time que ainda tem um jogo atrasado diante do Santos, pode ultrapassar o líder caso vença essa partida. Sendo assim é o único time que só depende de suas próprias forças para conquistar o seu terceiro (contando o de 1968) título Nacional. Não depende de derrota das demais equipes, basta fazer sua parte para assumir a liderança e mantê-la até o fim do torneio.

No gráfico, é o segundo maior grau de dificuldade. Terá pela frente dois confrontos diretos, com a agravante de serem clássicos regionais, e encara os quatro times que estão na zona da degola.
Próximo Confronto: Atlético - PR (18ª com 28 pontos, no Engenhão) – No primeiro turno, o sofreu a derrota pelo placar de 1 a 0, jogando fora de casa.

EM BUSCA DO HEPTA

O São Paulo deixou escapar a chance de reassumir, após 23 rodadas, a liderança do campeonato e de quebra caiu da terceira para a quarta colocação do campeonato. Com dois empates nas últimas duas rodadas, o Tricolor tem, por obrigação, de vencer o próximo confronto para não ficar mais ameaçado pelo Mengão, que hoje está empatado em número de pontos.

No gráfico, passará por situações consideradas fáceis para a conquista e fica com o segundo melhor caminho. Pois tem apenas um confronto direto, encara três dos rebaixáveis e os clássicos regionais serão contra times que não estão mais brigando pelo titulo.

Próximo Confronto: Atlético - GO (12ª com 39 pontos, no Serra Dourada) – No primeiro turno, em pleno Morumbi, o Dragão arrancou o empate em 2 a 2.

EM BUSCA DO HEPTA 2

O Flamengo vencia o Palmeiras, mas permitiu o empate e permaneceu na quinta colocação. Sem duvida é o time com o menor grau de dificuldade pela frente. Levando em consideração as pretensões das equipes que vem pelo caminho. Tem apenas um confronto direto com o Vasco na última rodada; encara o Internacional, que tem chances de titulo; Ceará e Cruzeiro que estão perigando na zona da degola.

Próximo Confronto: Ceará (15ª com 32 pontos, no Pres. Vargas) – No primeiro turno, em Macaé, o Ceará arrancou o empate em 1 a 1.

DE BICICLETA RUMO AO TÍTULO

O grande destaque da 29ª rodada ficou por conta de Fred do Fluminense, que com três gols, um de bicicleta, garantiu a vitória do tricolor Carioca e o deixou a quatro pontos da liderança. O craque ainda se deu ao luxo de perder um pênalti, mas não tem como reclamar do cara. Ele só não foi nota 10 por conta desse detalhe.

Tem o terceiro maior grau de dificuldade, pois terá que passar por dois confrontos direitos em clássicos regionais, encara o Inter, dois times que estão na zona da degola e um que corre risco de rebaixamento.

Próximo Confronto: Palmeiras (9ª com 41 pontos, no Canindé) – No primeiro turno, vitória Tricolor por 1 a 0.

Deixe o seu comentário sobre qual time tem a vida mais fácil nessa reta final!

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

VEJA OS PALPITES DO TOM PARA A 30ª RODADA


Confira o que as seis primeiras equipes terão que encarar para ficar com o título. Se for fazer uma análise das situação, o Flamengo é o time que vai ter "teoricamente" a sequencia mais fácil, mas futebol é futebol e não tem favorito.

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

O CORINGÃO "JÁ" VOLTOU!

Vinte e um dias fora da primeira colocação! Quatro rodadas correndo para não se distanciar de seu lugar predileto! Isso tudo aliado às provocações dos adversários! Mas isso acabou nesse domingo! O Timão acabou com o fogo do Dragão goiano, que estava entalado na garganta desde o ano passado, e de quebra promoveu a estréia de Adriano.

E tudo aconteceu como no primeiro turno: bom resultado diante do São Paulo, campanha estabilizada, confiança de volta e liderança confirmada. Em minha opinião a liderança já se fazia merecida contra o Vasco, mas por falta de pontaria, o Timão saiu de São Januário com um empate frustrante.

Mas essa rodada foi muito boa para a equipe corintiana. Tudo começa na quarta-feira, quando o Tricolor empata com o Cruzeiro e estaciona na terceira colocação.

E para ficar tudo preparado para o Corinthians, o Vasco não suporta o Internacional e perde por três a zero. Pronto! Só faltava a vitória corintiana, mas o adversário era o Dragão que já havia aprontado contra o Timão e foi o grande responsável pelo fracasso no ano passado. Quem não se recorda das duas derrotas para o time goiano? Primeiro foi o 3 x 1 em Goiânia e 4 x 3 no Pacaembu. O segundo jogo culminou na demissão de Adilson Batista.

Esse raio não poderia cair duas vezes no mesmo lugar, e não caiu! No primeiro turno, uma vitória magra com um gol solitário de Willian e ontem uma elástica para tirar qualquer duvida a cerca do potencial corintiano.

Com um primeiro tempo irrepreensível, o Corinthians construiu a vitória por 3 a 0. Leandro Castan marcou o primeiro. Alex cobra escanteio, o zagueiro sobe para marcar e colocar o Timão na primeira colocação, isso aos 8 minutos de jogo. Antes disso, Danilo já havia acertado o travessão, em ótima triangulação pela esquerda.

E quase que o beque marca um gol antológico! Com um chutão de sua de seu campo de defesa, a bola engana o goleiro Marcio, que se recupera e impede o gol.

O Corinthians só voltou a marcar aos 37 minutos, com um golaço de Willian (tava na hora de acordar, olha o Adriano fungando no cangote), que acertou o ângulo direito do goleirão goiano. E para fechar com chave de ouro, nada melhor que o gol da inteligência. Danilo toca para Alex, o camisa 12 do Timão acerta um belo chute com o pé direito e deu números finais a partida. Sim! Números finais.

Para o segundo tempo, o Corinthians voltou com a estratégia “Sebastian Vettel”: Tirar o pé, administrar para garantir os pontos e assumir a liderança. Para que não viu ou não tomou conhecimento, o alemão Sebastian Vettel precisava de poucos pontos para garantir o Bicampeonato da F1. Para não correr risco, tirou o pé, administrou a corrida e com o terceiro lugar, se tornou o mais novo bicampeão.

O Dragão até esboçou uma reação, mas não teve forças para surpreender o Corinthians.

O Corinthians levou a partida em banho-maria, preparando e deixando tudo pronto para a entrada Adriano, que era solicitado pela torcida desde os 10 minutos de jogo. Tite com toda cautela e inteligencia, visando evitar protestos, colocou o Imperador para aquecer aos 10 minutos do segundo tempo. O chamou e o preparou para a entrada. Então, por volta dos 35 minutos, levanta a placa que apontava a estreia de Adriano no lugar de Alex.

Tocou duas vezes na bola e quase marcou num contra-ataque, que Catito Ramirez não foi egoísta e tentou passar para o Imperador.

Mas tudo isso ficou em segundo plano, pois o Timão é, pela 18ª rodada, o líder do campeonato.

domingo, 9 de outubro de 2011

VEJA OS PALPITES DO TOM PARA A 28ª RODADA

PLACAR DA RODADA:
Cruzeiro 3 x 3 São Paulo
Botafogo 2 x 2 Bahia
Coritiba 2 x 0 Grêmio
América 0 x 0 Atlético - MG
Santos 1 x 0 Palmeiras
Flamengo 3 x 2 Fluminense
Internacional 3 x 0 Vasco
Corinthians 3 x 0 Atlético - GO
Avaí 3 x 0 Atlético - PR
Ceará 1 x 1 Figueirense

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

A COPA DE 2014 COMEÇA AQUI!

Futuro campo do Itaquerão já está demarcado pelos funcionários, que chegaram a pintar o local em que ficará o círculo central

domingo, 2 de outubro de 2011

ANDRÉS SANCHES O MENTIROSO

Quem nunca contou uma mentirinha? E se for primeiro de abril, ai as mentiras estão liberadas e são até engraçadas! Mas o que dizer quando a mentira está no dia-a-dia das pessoas? Alguns dizem que é doença e em alguns momentos os donos das mentiras começam a acreditar nas mesmas. 

Homem cafajeste é um excelente contador de mentiras para se sair bem das noitadas a fora. Políticos, sim, esses são os maiores mentirosos, mas a mentira que sai de suas bocas ganham o nome de promessas de campanha.

Agora o que dizer de um dirigente de futebol? Pensando bem, são politicos, alguns bons, outros ruins e os malandros. Na última categoria, a de malandro, incluo um Presidente que atende pelo nome de Andrés Sanches.

Assumiu a posição de Presidente do clube que hoje ostenta a marca mais valiosa do país dentre os times de futebol. O ano era 2007 quando o sr. Alberto Dualib renunciou para não sofre impeachment. Através de eleição extraordinária, Andrés Sanches foi eleito. 

Tirou o Timão da segunda divisão e o colocou na rota mundial. Mas de uns tempos para cá, seu nome vem a mídia com prováveis mentiras e enganos. Essa semana por exemplo já são duas as noticias de mentira, em casos corriqueiros de um clube de futebol, a transferência de jogadores.

Após empate sem gol contra o time do Morumbi, o mandatório comentou a respeito de uma possível saída de Dagoberto em direção a Vila Belmiro. A declaração caiu como uma bomba nos vestiários do Tricolor e o retorno não foi nada gentil. Dagoberto disse que o presidente era irresponsável e mentiroso. 

Não contente com essa polemica, Andrés divulgou essa semana que não era o Santos, mas sim o Internacional de Porto Alegre e mais, que os empresários do jogador, ofereceram o passe para o Timão. E mais uma vez desmentiram o presidente, mas agora foram os empresários.

Todas essas declarações são, para mim, apenas mais uma manobra do presidente para tirar a má fase Alvinegra de foco. E digo mais, acredito que Dagoberto esteja de malas prontas e vai em direção ao Itaquerão, em 2012 vai vestir o Manto Alvinegro. Que não seria mau negócio!

Agora, se formos juntar as "mentiras" do Presidente, dá um livro. Vamos ver algumas:

Diz o Presidente Andrés Sanches:
- Vinda de Ronaldo para o Coritnthians é impossível...
Ronaldo jogou no Corinthians de 2009 a 2011
- Herrera continuará no Timão em 2009...
O argentino se transferiu para o Grêmio de Porto Alegre
- No dia 24/03/11, Andrés negou qualquer possibilidade de Adriano vestir a camisa do Timão...
Em 31/03/2011, Adriano é apresentado como novo reforço para a temporada.
- Andrés garante que o Itaquerão não é para a Copa do Mundo...
Itaquerão é apresentado como possível Estádio para a abertura da Copa.
- Pelo twitter, Andrés confirma acerto de Cristian...
Dias depois, Cristian aciona judicialmente o Corinthians e não vem.
- Dagoberto acertou com o Santos...
Dagoberto desmente
- Dagoberto acertou com o Internacional...
Empresários do jogador desmentem
- Dagoberto foi oferecido ao Timão...
Eu acredito, mas os empresários desmentem.

Isso tudo sem contar as datas previstas para início das obras, foram umas cinco previsões.

Agora ele diz que não jogaria a Libertadores, pois as cotas são baixas. Será? Acho que é um meio de minimizar o fato de o Timão não ter vencido nenhuma.

Outra que ele garante é o retorno de Ronaldo aos gramados. Será? Acho que o Ronaldo quer descansar e ficar contando seus dinheiros.

E ai? O que você acha? Mentiroso ou polêmico? Mentira ou gozação? Deixe sua opinião.