terça-feira, 5 de julho de 2011

COPA AMÉRICA: RODADA OSSO DURO DE ROER


O início da Copa América era cercada de expectativas por todos os lados. Os argentinos, donos da casa, esperavam ver Messi fazendo pelo menos um terço do que faz no Barcelona. Os uruguaios apostavam no bom futebol de Diego Forlán e acreditavam em pelo menos uma vitória magra sobre os Peruanos.

Os brasileiros queriam ver Neymar e Ganso aprontarem de suas peripécias e o Brasil passar fácil pelos venezuelanos.

Sem contar as demais seleções que por algum motivo acreditam em algum jogador de seu elenco. Mas vamos ficar com as mais badaladas: Argentina, Brasil e Uruguai.

Tem o Paraguai também, mas quem torce para eles, torce para ver Larissa Riquelme tirar a roupa. Também com o futebol apresentado na primeira partida, diante do Equador, é de deixar qualquer um doido com vontade de tirar a roupa e sair correndo!!!

No entanto, digo isso com muito receio, o próximo desafio são os pupilos dos olhos da musa. Se o Brasil apresentar o “futebolzinho” que apresentou diante da Venezuela, poderá se complicar.
 
Não quero falar de nossa seleção, por que foi apenas o primeiro jogo e acredito em uma reação imediata. Vamos falar dos números dessa primeira rodada.

Os números são decepcionantes, nas últimas seis edições, não se viu uma primeira rodada tão horrível como essa. Faltou vontade, garra, técnica e, principalmente, futebol.

Os senhores Messi, Neymar, Forlán e cia deixaram o futebol nos países em que atuam ou será que foi o frio que congelou? Não é possível! Jogadores com um nível desses, permitirem que a Copa América apresente números horrorosos como esses. Messi é o melhor do mundo, Neymar destaque nos campeonatos que disputou esse ano e Forlán foi o melhor da copa passada. O que aconteceu?

Em seis jogos tivemos apenas duas vitórias, quatro empates e oito gols marcados. Apenas Colômbia e Chile venceram suas partidas e o segundo foi quem mais marcou gol, fez dois.

O Brasil não empatava em seu início desde 1993, quando empatou com o Peru sem gols. De lá para cá foram seis vitórias e não sofre gol desde 1991, quando venceu a Bolívia por 2 a 1.

O TOM DE BOLA preparou uma analise dos números apresentados de 1997 até a edição atual e é nítido que esse foi o pior inicio de C. A. dos últimos tempos. Veja os quadros acima.

Gols? Quase escassos! Vitórias? Raridade! Futebol! Alguém viu?

O grande destaque da rodada ficou por conta do cachorro que deu o ar de sua graça na partida entre Brasil e Venezuela. Deu baile em quem tentou retirá-lo de campo, saiu quando quis pelo túnel de acesso aos vestiários e foi ovacionado.

RESULTADOS DA 1ª RODADA:
Argentina 1 x 1 Bolívia
Colômbia 1 x 0 Costa Rica

Brasil 0 x 0 Venezuela
Paraguai 0 x 0 Equador

Uruguai 1 x 1 Peru
Chile 2 x 1 México

1 Comentários:

  1. Decepção dos 3 favoritos em... E muito pouco gol, uma decepção!

    Passa lá:

    Abração

    http://www.gremista-sangueazul.com

    ResponderExcluir