sábado, 30 de abril de 2011

SANTOS PASSA MAIS UMA VEZ PELO SÃO PAULO

Igual aconteceu em 2010, o Santos vence o São Paulo, em pleno Morumbi por 2 a 0 e elimina a possibilidade de título para o Tricolor. Santos faz o que os outros adversários não estavam conseguindo fazer e com gols marcados por Elano e Ganso elimina o São Paulo mais uma vez na semi final.

O palco foi o mesmo Morumbi que abrigou shows de Shakira, Iron e U2, mas dessa vez foi usado para a apresentação dos meninos da Vila. O adversário era a mesma equipe que passou pela Portuguesa, sem merecer, a Lusa foi superior. E da mesma forma passou pelo Goiás.

Dessa vez não teve jeito, não teve sorte e nem futebol para vencer os meninos da Vila. Neymar logo com dois minutos de jogo mostrou suas espinhas, rouba a bola de Alex Silva (que quis inventar) e acertou uma bola na trave de Rogério Ceni, méritos para o goleiro que desviou antes. Léo recebeu de Ganso e também exigiu boa intervenção do goleiro, em outra boa jogada pela esquerda.

Mas o São Paulo passou a atacar e levar perigo ao gol santista, Rafael foi um grande personagem no primeiro tempo. Praticando ótimas defesas, cheguei a pensar que o São Paulo levaria mais essa vitória. Dagoberto teve duas ótimas oportunidades, numa delas, fez uma linda jogada pela direta, passou pelos defensores e chutou no contra pé, mas Rafael mais uma vez impediu o gol que poderia mudar a história do jogo. 

O Tricolor insistia em jogadas pelas laterais, bons arremates de fora da área, mas abusava em perder gols. Infelizmente o primeiro tempo acabou. Para o Paulo Cezar Carpegiani, se não tivesse acabado, o resultado seria outro:

- Se o jogo continuasse como no primeiro tempo, fatalmente teríamos mais chances de vencer - disse Paulo Cesar Carpegiani em entrevista coletiva.

Mas infelizmente tudo mudou e Muricy foi ousado e tirou um atacante, Zé Eduardo sai para a entrada de Bruno Aguiar. Zagueiro!?

Com isso deu mais liberdade a Elano que passou a encostar mais nos atacantes, mas confesso que chamei o técnico santista de burro.

Em jogada pela direita, um cruzamento e não tinha nenhum atacante de ofício para encostar o pé na bola e colocar para dentro. Só que o cara é mestre e sabe o que faz, não é a toa que é um dos melhores técnicos do país.

O Santos passou a dominar as ações da partida, não deixou o São Paulo levar perigo ao seu goleiro, que cai entre nós, já havia trabalhado muito no primeiro tempo.

Com o domínio e cadenciando a partida, Ganso e Elano, com a ajuda de seus fieis laterais, passaram a investir em bolas aprofundadas para corrida de Neymar.

Então, pela esquerda veio o desequilíbrio. Bola para Neymar que vai até a linha de fundo e toca para Ganso. Ai a inteligência fez a diferença, Ganso espera e cruza para Elano tocar para o fundo do gol e corre para os braços da Torcida Jovem. Rogério Ceni nem se mexe.

A inteligência precisava ser premiada, não demorou muito e em mais uma ótima jogada de Ganso, que achou Neymar na corrida entre os defensores do Tricolor. O atacante ganha na corrida, mesmo tocado pelo zagueiro, continua a jogada, perde o angulo e... para, pensa, espera e serve o grande amigo. Ganso chega e bate seco, mais uma vez Rogério Ceni nem se mexe. Mas Ganso se mexe e vai comemorar o gol que selou a vitória santista.

Mais uma vitória da inteligência, Muricy mostrou que é o melhor técnico do país e sabe trabalhar. Desde quando um técnico precisando vencer, tira um atacante e coloca um zagueiro? Mas foi isso que fez a diferença nessa tarde. Quando tirou Zé Eduardo e colocou Bruno Aguiar, deu mais liberdade a Elano e Ganso, os caras marcaram e deram a vitória ao mestre.

Antes do apito final, Neymar se deu ao luxo de perder um gol cara a cara com o gigante Rogério Ceni. O goleirão se agigantou diante do garoto que chutou por cima do gol.

Com a vitória o Santos se credencia a conquistar o Bicampeonato Paulista, ano passado venceu o São Paulo na semi e foi campeão sobre o Santo André.

Agora espera a definição do adversário.

Palmeiras e Corinthians disputarão amanhã a segunda vaga na final do Paulistão 2011.

1 Comentários:

  1. Cara, o Santos poderia ter sofrido gols no início, mas o SP não aproveitou as chances. Não adianta, é um jogo só, ou faz ou toma depois e cai fora. Ainda mais contra o ótimo time do Santos. O SP vacilou e pagou o preço. Agora, toda torcida do SP está deixando de reconhecer que o Santos foi melhor, e botando a culpa nos desfalques. Vamos saber perder tb né,por favor! Abç.

    ResponderExcluir