quinta-feira, 10 de março de 2011

SANTOS: SANTO ACARAJÉ

Neymar "arretado" volta da Bahia, marcar e leva o Santos a vitória diante da Portuguesa. Atacante faz dois gols na vitória santista por 3 a 0, comanda o Santos que cola na ponta da tabela.

O garoto Neymar estava de folga e foi para a Bahia curtir o carnaval, mas deixava o Santos sob certas desconfianças. Onde o principal fato foi a demissão de Adilson Batista após mais um empate diante do Cerro Porteño, pela Libertadores. Nesse jogo o garoto participou e foi discreto, não aprontou nenhuma de suas travessuras.

Mas diferente de muitos, que preferem descansar para repor suas energias, principalmente se o caso for igual ao de Neymar que disputou um torneio de alto nível, a Copa Sul-americana sub 20, onde foi campeão com a Seleção Brasileira. Ele preferiu pegar uma folguinha para curtir o carnaval baiano, onde foi o principal destaque.

Fim das festividades, Neymar volta ao Santos e mostra o que a Bahia tem, pois o cara voltou, marcou duas vezes e comandou.

O jogo começa e quem tem a primeira oportunidade é a Lusinha, que tenta em chute de fora da área, a bola é desviada por Edu Dracena e sai em escanteio. E não foi só isso, o time da Portuguesa fazia com que o Santos não conseguisse sair, mas aos oito minutos Neymar aparece e começa a ditar o jogo. Recebe ótimo lançamento de Leo, corta para o meio da área e chuta, mas o goleirão Weverton defende e joga para escanteio. Não demorou para ele voltar a aparecer, aos treze minutos Jonathan cruza em sua cabeça, entre os zagueiros e na cara do gol, joga para fora.

Neymar continua fazendo boas jogadas, alternando-se, ora pela direita, ora pela esquerda e dando opções de jogada, não se esconde em momento algum do jogo. Confira melhores momentos no vídeo ao lado.

A Lusa passou a dar um pouco de trabalho a partir do vigésimo terceiro minutos, teve algumas investidas no ataque, mas sem dar tanto trabalho ao goleiro Rafael.

Mas aos 40 minutos acabaram as possibilidades, pois o "Super Boy" chamou o jogo para si.
Elano lança a bola da direta do campo de defesa para a esquerda do campo de ataque, certinho no pé de Neymar, que tira dois zagueiros da jogada e bate de pé esquerdo. Belo gol, Santos 1 a 0.

Na volta do segundo tempo a Lusa parecia nervosa e logo no primeiro minuto, cartão amarelo para Fernandinho. Por quê? Fez falta em Neymar.

Mas não adiantava, o menino não se intimidou e foi para cima, resultado mais gol.

Aos 5 minutos do segundo tempo, Dracena tira a bola do seu campo de defesa, que cai no pé de Neymar. Ele vai para cima, como sempre, tira o zagueiro e chuta para marcar seu segundo gol. Santos 2 a 0.

Apesar dos dois gols o garoto continuava mostrando seu futebol, dando bons passes, principalmente depois que entrou o jogador do Palmeiras, Maikon Leite.

Aos 33 minutos sentiu o gostinho de ser capitão do Santástico, pois Edu Dracena sai para a entrada de Bruno Aguiar. Edu Dracena então passa a faixa para o menino.

Maikon Leite, aos 37 minutos recebe bola de Danilo, ele avança pela esquerda e chuta. A bola caprichosamente vai no travessão.

No terceiro gol santista não pedia ser diferente. Leo cobra o lateral para Neymar, que fazem ótima triangulação, Leo passa entre os zagueiros, Neymar o deixa na cara do gol para marcar o terceiro. Meio gol é dele, se puder colocar na sumula, não vai fazer mal nenhum.

Com a vitória santista e a derrota corintiana, o Santos assume a segunda posição com o mesmo número de pontos que o Corinthians, perdendo apenas no saldo de gols.

LIÉDSON NÃO MARCA, CORINTHIANS NÃO VENCE

O Corinthians caiu na armadilha da Ponte e deixou escapar a sua condição de único time invicto da competição. No gol da Macaca, Julio Cesar aceita chute despretensioso de fora da área de Ewerton Santos, ex-corintiano rebaixado em 2007.do a cada jogo, foi assim contra Palmeiras e Santos. Entrou como coadjuvante e saiu como estrela principal, mas NO APAGAR DAS LUZES, VALDIVIA BRILHA

Palmeiras perdia por 1 a 0 para o Noroeste até os 37 minutos, até que uma luz iluminou Valdivia que marcou belo gol de falta e deu passe para o gol da virada.


O Palmeiras em mais uma partida marcada por várias pancadas no time alviverde, não é  por acaso que é o time que mais recebe faltas no campeonato. E mais uma vez o Palmeiras foi beneficiado por uma expulsão no time adversário. Não entenda beneficiado com ajudado, a expulsão foi justa, mas se não fosse essa expulsão talvez o Palmeiras não saísse com a vitória. No entanto, foi o que vem acontecendo nos últimos jogos: o Verdão ataca, ataca, mas não faz gol. O adversário bate, bate e tem expulsão. Ai fica fácil! Foi assim nos empates contra o Mogi Mirim, São Paulo e Santo André e também nas vitórias diante de Comercial - PI e Noroeste.


Mas o Palmeiras não tem nada a ver com isso e aproveita bem essa situação. 

0 Comentários:

Postar um comentário