segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

ZEBRAS A SOLTA NA SEGUNDA FASE DA COPINHA

A segunda fase da Copa São Paulo de Juniores foi marcada por zebras, muitas zebras, clubes considerados pequenos despacharam os considerados grandes.

Primeira zebra é aqui de São Paulo mesmo, Campinas para ser mais exato. A gloriosa macaca foi para cima do Grêmio e com um resultado magro passou para as oitavas.

Mesmo com a melhor campanha da primeira fase, o Corinthians jogou muito mal e o Desportivo Brasil se aproveitou e despachou o time da capital.

O Vasco parou diante do Paulista de Jundiaí e voltou para o Rio de Janeiro.

O galo, Atlético Mineiro empatou no tempo normal em 2 a 2 contra o Coritiba e nos pênaltis deixou escapar a oportunidade de ir as oitavas.

O Palmeiras perdeu de 2 a 0 para o vizinho da frente e viu a chance de seu primeiro titulo na copinha atravessar a avenida.

Portuguesa e Bahia fizeram um jogo de gente grande, mas como só um passaria para a próxima fase e, quem passou foi o Bahia, vencendo por 2 a 1.

Já São Paulo (confira os lances de São Paulo e Olé Brasil no vídeo acima), Internacional, Fluminense e Santos fizeram o dever de casa e estão na próxima fase.

JOGOS DAS OITAVAS DE FINAIS

Ponte Preta x Desportivo Brasil
Paulista x PAEC

Coritiba x Atlético – PR
São Paulo x Flamengo

Nacional – SP x Internacional
América – MG x Fluminense

Santos x Rio Preto
Vitória x Bahia

DESTAQUES

Os destaques ficam por conta de São Paulo que pega o Flamengo e o querido BA-VI. Bahia e Vitória vão se enfrentar em uma disputa de muita rivalidade e tradição.

São Paulo se classificou em primeiro lugar no grupo M com 100% de aproveitamento, fez 11 gols e sofreu apenas um. Já o Flamengo se classificou no índice técnico, pois ficou em segundo lugar em seu grupo K com 78% de aproveitamento, marcou 10 gols e sofreu apenas um. Na segunda fase o Tricolor passou fácil pelo modesto Olé Brasil, de contra partida, o Mengão teve pela frente o Cruzeiro, empate no tempo normal e nos pênaltis o time do Rio conquistou a vaga.

No BA-VI, grande clássico da parte de cima do mapa. O Bahia se classificou no índice técnico, com 67% de aproveitamento, marcou cinco gols e sofreu apenas um. O Vitória foi o melhor de seu grupo com 100% de aproveitamento, marcou seis e sofreu dois.

Para quem gosta da “Copinha”, grandes emoções.

0 Comentários:

Postar um comentário