quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

EMPATE COM SABOR AMARGO!

Corinthians só empata com o Tolima – COL e a missão fica mais complicada.

Na noite de 26/01/11, no Pacaembu o Corinthians enfrentou a equipe do Tolima da Colômbia pela fase prévia da Libertadores e o que se viu foi um jogo muito ruim de ambas as partes. O Corinthians tocava a bola tentando furar o bloqueio imposto pelos colombianos, pois quando não estavam com a bola, marcavam com os 10 jogadores atrás da linha da bola impossibilitando avanços corintianos e quando tinham a bola no pé tentavam sair em velocidade.

A zaga corintiana quase se complica por diversas vezes com a chamada linha burra (jogada em que os zagueiros saem na hora do passe do adversário para deixar o ataque em impedimento), em uma delas, Roberto Carlos não conseguiu sair a tempo e o atacante do Tolima saiu na cara de Julio César, por sorte o auxiliar errou e marcou impedimento.

O Corinthians não conseguia sair com velocidade para o ataque, Jucilei não jogava bem e errou muitos passes, Dentinho não evoluía pela direita, Bruno César apático não conseguia criar, todas as bolas eram centralizadas em Ronaldo que não conseguia sair da forte marcação dos colombianos. O único que estava conseguindo dar trabalho à zaga colombiana era Jorge Henrique, mesmo fazendo uma função que muitos jogadores não conseguem executar, atacava e voltava para compor o meio campo.

O time insistia muito em jogadas pelo lado direito (de onde saíram as duas jogadas mais perigosas) com Jucilei, Alessandro que não estava muito bem e sem ritmo de jogo e Dentinho, mas não conseguia furar o bloqueio.

O Corinthians teve apenas duas chances de gol claras no primeiro tempo e pelo alto, na primeira, bola cruzada para área encontra Ronaldo livre de marcação que cabeceia para defesa do arqueiro Silva, no segundo lance, bola cruzada com força para área Jorge Henrique mergulha, cabeceia e a bola passa a direita assustando, fora isso mais nada.

Antes de acabar o primeiro tempo, Tite pede para que sejam invertidas as posições, Dentinho que jogava pela direita vai para esquerda, Jorge Henrique que estava na esquerda vai para o meio e Bruno César que jogava pelo meio vai para a direita. Tentando explorar os bons chutes de Bruno César, que cortaria para o meio e bateria com a esquerda, mais uma tentativa frustrante, pois o goleador não consegue fazer nenhuma jogada. Toda vez que pegava na bola a defesa do Tolima fazia o triangulo para impedir qualquer tentativa de arremate forçando o meia voltar a bola para a lateral.

O sistema do técnico Hernán Torres deu certo, pois jogou com um esquema que podemos chamar de 4-5-1. Quando estava com a bola dois meias abriam pelas pontas, e se tornavam mais dois atacantes, quando estavam sem a bola voltava para recompor o meio com os outros três volantes, ficando assim com cinco jogadores.

O segundo tempo começa e o Corinthians toca a bola e gera impaciência na Fiel, em lances que a bola podia ser reposta com mais rapidez o time não correspondia e a Fiel reclamava.

Antes dos quinze minutos o técnico Tite resolve sacar Bruno César, que devia estar com a frase de Ronaldo na cabeça que disse que o time foi egoísta no jogo contra o Noroeste, pois não chutou nenhuma bola em gol preferiu tocar todas. Entra Edno em seu lugar, que entra perdido em campo, mas com mais objetividade e chaga a arriscar alguns chutes.

Como o time ainda não evoluía, sai Roberto Carlos e entra Marcelo Oliveira, não era o que o time precisava, pois o jogo ficou na mesmo. Marcelo Oliveira se arrisca no ataque, mas sem assustar a defesa colombiana.

Chicão ainda teve chance de marcar numa cobrança de falta que passa raspando a trave esqueda do gol, parte da torcida gritou gol e comemorou, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora. Confira melhores momentos do jogo no vídeo abaixo.

Faltando quinze minutos para o fim, sai Dentinho e entra Danilo, quem colocou a mão na cabeça e gritou: NÃÃÃOOO!!!

Viu um time mais cadenciado e com mais chances de chegar ao gol que lhe daria a vitória, pois o Tolima não criou mais nada e viu o Corinthians chegar duas vezes com Danilo de cabeça e um chute de fora da grande área. Mas ficou na mesma. Corinthians 0 x 0 Tolima – COL.

Agora no jogo de volta, quarta-feira que vem na Colômbia, será necessário à vitória ou um empate com gols para o Timão passar para a faze de grupo.

0 Comentários:

Postar um comentário