domingo, 5 de fevereiro de 2012

ANIVERSÁRIO DE NEYMAR, FESTA EM VERDE E BRANCO

E aí galera Apaixonada por Futebol!

A festa era de Neymar que completava seus 20 anos de idade, o Santos é considerado o melhor time do país na atualidade, Presidente Prudente era o palco para o gol de número 100 do aniversariante da tarde, tarde que era castigada pelo forte calor.
Foto: globoesporte.com
O jogo começa em marcha lenta, todos os jogadores tentam se poupar e evitar desgastes desnecessários, pois todos sabemos que o Paulista não é a menina dos olhos de nenhum dos clubes grandes, que disputam Copa do Brasil e Libertadores em paralelo.

Das arquibancadas se ouvia a torcida cantar o bom e velho parabéns para você.

O jogo não era tão bom, que aos quinze minutos de partida, Neymar vai a beira do gramado para trocar suas chuteiras. Será que era esse o problema? É, acho que sim! Neymar na seqüência troca passes com P. H. Ganso, o meia toca para Elano na entrada da grande área. O velho-menino da Vila, que tem sua permanência no elenco indefinida, chuta em diagonal para a boa defesa do goleiro Deola. 

O lance mexeu e acordou o Palmeiras, que em cobrança de falta, Marcos Assunção, sempre ele de falta, obriga Rafael a trabalhar e praticar bela defesa.

O jogo começou a ficar bom, o aniversariante começa a dar show e a defesa verde passa a para-lo com faltas duras. Mas o que chamaria a atenção antes do final do primeiro tempo, seria mais uma contusão do "craque" Valdivia. O jogador sentiu a coxa direita e deu lugar para a entrada de Daniel Carvalho. "Agora me digam por que o Felipão não ousou e colocou o Maikon Leite?"

Fim da primeira etapa e o bolo ficou para o segundo tempo. A festa ainda não estava bombando!

Em minha opinião, o Palmeiras voltou melhor e imprimia um melhor ritmo de jogo. Em duas oportunidades, Marcos Assunção teve a chance de marcar e o goleirão, que deve ir para as Olimpíadas, faz duas ótimas defesas. 

No entanto, o centésimo gol do homem estava próximo e saiu aos 24 minutos. Cruzamento de Ganso e linda cabeçada de Neymar, que só teve o trabalho de empurrar e comemorar. O atacante marcou seu gol de número 100 como profissional, que são distribuídos da seguinte forma: Pelo Santos, em 160 jogos marcou 82 gols; com o Brasil Sub-17, em 3 jogos 1 gol; Brasil Sub-20, em 7 jogos 9 gols e Brasil Principal, 15 jogos 8 gols (100 gols em 185 jogos).

Após o gol sofrido, Felipão aproveita para fazer uma substituição, que em minha opinião já se fazia necessária a muito tempo. No lugar de Luan entra o grande nome desse time, Maikon Leite entra e dá um novo ritmo ao time verde. 

Com a entrada de Maikon Leite, o Palmeiras, como sempre, jogou aguá no chopp santista e estragou a festa do "Pelezinho". Também se aproveitou da péssima exibição do arbitro  Luiz Flavio de Oliveira, que expulsou,injustamente, aos 42 minutos, o jogador Ibson. Pronto! Estava tudo armado e o Santos por sua vez, com muita displicencia, achou que o jogo já estava ganho e abusou dos erros. Neymar e Ganso tentavam fazer jogadas desnecessárias e fora de hora.

Aos 43, um minutos após a expulsão, Marcos Assunção cobra escanteio na cabeça de Fernandão, que testa para o fundo do gol. É o gol de empate! O rodado Fernandão chega ao seu terceiro gol com a camisa do verdão. Para quem não se lembra, o primeiro gol dele pelo Palmeiras, foi nesse mesmo estádio e sobre o Corinthians, em jogo valido pelo 19ª rodada do BRA-11.

Ainda tinha mais, e aos 47 minutos, Juninho tenta cruzamento rasteiro na área, Maranhão desvia para trás e faz contra! VIRA O PALMEIRAS!!!!!!!!!!!

Com a virada, o Palmeiras além de estragar a festa de Neymar (que saiu calado de campo), ganhou statos de m time em acensão, pois ouvi que as coisas estão mudando pelos lados da Academia de Futebol. Situação essa atribuída aos fatos ocorridos nos últimos dias: contratação de Barcos e do meia Wesley (ex-Santos), a parceria firmada com a Kia e a ótima vitória sobre o Santos. Alguns comentaristas apostam nas mudanças positivas no Verdão e você o que acha?

Será que o Palmeiras aspira melhores momentos nesse ano Apostólico para os palmeirenses?

Deixe seu comentário!

2 Comentários:

  1. É não adianta somente Neymar jogar no santos.

    E no Palmeiras, se não fosse Marcos Assunção, estaria brigando contra o rebaixamento

    ---> BOLÃO: Apostas para a 6ª Rodada do Gauchão + Classificação

    ResponderExcluir
  2. O Santos não se impôs e teve uma postura fraca na defesa. Só Neymar mesmo que se destacou, e o Palmeiras em 5 minutos fez o que o peixe não fez o jogo inteiro. E concordo com o grêmista acima, se não fosse o Marcos Assunção o Palmeiras estaria frito. E mesmo com ele, precisa contratar mais gente, além dos já acertados, senão é mais um ano de agônia para o clube. Mas parabéns ao verdão, grande vitória!

    http://porpabloparaosapaixonadosporfutebol.blogspot.com/

    ResponderExcluir