terça-feira, 17 de julho de 2012

SERÁ QUE GUERRERO TRARÁ DESEQUILÍBRIO AO TIMÃO?

E aí galera Apaixonada por Futebol!

Essa semana já rendeu muitos assuntos em volta do atual Campeão Nacional e Continental. O Timão é um dos times que mais movimenta o mercado da bola, gera varias especulações e já começou a apresentar alguns reforços.

As saídas de Leandro Castan, Alex e Liedson; as renovações de Paulinho e Ralf; especulações das possíveis chegadas de Cristian, Nenê e Bruno Mendes; e, principalmente as confirmações das chegadas de José Paolo "Guerrero" e Juan Manuel "Martínez" foram os grandes destaques pelos lados do Parque São Jorge.

Confesso que estou muito contente com o que o Timão vem fazendo em termos de elenco, são poucas as equipes que tem um poder para vender jogadores com o cacife de Alex, manter outros assediados pelo velho continente e contratar grandes nomes para manter a qualidade do elenco e não sentir as perdas.

No entanto, algo me preocupa! O time de Tite vem sendo classificado como uma equipe equilibrada, que dá poucos pontapés, recebe poucos cartões e com muita raridade tem jogadores pendurados. 

A contratação de um jogador em especial pode significar o fim desse equilíbrio emocional adquirido com o passar do tempo. A última expulsão que recordo de um jogador do Timão por conta de uma ação de insensatez e desequilíbrio emocional foi na derrota para o Tolima. Ramirez, compatriota de Guerrero, acertou uma cotovelada em Chará e foi mais cedo para o chuveiro.

Guerrero já provou e afirmou em entrevista que é (ou pelo menos fui) um jogador temperamental e imprudente. Deu carrinho desleal e até jogou garrafa em torcedor o que lhe rendeu alguns dias de suspensão - veja no vídeo.

- Sou temperamental, não gosto de perder, não gosto quando perco jogo algum. E aí, por causa da temperatura da partida, fiz algumas coisas. Mas cada vez que passei por isso, aprendi, são experiências, coisas do futebol. Com tempo você vai aprendendo, fica mais maduro. Mas uma coisa é certa. Vou a campo para ganhar sempre - disse Guerrero.

Será? Será que o cara mudou seu temperamento e vai colocar suas forças direcionadas ao bom futebol ou vai se tornar no grande Estopim do Timão?

Não acredito muito nessas promessas de bom moço, pois na hora (no calor) da partida tudo é diferente. Até em peladas que não valem nada o bicho pega, a chapa esquenta. Imaginem com títulos em jogo. Mas vou aguardar para ver qual será a atitude desse jogador.

Só que uma declaração do Guerrero da Fiel me deixou animado com sua chegada: "Mas uma coisa é certa. Vou a campo para ganhar sempre".

Então, sendo assim: Seja bem vindo!

1 Comentários: