quinta-feira, 2 de maio de 2013

Lúcio é expulso, Ronaldinho marca e São Paulo perde para Atlético-MG de virada - By Uol Esportes

O São Paulo foi do céu ao inferno em questão de minutos na noite desta quinta-feira, na primeira partida das oitavas de final contra o Atlético-MG, no Morumbi. A equipe paulista, que tinha superioridade em campo e vencia por 1 a 0, viu o zagueiro Lúcio ser expulso ainda no primeiro tempo e a coisa desandar. Os mineiros tomaram conta da partida e venceram de virada por 2 a 1, com gols de Ronaldinho Gaúcho e Diego Tardelli.
O atacante Tardelli, revelado para o futebol pelo São Paulo, fez seu gol de número 80 com a camisa do Atlético-MG e conquistou seu espaço ao lado dos grandes ídolos do clube mineiro. Com o ótimo resultado, o time do técnico Cuca pode até perder por um gol de diferença jogando em casa. O São Paulo, por sua vez, precisará de dois gols de diferença, ou um, caso o resultado seja de 3 a 2 para cima. A partida de volta acontece no próximo dia 8, em Belo Horizonte.

Apesar da derrota, uma notícia boa para o São Paulo é que a equipe terá o retorno do artilheiro Luis Fabiano, que volta de suspensão e estará à disposição do comandante Ney Franco. O zagueiro Lúcio, porém, expulso após fazer falta em Bernard, será desfalque para o time tricolor.

O São Paulo começou a partida dominando completamente o Atlético-MG. Muito mais voluntarioso, o time tricolor ganhava todas as divididas e chegava com facilidade ao gol mineiro.  A blitz são-paulina rendeu frutos já aos 7min. Em uma jogada rápida pela direita de Aloísio, Ganso limpou o lance dentro da área e achou Jadson que, sozinho, bateu no canto esquerdo de Victor para abrir o placar.

O gol, no entanto, teve um lado negativo para o São Paulo. O atacante Aloísio, que vinha bem na partida, se machucou e precisou ser substituído por Ademílson. Foi o início do revés da equipe do Morumbi.

O São Paulo continuou em cima e teve ao menos mais três chances de ampliar o marcador, mas parou nos erros de finalização e nas boas defesas de Victor. O Atlético-MG, por sua vez, tentava se encontrar em campo, mas pouco criava. Ronaldinho Gaúcho, bem marcado, não conseguia acionar o trio ofensivo formado por Bernard, Tardelli e Jô.

A história da partida começou a mudar quando, aos 34min, o zagueiro Lucio fez falta feia em Bernard. Como já tinha cartão amarelo, recebeu o vermelho pela infração. Isso obrigou o técnico Ney Franco a sacar Ademilson e colocar Rhodolfo em seu lugar.  Com um a mais em campo, a equipe mineira passou a ser protagonista do jogo. O São Paulo sentiu o baque de seu jogador mais experiente da linha ter sido expulso. Aos 41min, após cobrança de escateio da direita, Ronaldinho Gaúcho, de cabeça, empatou.

Na segunda etapa, Cuca promoveu a entrada de Josué no lugar de Leandro Donizete, que já tinha cartão amarelo. Sabendo aproveitar a superioridade númerica e fazendo a bola girar, o Atlético-MG passou a mandar no jogo. Aos 11min, em belo passe de Ronaldinho, por pouco Jô não virou o placar.


Aos 14min, Marcos Rocha tocou em profundidade para Diego Tardelli na área do São Paulo e o atacante chutou rasteiro na saída de Rogério Ceni para virar a partida. Foi o gol de número 80 do atacante com a camisa da equipe mineira.

Como se não bastasse, as coisas se complicaram ainda mais para o São Paulo quando, aos 26min, o zagueiro Rhodolfo, que havia entrado após a expulsão de Lúcio, também se lesionou e teve que ser substituído por Douglas. Depois disso, o Atlético-MG apenas controlou o jogo para sair do Morumbi com um ótimo resultado.


Por: Danilo Lavieri e Mauricio Duarte

0 Comentários:

Postar um comentário