sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Lucas esbanja vontade na estreia, mas PSG só empata com Ajaccio

O Paris Saint-Germain empatou com o Ajaccio por 0 a 0, na abertura da 20ª rodada do Campeonato Francês. O brasileiro Lucas, que começou como titular, teve uma estreia positiva, com boas jogadas e sendo um dos melhores em campo. Com o resultado, o time parisiense chegou aos 39 pontos, mas pode perder a liderança para Lyon e Olympique de Marselha, que jogam no fim de semana. O Ajaccio, por sua vez, está com 20 pontos e na momentânea 15ª colocação.

No outro jogo do dia, Saint-Étienne e Toulouse fizeram um duelo movimentado que terminou 2 a 2. Neste sábado cinco jogos dão seguimento a 20ª rodada do Campeonato Francês. Destaque para o Lyon, que pode se isolar na ponta caso vença o Troyes fora de casa.

O primeiro toque de Lucas na bola demorou menos de 40 segundos. E o brasileiro mostrou que não estava tímido, driblando com categoria e abrindo o jogo na direita para Jallet. Aliás, o ponto forte do meia foi sua paciência. Atuando pelo lado direito, ele foi se adaptando ao estilo de jogo parisiense. Por conta disso, passou alguns minutos sem tocar novamente na bola.

Com o desenrolar do duelo, porém, Lucas começou a se soltar. Em três oportunidades, fez sua jogada característica, aliando velocidade ao drible rápido. Além disso, se mostrou perigoso nas bolas paradas, cobrando escanteio na cabeça de Alex, que quase abriu o placar.

De uma maneira geral, o primeiro tempo de Lucas foi satisfatório. O PSG, por sua vez, pressionou o adversário quase do início ao fim e teve grande chance com Ibra, que furou feio após passe de Thiago Motta. No entanto, no fim da etapa inicial, o volante ítalo-brasileiro foi expulso após falta dura em Sammaritano.

Mesmo com um a menos, o PSG voltou novamente pressionando o adversário. Contudo, a equipe parisiense sofreu novo golpe: Thiago Silva deixou o campo machucado, com um problema na coxa esquerda. Com isso, Carlo Ancelotti, que já tinha colocado Chantôme no lugar de Pastore no intervalo, precisou queimar nova substituição.

Passada a perda do capitão, logo o PSG voltou a pressionar. A dupla Lucas e Alex voltou a funcionar. Em cruzamento preciso do meia, o zagueiro, novamente de cabeça, obrigou o goleiro Ochoa a fazer grande defesa. Pouco depois o brasileiro fez boa jogada individual e finalizou em cima do jogador do Ajaccio.

A blitz da equipe parisiense contiunou frenética. Em diversos lances a bola se ofereceu para ser concluída, mas a finalização acabava deixando a desejar, para alívio do Ajaccio.

No fim, Lucas sentiu cãibras e foi substituído. A torcida, reconhecendo sua atuação, gritou seu nome e aplaudiu muito o brasileiro. Apesar de não ter conseguido a vitória, o meia conseguiu seu primeiro resultado positivo pessoal na França.

Fonte: lancenet

1 Comentários:

  1. O Lucas não vai demorar a mostrar seu talento na França, porém pra isso o time precisa olhar pra ele como uma peça do coletivo, se ele tiver que carregar nas costas a responsa de ser o craque do time logo na chegada, fica mais difícil. Ele tem culhão pra isso, mas na chegada precisa ser "abraçado" pelo time, pra ter confiança. E pelo que sei, tá rolando um ciúme brabo do Ibrahimovic em relação a ele....enfim, vamos esperar. Abraços!

    http://futmes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir