quarta-feira, 8 de agosto de 2012

NEM TUDO QUE RELUZ É OURO!

E aí galera Apaixonada por Futebol!

O Brasil está contando as horas para que chegue logo o Sábado, e a seleção brasileira de futebol masculino entre em campo para disputar e quem sabe ganhar o tão sonhado ouro inédito.
O adversário é o México, grande freguês do Brasil, que se credenciou para as finais ao passar pelo Japão. Mano sabe que a Seleção está acostumada e jogar contra o México e conhece bem o estilo de jogo do adversário. Mas os mexicanos devem impor uma certa dificuldade aos meninos do Brasil, porém, devem ficar com a prata. Acredito que o Brasil fique com esse ouro, só não será nada fácil.

No entanto, caso o ouro para o Brasil se confirme, muitos se esquecerão de suas próprias criticas direcionadas ao técnico, elenco e direção da nossa seleção.

A confirmação do ouro ofuscará a insegurança que os goleiros Gabriel e Neto trazem para o elenco, a lentidão de Juan, a insatisfação da torcida com o técnico e o maior problema de nossa seleção: a recomposição do setor defensivo. Quando os volantes Sandro e Rômulo avança, o setor defensivo entra em choque e passa a contar apenas com a qualidade de Thiago Silva.

O técnico tem consciência desses problemas, mas até agora não apresentou nenhum plano convincente para erradicá-los e dar um padrão de jogo confiável ao conjunto brasileiro.

O ponto forte dessa seleção (que precisa ser ressaltado) é realmente o ataque que superou a insegurança e instabilidade defensiva. Os avanços dos ótimos laterais, o artilheiro Leandro Damião, o humilde e eficiente Oscar e o craque Neymar fizeram a diferença e marcaram três gols por jogo.

Esse ouro será “ouro de tolo” e o técnico Mano Menezes fará uso de uma frase eternizada pelo bom e velho Mário Jorge Lobo “Zagallo”: Vocês vão Ter que me engolir!

0 Comentários:

Postar um comentário