domingo, 7 de outubro de 2012

ALERTA! DEZ PASSOS PARA A SEGUNDONA!

E aí galera Apaixonada por Futebol!

Demorei para me pronunciar sobre a tarde infernal que jogadores e torcida alviverde passou nesse sábado que antecede as eleições municipais. Fato esse que se deve a um estudo sobre a situação palmeirense, queria juntar dados para transmitir uma mensagem imparcial e baseado em estatísticas.

O Verdão vinha de três vitórias e já era considerado forte candidato à sair da zona de rebaixamento. Os êxitos sobre o Figueirense (3 x 1), Ponte Preta (3 x 0) e Millonarios (3 x 1) deram um novo astral e animou os atuais campeões da Copa do Brasil. Mas bastou apenas um jogo para tudo voltar ao normal, o clima virar e se tornar hostil no Parque Antártica. O São Paulo que não tem nada a ver com a situação do arquirrival, passou por cima sem dó, 3 a 0.

Para começar a escrever sobre o momento que passa o Verdão, vamos iniciar com a conquista da Copa do Brasil. Conquista que caiu no colo dos palmeirenses, isso por que o elenco é muito ruim e limitado. Sua campanha limitou-se ao esforço de passar por Grêmio e Coritiba, time de mais expressão, já que as demais equipes não assustam ninguém. Coruripe - AL, Horizonte - CE, Paraná e Atlético - PR, esses foram os desafios para o Verdão se tornar campeão.

Guiados pela máxima: "Em time que está ganhando não se mexe", a diretoria não reforçou a equipe e imaginou que a saída da ZR seria questão de tempo. Das vinte e oito rodadas, o Palmeiras só não esteve entre os "rebaixáveis" em apenas seis e já está há 10 consecutivas.

Agora o sinal vermelho está mais do que ligado, está mostrando que faltam apenas dez rodadas para o fim do campeonato e a necessidade de tirar a diferença é urgente. O primeiro time fora da zona de rebaixamento é o Coritiba, próximo adversário, e está seis pontos à frente do Alviverde. Partida de extrema importância para uma nova tentativa de respirar no torneio. Só que as noticias que trago abaixo não são agradáveis  mas não passam de meras estatísticas, números não ganham jogo, a falta deles que rebaixam.

Desde 2006, o Brasileirão é disputado por 20 clubes, de lá para cá, apenas o Fluminense em 2009 consegui tirar uma desvantagem superior à três pontos. Na ocasião, o time carioca chegou à vigésima oitava rodada na última colocação com oito pontos à menos que o primeiro time da ZR. Mas com uma arrancada espetacular, tirou a desvantagem e (sem a ajuda do tapetão) se livrou da degola.

Nos demais anos a desvantagem não passava de três pontos e o time que se especializou em fugir da segundona foi o Galo Mineiro. Nas edições de 2007, 2010 e 2011, no mesmo período do campeonato, o Atlético - MG estava entre os candidatos ao rebaixamento e se safou.

Os adversários que o Verdão terá de passar não serão nada fáceis  todos ainda almejam alguma coisa no torneio. Seja fugir da zona de rebaixamento, vaga na Sul-americana ou Libertadores e, principalmente, o título. A saga se inicia diante do primeiro fora da ZR, Coritiba, time freguês nos últimos tempos, mas que não dá moleza e precisa mais do que nunca de um bom resultado para assim abrir maior vantagem sobre os últimos colocados (1º Turno: 1 a 1).

No Aflitos vai ter a dura missão de vencer o chato Náutico. Time perigoso e de ótimo retrospecto em seus domínios  em 14 jogos, são 10 vitórias, 2 empates e 2 derrotas (1º Turno: Palmeiras 3 x 0).

Sem respirar, mais um time com bom desempenho em casa. O Bahia, um dos melhores times do segundo turno, não costuma afinar quando recebe o inimigo em Pituaçu. Não deixa o adversário sair vitorioso de sua casa e nas últimas partidas está apresentando bom futebol, não dando chances para o azar (1º Turno: Bahia 2 x 0).

O Cruzeiro vem a São Paulo contando com o peso de sua camisa, pois faz campanha apenas mediana. Ocupa hoje a decima colocação e sonha em tirar uma vantagem de 14 pontos para chegar a Libertadores. Aqui entre nós, impossível. (1º Turno: Cruzeiro 2 x 1).

O Internacional, perigoso em seus domínios  tentará superar o Verdão para se aproximar mais da zona da Libertadores. (1º Turno: Internacional 1 x 0). Já o Botafogo que também almeja o retorno à Liberta, vem a São Paulo e buscará os três pontos para não perder de vista os primeiros colocados. (1º Turno: Palmeiras 2 x 1).

Na trigésima quinta rodada, o Verdão terá pela frente nada mais, nada menos, que o melhor time do torneio. O Fluminense, sairá das Laranjeiras para ir a Fonte Luminosa e apagar de vez a luz que provavelmente ainda brilhará no fim do túnel. Ou quem sabe, apenas para fechar o caixão. Na atual conjuntura  não acredito em surpresa, Flu vence. (1º Turno: Flu 1 x 0). De um carioca forte para um que está mal das pernas, na sequencia é a vez do Palmeiras ir ao Engenhão encarar o Flamengo. Que do mesmo modo do Cruzeiro, contará apenas com o peso da camisa, pois a fase não é boa. (1º Turno: Palmeiras 1 x 0).

Jogo para dar um alento apenas na penúltima rodada, quando o Palmeiras receberá o Atlético - GO (que para já está rebaixado) e deve ganhar com facilidade. (Atlético - GO 2 x 1).

Por fim, o fim da angustia ou a decepção maior. Santos na Vila poderá sacramentar o decesso ou aliviar o coração verde. (1º Turno: Santos 2 x 1).

O Verdão precisa tirar uma diferença de seis pontos. Missão complicadíssima!

Com base nos números, na fase e nas dificuldades que enfrentará, não acredito que o Verdão saia dessa situação ileso. Vai ser rebaixado.

0 Comentários:

Postar um comentário