domingo, 7 de julho de 2013

PATO É MOSTRO! PEIXE VOADOR NO MORUMBI!

E aí galera Apaixonada por Futebol!

Neste domingo, os paulistas voltaram as atenções para o Campeonato mais importante do Brasil, o Brasileirão Serie A.

O Corinthians foi a Fonte Nova (novíssima) e encarou o Bahia. Não fez uma grande partida, mas foi muito eficiente e saiu vencedor por 2 a 0, com gols marcados ainda no primeiro tempo. O nome desta partida foi Alexandre Pato que não balançava as redes há exatos 10 jogos.


O primeiro em belo lançamento de Guilherme, o atacante domina no peito, acerta a trave em chute travado por Madson, mas aproveita o rebote e manda para as redes.

Muitos dizem que Guilherme é o substituto ideal para Paulinho, mas vou levar minha opinião para o que disse o técnico Tite: Paulinho é Paulinho, não precisa de substituto. Guilherme e Renato Augusto vão cavar sua titularidade e terão que usar suas qualidades para suprir as necessidades do Corinthians.

O segundo gol foi marcado dez minutos após o primeiro. Aos 42 minutos da etapa inicial, Romarinho levanta na área, a zaga afasta mal, Pato emenda uma bomba de primeira, no ângulo esquerdo de Marcelo Lomba, para ampliar a vantagem corintiana.

Fim do jejum e bola para frente. No meio de semana, Renato Augusto disse o seguinte: "O problema é que o Pato ainda não sabe o monstro que ele é, da qualidade que ele tem. É questão de tempo para a bola entrar e para o futebol dele crescer muito dentro do Corinthians".

E aí? Será que ele descobriu?

Enquanto o Timão vencia o Bahia, no Morumbi acontecia o clássico entre São Paulo e Santos. Podemos dizer que foi o clássico dos técnicos interinos. Milton Cruz segurava a batata quente pela 11ª vez; já pelo Santos, Claudinei Oliveira foi o responsável por arrumar um time descaracterizado e com muitos garotos. 

A equipe contava com os 'veteranos' Aranha, Durval (32), Léo (38), Arouca (26), Cícero (28) e Montillo (29). O retante da equipe era formada por garotos com idade entre 19 e 21 anos.

Mesmo assim, as garotos levaram a melhor sobre o São Paulo e aumentou mais a crise do time do Morumbi. Não bastasse a derrota para o Corinthians, a saída de Ney Franco, agora foi a derrota para um time em formação.

A torcida confia no potencial de Muricy para tirar o SP do buraco.

A vitória veio pelo alto, no segundo tempo, e em duas jogadas pela esquerda que resultaram em gols de cabeça de Giva (que acabara de entrar) e Cícero.

O primeiro: Montillo escapa pela esquerda e cruza para a área. Giva se antecipa a Rhodolfo e cabeceia para o fundo do gol.

O segundo: Emerson cruza para a área e Cícero aparece sozinho, livre de marcação, para testar e ampliar o placar a favor do Santos.

Com esses resultados, o Corinthians somou 9 pontos e ocupa a sétima colocação. São Paulo e Santos, com 8 pontos, ocupam a nona e a decima, respectivamente.

0 Comentários:

Postar um comentário