domingo, 30 de junho de 2013

BRASIL CAMPEÃO! TÍTULO À ESPANHOLA!

E aí galera Apaixonada por Futebol!

A nossa seleção entrou, pela primeira vez, em campo pela Copa das Confederações no dia 15 de junho e além de encarar Japão, México e Itália teria que enfrentar a imensa desconfiança de sua torcida.

Poucos eram os que se ouvia dizer confiante em grandes exibições dessa 'nova família' Scolari. Mesmo que no último jogo preparatório para a Copa o Brasil tenha vencido, os torcedores não enxergavam voos altos para esse selecionado.

Diante do Japão, as estrelas de Neymar, Paulinho e Jô brilharam e o Brasil saiu vencedor.

Contra o México, Neymar e Jô despontam como grandes nomes desse elenco que passava a se apresentar forte e focado em provar seu valor. O atacante do Atlético - MG saia mais uma vez do banco para deixar sua marca e mostrar que a sua escolha para o lugar de Leandro Damião foi acertada.

Com a classificação garantida e querendo a primeira colocação do grupo, o Brasil encara a Itália que desejava o mesmo. Esse foi o jogo chave para o resgate do matador Fred que estava a alguns jogos sem marcar. Dante, Neymar (mais uma vez) e Fred (duas vezes) foram os nomes do clássico mundial. Primeiro lugar garantido.

A semifinal reservou dois clássicos continentais, a Espanha encarou a Itália e nos pênaltis a deixou para trás.

O Brasil ficou com a missão de parar os uruguaios. Fred e Paulinho fizeram as honras da casa e colocou o Brasil na final.

A seleção espanhola era tida como grande favorita. Futebol envolvente, time a ser batido, invencibilidade de 27 partidas, temida por todas e muito cautelosa. Mas nada disso foi suficiente, o Brasil entrou focado, determinado e utilizou das armas do adversário para se sair vencedor.

O Brasil começou em cima e logo marcou com Fred. Dominou as ações e não permitiu que os espanhóis gostassem do jogo. Com muita personalidade tocou a bola e colocou o oponente na roda. Mais uma vez em um momento crucial, o Brasil chegou ao gol. Final do primeiro tempo, bela trama entre os brasileiros e bola para ele... Neymar de perna esquerda vence Casilas e amplia...

Com dois a zero no placar, bastava administrar e manter a mesma pegada.

Como aconteceu no primeiro tempo, o Brasil chega ao gol logo no começo. Hulk dá passe na esquerda, Neymar deixa a bola passar e Fred chega batendo bonito, no cantinho, sem chances para Casillas!

A partir daí só festa (mesmo com o pênalti perdido por Sergio Ramos), Espanha na roda (tic, tac) e o tradicional Olé até o apito final que determinou o ótimo inicio da gestão Felipão.

Título conquistado exatamente 11 anos após a conquista da Copa do Mundo de 2002. Conincidencias a parte, no título de 2002, a Seleção chegou desacreditado e venceu com 7 vitórias em 7 possíveis. Na conquista deste domingo, foram 5 vitórias em 5 possíveis.

0 Comentários:

Postar um comentário