segunda-feira, 16 de junho de 2014

COPA SEM ECONOMIA!

E aí galera Apaixonada por Futebol!
Chegamos ao final de mais um dia de Copa do Mundo. E quando me refiro a economia não estou falando de valores investidos em construção de estádios, mas sim ao numero de gols marcados nesse inicio de competição.

Já foram realizadas 11 partidas e os jogos são agradabilíssimos. Times que buscam o ataque e nos proporcionam jogos que enchem os olhos, mesmo quando a partida caminha para o marasmo sempre aparece um lance que faz a torcida levantar.

Que o diga Lionel Messi. O craque do Barcelona fazia uma partida apática, estava escondido e a torcida começou a pegar em seu pé com cânticos de a sua hora ia chegar. Não bastou muito tempo para o camisa 10 responder com ótima jogada e marcar o segundo contra a Bósnia.

A Copa é muito boa e os números falam por si só: 11 jogos, 37 gols marcados, média de 3,36 e não houve empate. O embate com o maior número de gols foi entre Espanha e Holanda, economia apenas no duelo entre México e Camarões graças ao Sr. Wilmar Roldan (COL), que mal auxiliado por Humberto Clavijo (COL), anulou dois gols legítimos dos mexicanos.

As demais partidas foram recheadas de gols, confira os jogos realizados:

Brasil 3 x 1 Croácia
México 1 x 0 Camarões
Espanha 1 x 5 Holanda
Chile 3 x 1 Austrália
Colômbia 3 x 0 Grécia
Costa do Marfim 2 x 1 Japão
Uruguai 1 x 3 Costa Rica
Inglaterra 1 x 2 Itália
Suíça 2 x 1 Equador
França 3 x 0 Honduras
Argentina 2 x 1 Bósnia

Que continue assim: jogos sem economia de gols.

0 Comentários:

Postar um comentário