segunda-feira, 24 de setembro de 2012

MAIS UM REFORÇO PARA O REFFIS

E aí galera Apaixonada por Futebol!

Fabrício, Cañete, Luís Fabiano e agora o mais novo contratado do Tricolor Paulista, Paulo Henrique Ganso. Esses são os nomes que o torcedor gostaria de ouvir em qualquer escalação, principalmente agora, chegando a reta final do Brasileirão e a proximidade da tão sonhada vaga na Libertadores-13.

Mas, pelo menos, por enquanto, as noticias virão apenas do REFFIS (Núcleo de Reabilitação Esportiva Fisioterápica e Fisiológica), isso por que são nomes certos de jogadores que ficarão enclausurados em uma sala de fisioterapia ou musculação.

O desespero da diretória para a contratação de PH não se justifica, pelo menos para os próximos meses. O médico não fala em prazo, mas especialistas afirmam que serão necessários pelo menos dois meses para a recuperação do atleta. Esse vinculo foi algo a pronta entrega, Ganso não queria mais atuar pelo Santos e o São Paulo precisava minimizar a saída catastrófica de Oscar e a venda de Lucas - ótima venda por sinal.

A torcida que não comemora títulos a um bom tempo tem que se consolar com apresentações de jogadores que não sabe se vai ver em campo. Morumbi lotado é sinal de apresentação ou retorno de jogador.

Apresentação de Luís Fabiano: A festa organizada pelo clube, com mais de 45.000 torcedores, ficou marcada na história como a maior recepção de um jogador no futebol brasileiro, e a 3ª maior do futebol mundial, ficando atrás apenas da apresentação de Cristiano Ronaldo e Diego Maradona.
Retorno de Rogério Ceni: A torcida tricolor atendeu ao chamado pelo retorno do capitão e compareceu em peso - foram 35.049 pagantes.
Apresentação de PH Ganso: a festa do Tricolor na apresentação do reforço Ganso valeu o ingresso dos 40.457 torcedores, presenteados com o triunfo por 1 a 0.

Fabrício foi contratado e logo na pré temporada começou a sofrer de uma tendinite no tornozelo esquerdo, ficou de molho e de lá para cá acumula lesões e mais lesões. Fazendo uma somatória de suas participações, não conseguiremos encontrar duas partidas completas - em aproximadamente nove meses, atuou 102 minutos e acumula 4 lesões.

Cañete, contratado como um das principais revelações do futebol argentino em uma negociação enroscada com o Boca Juniors, também é inquilino privilegiado do REFFIS. Assinou, se apresentou, estreou, no entanto, só participou de duas partidas - incompletas - e nada mais.

Luís Fabiano é turista no departamento médico, vira e mexe, ele está lá. O seu diferencial é que quando está em campo, resolve. Nessa temporada, atuou em 23 partidas e anotou 19 vezes para o tricolor. O são paulino esperou mais de seis meses (retornou em 11/03 e estreou em 02/10/11) para vê-lo atuar, mas o camisa nove não tem decepcionado.

Convocado para jogar o Superclássico das Américas, jogou a primeira partida e já está cortado para a segunda. Causa? Ao se reapresentar após o Superclássico das Américas, disputado na última quarta-feira, o atacante reclamou de dores na coxa e foi poupado dos treinamentos. Por conta desta lesão, Luís Fabiano também deverá desfalcar o São Paulo na próxima quarta-feira, contra a LDU de Loja, do Equador, em partida válida pelas oitavas-de-final da Copa Sul-Americana.

E agora? Quando que os são paulinos poderão contar com o novo camisa oito?

A manobra de contratação foi ousada, mas ineficiente para o proposito da equipe. Se deseja contar com o atleta, vai ter de torcer para a recuperação ser acelerada.

1 Comentários:

  1. Clériston,

    muito bom o texto.

    Esse é um fato que ninguém consegue explicar. E o pior é que não é exclusividade do tricolor paulista, quase todos os times tem esse problema. O Palmeira então é o líder, rsrssrs.

    Má fé ou burrice mesmo? Inesplicável meu amigo.

    SOMOS FLAMENGO
    somosflamengo33.blogspot.com

    BLOG DO CLEBER SOARES
    clebersoares.blogspot.com

    ResponderExcluir